insônia, garfield, com sono, dormir, dormir mal, descanso, noite em claro

Um pesadelo chamado insônia

1 min de leitura · 

São 22:30 e o que presencia-se são: janelas fechando, olhares serenos, pés arrastando um par de pantufas macias e aconchegantes. É hora de dormir o sono dos justos. Na calada da noite? Não, não, a insônia está aqui, gritando aos meus ouvidos, para não esquecê-la jamais.

A maior recompensa de um cidadão comum é poder recompor suas energias – afinal, ele produziu, criou, cumpriu com seus deveres. E então, ele se depara com a aflição de saber que a tranquilidade almejada ao chegar em casa ficará estancada apenas em seus pensamentos.

Os 1200 fios do lençol são os maiores cúmplices daqueles que sofrem de insônia. Pessoas que podem ficar anos sem poder descansar e desconectar totalmente deste mundo, por mais convidativa que uma cama possa ser e, mesmo que tenha sido o dia mais atarefado do ano, o descanso não virá.

O sono diário é necessário não pelo simples prazer de sentir-se renovado, mas também para regulação hormonal, atualização do desempenho cerebral e da memória, entre outros.

Quando o cérebro captar que esta necessidade de descanso não está sendo atendida, comportamentos mudarão, o desempenho no trabalho cairá, o humor estará instável e desmotivado para realização de atividades rotineiras, e também será pessimista em propor desafios e mudanças na vida do indivíduo.

Leia também “O que são os sonhos e para que servem”

Em nossa atual sociedade imediatista e extremamente tecnológica, até para desligar-se por 8 horas está difícil, porém, abastecer as energias faz parte das atividades diárias e recompensadoras – afinal, até mesmo nossos aparelhos eletrônicos necessitam ser recarregados, não é mesmo?

Se você sofre de insônia procure ajuda especializada (psicólogo, médico do sono, psiquiatra…), existem tratamentos medicamentosos e/ou alternativos para curar ou pelo menos amenizar esse mal.

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média / 5. Contagem de Votos:

Já que você achou este post útil, compartilhe ele nas redes sociais.

Acompanhe-nos nas redes sociais

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Você vai gostar de ler também:

Silvana A. Bernardo
CRP 06/124413 - Graduada Universidade Presbiteriana Mackenzie. Psicóloga Clínica de abordagem sócio-histórica especialista em Neuropsicologia clínica pelo IPAF/ Instituto de Psicologia Aplicada e Formação (2016) com atendimentos individuais para crianças, adolescentes e adultos, no enfoque em avaliação neuropsicológica, habilitação/reabilitação cognitiva, psicoterapia e orientação profissional. “Viva a vida que te inspira.” Telefone: (11) 94555-9407
Fale com esta Psico.Online https://meupsicoonline.com.br/psicologa-silvana-bernardo
Silvana A. Bernardo on FacebookSilvana A. Bernardo on InstagramSilvana A. Bernardo on Linkedin

Silvana A. Bernardo

CRP 06/124413 - Graduada Universidade Presbiteriana Mackenzie. Psicóloga Clínica de abordagem sócio-histórica especialista em Neuropsicologia clínica pelo IPAF/ Instituto de Psicologia Aplicada e Formação (2016) com atendimentos individuais para crianças, adolescentes e adultos, no enfoque em avaliação neuropsicológica, habilitação/reabilitação cognitiva, psicoterapia e orientação profissional. “Viva a vida que te inspira.” Telefone: (11) 94555-9407 Fale com esta Psico.Online https://meupsicoonline.com.br/psicologa-silvana-bernardo

Participe, queremos ler o que você tem a dizer