Síndrome do Impostor e o que fazer no Psico.Online

Síndrome do Impostor: 20 questões para avaliar se é a hora de procurar ajuda

Esta é uma escala utilizada em pesquisa e para uso pessoal para identificar se o fenômeno do impostor ou da impostara está presente no seu dia a dia.

Não deve ser utilizada como base para diagnósticos.

O teste completo, em inglês, da autora encontra-se na bibliografia abaixo.

A escala Clance do Fenômeno do Impostor, é uma adaptação para o público brasileiro e fez parte de uma pesquisa acadêmica referenciada abaixo.

Responda as perguntas e já observe que o resultado está no final. Caso tenha interesse que um dos nosso profissionais entre em contato para falar sobre o tema, estamos a disposição ou preencha o formulário abaixo marcando a caixa “desejo que um psico.online entre em contato comigo”.

Confira os resultados:

Depois de completar a escala, verifique a sua pontuação.

Se a pontuação total for 40 ou menos, há poucas características do Impostor;

Se a pontuação estiver entre 41 e 60, há experiências moderadas ds fenômeno do Impostor;

Uma pontuação entre 61 e 80 significa que o respondente freqüentemente tem sentimentos de Impostor;

E uma pontuação superior a 80 significa que o entrevistado costuma ter experiências intensas do fenômeno do Impostor.

Quanto maior a pontuação, mais frequente e seriamente o fenômeno do impostor interfere na vida do indivíduo. Aí, nesse caso, o processo terapêutico pode ajudar.

Para saber mais sobre o fenômeno do impostor

Confira nosso texto sobre o assunto clicando aqui.

Referências

Bezerra, Thereza Christina Garcia et al. Escala Clance do Fenômeno do Impostor: Adaptação Brasileira. Psico-USF [online]. 2021, v. 26, n. 2 [Acessado 8 Outubro 2021] , pp. 333-343. Disponível em: <https://doi.org/10.1590/1413-82712021260211>. Epub 04 Ago 2021. ISSN 2175-3563. https://doi.org/10.1590/1413-82712021260211.

Observação. Do Fenômeno do Impostor: Quando o Sucesso Faz Você Se Sentir como Uma Farsa (pp. 20-22), de PR Clance, 1985, Toronto: Bantam Books. Copyright 1985 de Pauline Rose Clance.

Clique para votar
[Total: 1 Average: 5]
Rolar para cima