dependência química, usuario de drogas, drogas, crack, reabilitação

Dependência química: você sabe o que é?

2 min de leitura · 

A dependência química é uma dependência psicológica e física.

A necessidade de usar álcool ou outras drogas, mesmo com o surgimento de consequências negativas para quem as usa, é incontrolável.

Se trata de doença primária, crônica, com fatores genéticos, psicossociais e ambientais que influenciam em seu desenvolvimento e em suas manifestações.

A doença frequentemente é progressiva e fatal. É como se o dependente da droga fosse empurrado a consumir até a morte.

Clique e fale com um Psicóloga Online agoraCaracterísticas da dependência química

  • Perda de controle sobre o consumo da bebida ou de outras drogas.
  • O aumento da tolerância ao álcool ou outras drogas, necessitando de doses maiores para conseguir o efeito esperado.
  • Preocupação com as drogas. Começam a surgir sentimentos de preocupação sobre o que poderá ocorrer se o consumo seguir.
  • Segue consumindo, apesar da percepção (ou não) das consequências negativas.
  • Distorce a maneira de pensar. Nega as consequências da adicção e inclusive que seja um adicto.

Dependência primária, crônica e progressiva

A dependência química é uma doença primária. A adicção é uma doença por si mesma, independente de existirem outros problemas médicos que possam estar associados à ela.

A dependência é crônica. Quem a desenvolve terá essa doença por toda a vida. É uma doença incurável, porém controlável, se tratada, com desintoxicação, reabilitação e acompanhamento médico e psicoterapêutico.

A dependência é progressiva. Os problemas físicos, emocionais e sociais associados a dependência de substâncias químicas, seguirão aumentando, a não ser que se consiga conter o uso das drogas.

Caso contrário os problemas se acumularão.

Se não tratada, a dependência pode chegar a causar a morte prematura por problemas de saúde, acidentes ou outros eventos traumáticos.

Mudanças cerebrais permanentes

Muitos dependentes tem dificuldade para entender que sua adicção provocou uma mudança permanente na química cerebral, impedindo que possam pensar e agir novamente, com normalidade.

Terão que comprovar por si só muitas vezes, antes de aceitar que não poderão mais ingerir qualquer tipo de droga, de maneira tranquila e sem prejuízos.

Algumas pessoas se enganam dizendo que consomem quanto e o que querem, até que tentam abandonar o uso e não conseguem.

Até que não estejam convencidos dessa situação e muitas vezes não são capazes de perceber, mesmo quando a situação está crítica, não poderão começar um tratamento de recuperação.

Para combater a dependência química

Os dependentes químicos podem controlar sua doença mediante a aprendizagem de melhores maneiras de lidar com seus problemas e sentimentos e formas de evitar o consumo do álcool ou outras drogas.

Buscando alcançar um objetivo final de abstinência completa, de estar limpo, a pessoa dependente pode controlar a doença com a ajuda de profissionais especializados e centros de reabilitação.

Retirado de Salir de las drogas (traduzido e adaptado)

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média / 5. Contagem de Votos:

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

Participe, queremos ler o que você tem a dizer