solidão, carnaval, folia, festa, bagunça

A solidão e a multidão do carnaval

2 min de leitura · 

Nesses dias em que a agitação, a alegria, a pegação e o glitter são tão intensos, parece que não existe espaço para a solidão, não é mesmo? Mas a gente sabe que tem uma parcela da população que não se enquadrou nas festas e tá trancada em casa, jogada na cama e se sentindo bem infeliz.

Por isso decidimos compartilhar esse texto, que fala um pouco sobe isso.

Faz umas semanas que eu li um artigo num jornal, que me surpreendeu. Nele se contava que num café na cidade de Tókio – Japão, se oferecia um serviço de colocar os clientes que estavam sozinhos, sentados com animais de pelúcia. A peculiar iniciativa deste estabelecimento “anti solidão” teve muito êxito e não só os japoneses, mas também os turistas, fazem grandes filas para experimentar essa chamada “magia anti-solidão”.

“Por que se evita a solidão? Por que são muito poucos os que encontram companhia consigo mesmos?” (Carlo Dassi)

O sentimento de solidão pode ser muito doloroso. São muitas as pessoas que mantém uma relação de casal insatisfatória e suportam maus tratos psicológicos e as vezes até físicos, simplesmente para não estarem sozinhas.

Por trás do sentimento de solidão, muitas vezes, estão escondidos problemas de autoestima ou insegurança, que tornam a solidão algo terrível e não uma oportunidade para se estar consigo mesmo, conhecer-se e desfrutar de sua própria companhia.

“Solidão: um instante de plenitude”. (Michel de Montaigne

O que fazem as pessoas que não temem a solidão?

  • Não pensam que são raras só porque gostam de estar sozinhas.
  • Não desejam atenção alheia permanente, porque tem uma vida suficientemente enriquecedora.
  • Não dependem de ninguém para serem felizes.
  • Se sentem seguras consigo mesmas e tem a autoestima bastante alta. São independentes.
  • Entram em contato com outras pessoas, não por necessidade, mas por simples prazer, para enriquecer sua vida um pouco mais.
  • Se sentem bem consigo mesmas.
  • Desfrutam de seu tempo junto a outras pessoas, mas também quando estão sozinhas.

“Uma grande pessoa é aquela que em meio a multidão mantém, com perfeita doçura, a independência da solidão”. (Emerson)

Retirado de donpsico.es (traduzido e adaptado)

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média / 5. Contagem de Votos:

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

One thought to “A solidão e a multidão do carnaval”

Participe, queremos ler o que você tem a dizer