Medos

multicolored abstract painting with brown frame monstro

1 ou 2 monstros escondidos no armário: o segredo sobre aquilo que não sabemos lidar…
4.8 (4)

Os monstros escondidos no armário ou debaixo da cama, dentro da nossa cabeça passeando pela nossa imaginação podem ser bem assustadores.   Nossa construção sobre a figura alegórica do monstro têm representações diversas durante a história. Mesmo no nosso tempo, quem são os monstros? Eles são reais?  São humanos ou fictícios? Não teremos a resposta aqui …

1 ou 2 monstros escondidos no armário: o segredo sobre aquilo que não sabemos lidar… Clique para ler »

monochrome photo of man looking up

Diante das nossas trevas. Uma ou 2 questões sobre como expressamos aquilo que sentimos.
5 (2)

Constantemente estamos diante das nossas trevas.  E o que isso significa? Qual o peso dessas palavras para a vida e o sentido/significado que as damos? Há trevas diante de mim. O que quero dizer com isso? O que você entende com essa frase? Sentidos, significados, comunicar isso ou aquilo que percebemos, sentimos e vivemos.   Existem …

Diante das nossas trevas. Uma ou 2 questões sobre como expressamos aquilo que sentimos. Clique para ler »

facebook application icon

Nomofobia: 11 sintomas do medo do offline.
5 (1)

Nomofobia: se você sente ansiedade só com a possibilidade de se desconectar ou se você já se desequilibra emocionalmente ao separar-se do seu aparelho, atente-se! O medo de ficar sem o celular ou sem acesso à internet recebe o nome de nomofobia (no + mobile + fobia). Andando pelas ruas é fácil perceber que os …

Nomofobia: 11 sintomas do medo do offline. Clique para ler »

está uma merda

Quando tudo está uma merda. Deu ruim. O que fazer com 3 dicas.
5 (2)

Está uma merda. É isso que pensamos quando nos perguntam: “tá tudo bem?”. Mesmo assim, na maioria das vezes respondemos: “Tudo bem sim” e não é desse jeito, vamos pensar melhor? E entender um pouco, como mudar as coisas? Afinal, até a merda pode se tornar adubo para o crescimento de vida. Deu ruim. E …

Quando tudo está uma merda. Deu ruim. O que fazer com 3 dicas. Clique para ler »

medo de ser, seguir em frente, ser quem sou, mulher empoderada

O medo de ser quem eu sou
5 (2)

O medo de ser quem eu sou. Eu havia começado a pensar nesse texto há algumas semanas, mas algo me interrompeu e ele virou só um rascunho. Hoje eu abri o editor e precisava terminá-lo. Me coloquei a refletir sobre o que me fez querer escrevê-lo. Eu tenho tanto medo de ser quem eu sou. …

O medo de ser quem eu sou Clique para ler »

black woman in pain on sofa

Dói demais: um texto sobre dor
5 (2)

Dói demais. É uma frase comum ouvida na clínica. Ela representa, em duas palavras, uma série de contextos, histórias, sentimentos e emoções. Dói demais representa, para aquele que a pronuncia, uma expressão resumida de eventos catastróficos combinada com uma descarga indescritível e confusa de tudo o que está no seu interior. Dói demais, representa para …

Dói demais: um texto sobre dor Clique para ler »

Informação e Imaginação no Psico.Online

Informação e imaginação na nossa ansiedade
5 (2)

Informação e imaginação tem ações concretas na nossa ansiedade? O quanto nossas informações e o ambiente onde estamos interferem ou mudam as nossas expectativas? As respostas são: sim, e muito. Como seres sociais somos bombardeados a cada instante por dezenas de dados – da sociedade – que chegam por diversos meios: conversas, publicidade, leis, livros, …

Informação e imaginação na nossa ansiedade Clique para ler »

Dedos - Vão-se os anéis ficam os dedos no Psico.Online

Desespero: vão se os anéis, ficam-se os dedos
5 (1)

Cá com meus botões, pensando, enquanto procuro uma entrevista de Noam Chomsky, onde ele fala de otimismo e desespero, me deparo com o seguinte pensamento: O desespero e o medo que a pandemia tem gerado não é só uma fantasia, como gostam de dizer alguns pró-economistas, que de economistas não têm nada, exceto que a …

Desespero: vão se os anéis, ficam-se os dedos Clique para ler »

Medo e Fobia no Psico.Online

Medo e fobia, vamos falar sobre eles?
5 (2)

Esses dias respondi uma entrevista onde tive que falar sobre o medo. A pauta proposta foi: que tal usá-lo a seu favor? Pensei: por que não? Fui buscar aqui no blog quantas vezes falamos sobre, nestes anos. Me surpreendi: falamos dos medos da infância, de aprender sem medo: enganados por nossas escolhas, da Nomofobia: e …

Medo e fobia, vamos falar sobre eles? Clique para ler »

Rolar para cima