Seleção, selecionar, seletividade…

Seleção, selecionar, seletividade…

2 min de leitura · 

Seleção foi uma palavra escolhida (ou selecionada) propositadamente para este texto.

Ela pode significar para você seleção brasileira, ou pode significar seleção para uma vaga de emprego ou ainda selecionar o que interessa e convém para você.

Entre muitos conteúdos disponíveis na Internet você selecionou este texto para ler, compreender e agregar para sua vida parte dele ou todo ele.

Você selecionou, consumiu, descarta o que não é necessário (selecionando a partir da seleção) e segue em frente.

Portanto, fazemos seleção de tudo.

Nossa mente e cérebro trabalham selecionando, separado e agrupando informações.

Eles (nosso processo de cognição e corporal biológico) passam 24 horas trabalhando em um determinado entendimento para aquele momento ou para aquela função específica. Por exemplo, as células selecionam os elementos bioquímicos que elas precisam: elas se alimentam e excretam esses elementos.

Nossa inteligência separa e descarta o que ela precisa e pode suportar ou não.

Diariamente escolhemos o que vamos comer e eliminamos os resíduos no banheiro.

Tudo sempre: fazendo seleções ou processos seletivos.

A seletividade (ou seleção) conveniente

Esse processo de pegar aquilo que precisamos e descartar aquilo que não precisamos é uma constante, o que quer dizer que não para em momento algum e que sua complexidade só aumenta com o passar do tempo.

Essa complexidade aumenta pois vamos guardando elementos que compõe nossas filtragens: você, hoje, dificilmente precisa brincar como brincava na infância. Suas necessidades mudam com o acumulo de suprimentos selecionados e descartados.

Mas aí também reside um problema: quando passamos a acumular mais do que precisamos, inchamos, ficamos lentos, atulhamos de coisas e percebemos que existe um desequilíbrio que, em uma seleção, pode ou não ser importante verificar na sua vida.

O problema é que quando começamos a trabalhar com uma seletividade conveniente passamos a ignorar aspectos importantes (ou difíceis) e direcionamos nossa seletividade com base na conveniência (ou na facilidade).

Nossa vida atual nos empurra para escolhermos aquilo que economiza tempo (pois fará gastarmos tempo em outros pontos já que não temos como economizar tempo) mas nos enganamos dizendo: estou economizando, quando na verdade, convenientemente, você direcionou aquele afazer selecionado para outro tipo de coisa.

O errado não está em fazer essa seleção, como vimos, mas sim na definição daquilo que lhe é conveniente ou não.

Quando você analisou, pela ultima vez, uma escolha que você fez, pontuando se aquilo foi convenientemente seletivo?

Em um processo terapêutico, você encontrará formas de receber auxilio para pontuar, e fazer as mudanças que precisam ser feitas.

Você vai gostar de ler também:

Psico.Online
Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.
Psico.Online on FacebookPsico.Online on GooglePsico.Online on InstagramPsico.Online on LinkedinPsico.Online on PinterestPsico.Online on TumblrPsico.Online on TwitterPsico.Online on WordpressPsico.Online on Youtube

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

2 thoughts to “Seleção, selecionar, seletividade…”

Participe, queremos ler o que você tem a dizer