CDDB5A02 2504 496B 8767 9F3E27BEBCD4 Psico.Online Acesse agora.

Era só pedir… 40 quadrinhos explicando que não é bem assim…
5 (5)

Na clínica é normal ouvirmos que era só pedir alguma coisa para que essa "coisa" acontecesse. Toda vez, lembramos dessa história, principalmente, quando envolve o universo masculino e feminino. Espero que ao ler essa sequencia, possamos contribuir para mudar um pouco essa visão, pois não era só pedir, tem muito mais envolvido nessa simples frase. … Continue lendo Era só pedir… 40 quadrinhos explicando que não é bem assim…

Opiniões, comentários ou críticas

Opiniões, comentários ou críticas? 5 dicas para ponderar a hora de opinar.
5 (1)

Vou falar de comentários, críticas e opiniões, das fake news, de posições e mais vários assuntos. Se você não quiser ler ou pensar a respeito, até por que este texto conversa com um outro post do Instagram, pula ele, pois será pró causa própria e social, além de ser um texto bem longo. A imagem … Continue lendo Opiniões, comentários ou críticas? 5 dicas para ponderar a hora de opinar.

O tempo do outro, você respeita?

O tempo do outro. 1 bom motivo para analisar ações.
5 (3)

Como é difícil esperar o tempo, do outro, não é mesmo? A ansiedade bate forte. É muito difícil esperar. Esperar, afinal? A pessoa resiste. Ela quem tá "errada". E, o outro ainda argumenta embora "esteja se prejudicando". Tomou o "caminho errado". Paciência. De maneira alguma, sou brasileiro, não desisto nunca de quem eu amo. Ah, … Continue lendo O tempo do outro. 1 bom motivo para analisar ações.

Vamos falar de limites hoje.

Limites, vamos falar sobre essa importante decisão?
5 (1)

Limites aparentam ser complicados, mas não são tanto assim. Eles se relacionam muito bem entre os conceitos e definições que têm em qualquer área do conhecimento. Esta semana tratei tanto desse assunto que, então, vamos falar sobre limites. Você sabe o que é um limite? Pense um pouco e tente chegar ao seu conceito do … Continue lendo Limites, vamos falar sobre essa importante decisão?

Sociedade e Vítimas do próprio veneno, lei do retorno e romantização

Sociedade, vítimas do próprio veneno e lei do retorno
5 (2)

Na nossa sociedade, às vítimas do próprio veneno seriam aquelas pessoas que colhem o que plantam? Existiria mesmo uma lei do retorno ou essa seria uma visão romantizada de uma relação determinística que não existe? [3] A definição de determinismo está lá no final do texto. 😉 E esse post não te dará a resposta, mas uma percepção … Continue lendo Sociedade, vítimas do próprio veneno e lei do retorno

o outro no psico.online

Quando paramos de nos preocupar com os outros…
5 (1)

Quando paramos de nos preocupar com os outros, a primeira vista, idealizamos que nossa vida melhoraria. Olha, preciso dizer, isso é um engano. Todos nós somos seres gregários (que agregam - ajuntam), que convivem em sociedade (ou deveriam) e quando paramos de nos preocupar com os outros há algo de errado, pois paramos de ver … Continue lendo Quando paramos de nos preocupar com os outros…

Escutar ouvir ou falar é no Psico.Online

Escutar, ouvir e falar. O que você tem feito?
4 (2)

Ouvir ou escutar remete a ações muito parecidas. Muita gente sabe a diferença, mas no dia a dia — pelo que tenho visto — poucos têm aplicado essa diferença, na sua vida. Para quem não sabe, acho que até já falamos sobre isso aqui no blog, ouvir é apenas o ato físico. Se você não … Continue lendo Escutar, ouvir e falar. O que você tem feito?

beijo marvel crivella noticias psicologia

O beijo é uma forma de diálogo
5 (1)

"o beijo é uma forma de diálogo".... disse George Sand, importante novelista francês do século 19, em algum lugar que não achei a fonte original (somente em um artigo sobre o beijo), mas que representa bem o momento que transitamos. Ou pelo menos, a tentativa de algo assim: diálogo. Aliás, escrevendo este artigo achei outro … Continue lendo O beijo é uma forma de diálogo

religiao, politica, futebol e psicologia

Religião, política, futebol e psicologia
5 (1)

Religião, política, futebol e psicologia não se discute. Mentira, se discute sim! Mas a pergunta é: por que você paciente ou cliente de um psicólogo precisa saber de algumas particularidades do seu profissional para cuidar da sua saúde mental e emocional se e somente se, a consulta é sobre você? O que isso vai mudar? … Continue lendo Religião, política, futebol e psicologia