Arquivo da categoria: Sexualidade

lgbtq, lgbt, lgbti, homossexuais, igualdade de gênero, sexualidade, gays, lésbicas, transgêneros, homossexuais

LGBTQ e a luta diária pela igualdade de gênero

2 min de leitura

Semana passada eu recebi um convite pra assistir a uma conferência com um cara que eu até então nunca tinha ouvido o nome, um tal de Jared Fox, responsável pela educação LGBTQ em Nova York.

Descompromissadamente me inscrevi e hoje lá fui eu, ouvir o que ele tinha pra falar à respeito da igualdade de gênero, o que tinha pra nos ensinar, já que a minha universidade é incrível nesse assunto, porque é a primeira e única em Madri a manter um centro de apoio aos estudantes LGBTQ (eles ostentam isso com muito orgulho). Continue lendo

maus tratos, criança assustada, boneca, boneca de pano, criança abusada, abuso infantil, violência infantil

Maus tratos e a raiva nossa de cada dia

2 min de leitura

Hoje me deparei com uma matéria sobre uma mãe que maltratava e deixava que outras pessoas abusassem de sua filha de 7 anos. Ao ler, minha primeira reação foi de raiva, assim como a da maioria das pessoas. Dá um nó na garganta, uma vontade de vomitar, de esganar uma pessoa dessas.

Mas ao final da matéria eu estava compadecida dessa mãe, pensando nos motivos que a levaram a permitir e a cometer tamanha atrocidade. Continue lendo

clarice falcão, eu escolhi você, clipe clarice

Clarice falcão e seu clipe que deu o que falar

1 min de leitura

Ontem Clarice Falcão lançou seu novo clipe, intitulado “Eu escolhi você” e causou na internet, inclusive o youtube removeu o tal clipe cheio de cenas de nudez.

Você pode estar achando estranho a gente falar sobre esse assunto aqui, num blog de psicologia e assuntos voltados para a mente humana, mas a verdade é que é exatamente sobre isso que queremos conversar.

Assistimos o clipe, sim, tem cenas de nudez, mas não nos pareceu ter nada que ofenda ou afronte a sociedade. Daí é que vem a reflexão: Continue lendo

segredos, vidas secretas, pessoa se escondendo, pessoa com medo

Sobre segredos, vidas secretas e afins

3 min de leitura

Recebemos uma Caixa de Segredos nessa semana, que levei dias pensando em como colocaria uma resposta em texto.

Não porque é um assunto difícil de se falar, mas porque é um assunto com tantos tabus que daria um livro.

O segredo em questão vem de um rapaz, casado, que mantém casos extra-conjugais com outros homens e me pergunta o que deve fazer.

Minha primeira resposta é: FAÇA O QUE TE FIZER FELIZ! Mas, eu sei que precisamos entender um pouquinho o porquê dessa sua pergunta.

Continue lendo

homossexualidade, lgbt, arco-iris, homossexual, preconceito, homofobia

Homossexualidade: 5 razões para derrubar os preconceitos

4 min de leitura

Existem algumas (ou muitas) pessoas que acreditam que a homossexualidade é algo anti-natural. Pois bem, a seguir, apresentaremos 5 razões para derrubar esse conceito, ou pelo menos, pra fazerem você refletir.

1- Homossexualidade e a teoria da evolução natural

Acreditar que a espécie humana possa se extinguir com o tempo, caso a homossexualidade seja aceita de maneira natural é o mesmo que pensar que seremos “contaminados” e que assim não haverá mais a reprodução humana. Continue lendo

sexo anal para homens, sexo, sexologia, anal, tesão, erótico, masturbação

Sexo anal para homens: por que não?

1 min de leitura

Sexo anal para homens, sim!

Aposto que se você for homem vai abrir esse texto escondido dentro do banheiro e só depois de se certificar de que não tem ninguém olhando por canto algum e nenhuma câmera capaz de flagrar você se interessando por esse tema.

Homens costumam considerar o sexo anal um tema tabu.

Continue lendo

Professor, você é gay?

Professor, você é gay? ou Sou macho pra c****….

3 min de leitura

Professor, você é gay? Foi a pergunta que desencadeou a viralização do post do professor Vitor Fernandes no Facebook com quase 30 mil compartilhamentos e mais de 6,4 mil comentários.

O assunto já foi debatido em vários veículos de comunicação e fez muita gente pensar, questionar, apoiar e criticar a postura do professor e sua argumentação. Na grande maioria o apoio foi incondicional, dado que a resposta mostrou o quanto nossa sociedade está distante de entender o próximo.

Sua turma é composta de adolescentes, que tem a mente formada a partir do contexto social e familiar e que  embora questionem; ainda replicam muito do ambiente que os cerca, seja ele machista, feminista, hetero, homofóbico, liberal, de esquerda ou de direita.

Em todos os sentidos, dessa discussão a educação, sexual, social, com ou sem partido (isso é outro tópico para outra discussão) é a solução primária para iniciar um futuro melhor e inclusivo onde as pessoas não repliquem, mas pensem com o mínimo de pré-conceito.

Mas por que tocamos nesse assunto?

Continue lendo

estou-grávida-e-agora

Estou grávida, sou adolescente, como conto aos meus pais?

5 min de leitura

Estou grávida!

Estou grávida?

Você já fez o teste.

Você faz o teste novamente.

Você faz uma terceira vez e senta-se em algum lugar: o mundo passando a mil na sua mente. É uma inundação de emoções. Lágrimas brotam. Sorrisos. Lágrimas de novo. Um suspiro.

O fato: você, uma adolescente e grávida.

Você não planejou isso. Você pensou que tinha tomado precauções, mas você está grávida. E agora?

Para alguns adolescentes este pode ser um momento feliz, mas para outros pode parecer como o mundo está prestes a acabar. O futuro que você pensou que estava se desenrolando antes vem gritando.

Uma multidão de emoções irá competir por atenção e, em seguida, você perceberá que há uma coisa que você precisa fazer. Um frio na espinha a envolve. As palavras param em sua garganta e você quer vomitar novamente.

“Como é que eu vou contar aos meus pais?”

Continue lendo

Psico.Online Violencia Sexual Infantil

Violência Sexual Infantil: mitos, verdades e ações

12 min de leitura

Violência Sexual Infantil é um tema pesado. É difícil de lidar para profissionais que trabalham o assunto e nem há adjetivo que meça o que passam os envolvidos: família e criança.

Alguns dos motivos que o tema é tão complicado para os profissionais na nossa infra-estrutura e ambiente são:

  • Como diferenciar uma carícia normal entre pais e filhos da sexualidade abusiva;
  • Como acreditar que um membro da família abuse de uma criança;
  • Como desvendar os segredos familiares que envolvem o abuso;
  • Como trabalhar junto às estratégias da qual o agressor lança mão para manter a vítima calada;
  • Como perceber no comportamento da criança aquilo que revela as conseqüências do abuso.
  • Como não piorar uma situação sendo que ela já é tão delicada?

Mas não é possível ficar calado ou negligenciar tamanho ato covarde. E cultura, informação e ações são imprescindíveis para lidar e saber como se portar diante de uma situação inesperada.

Adultos responsáveis, pais precisam entender e estar atentos a sinais e também a revelações da crianças não ignorando e negligenciando e também não incentivando, mesmo sem querer, a ação.

Ensine seu filho ou sua filha a ficar atendo mas não dê nomes: não fale: se o vovô fizer mal ou “se o papai tocar em você”. Explique que se um adulto fizer isso e que se ela se sentir incomodada deve contar imediatamente para outro adulto.

Você deve prestar atenção aos momentos da relação que acontecem quando a criança/adolescente relata o abuso sofrido.

Normalmente são momentos especiais e inesperados, onde precisamos estar preparados para ajudar. A revelação pode ocorrer em situações como: a criança relatar uma frase desconexa sobre sexo na rodinha da creche (“…o pipi do meu pai é grande e machuca…”), ou relatar sua vitimização para alguém que confia.

Mitos sobre a Violência Sexual Infantil

A Violência Sexual Infantil é rara.

Continue lendo

Na pele do outro: um exercício de empatia

4 min de leitura

Imagine-se na pele de alguém que você não gosta, na pele do outro, para um exercício de empatia (capacidade de projetar a personalidade de alguém num objeto, de forma que este pareça como que impregnado dela) e depois continue lendo.

A maioria consegue, já adianto; se você não conseguiu, é bom marcar uma conversa com um psicólogo ou uma psicóloga de confiança urgentemente para entender essa dificuldade, urgentemente mesmo e logo explicarei o motivo.

O post de hoje é sobre o vídeo abaixo, produzido para campanha do www.inter-lgbt.org e vai seguir a linha do soco no estômago que é ele, antigo até, de março de 2016 lançado sobre o nome “Le parcours” – O curso.

O vídeo trata da corrida que a minoria LGBT enfrenta, porém não falarei sobre o que o vídeo propõe, até por que fica claro o objetivo dele: mostrar o sofrimento e a resiliência pelos motivos que conhecemos além do quanto se precisa correr em direção a mudança cultural. Continue lendo

luxuria, pecado capital, desejo, sexualidade, energia

Luxúria e seus efeitos negativos

1 min de leitura

A luxúria é a energia contaminada e usada pelos sentimentos negativos e pelo egoísmo para dominar e seduzir o outro.

A luxúria é um desvio do poder erótico, cuja força tem potencial revigorante quando bem usado. Ela é muito ampla e é a rainha deste mundo. Ela quer fazer do outro o seu escravo.

As filhas da luxúria são muitas, mas dentre elas está a possessividade e o ciúme, bem como todos os joguinhos de sedução e poder.

Continue lendo

menopausa, climatério, menstruação

Menopausa e qualidade de vida: tem como?

1 min de leitura

Menopausa, Drauzio Varella, Fantástico – vem ler 😉

Ontem o Dr Drauzio Varella iniciou uma série no Fantástico que fala sobre a menopausa, seus sintomas e como sobreviver à eles.

Assistimos, achamos o assunto muito interessante e decidimos falar um pouquinho sobre os aspectos psicológicos e emocionais envolvidos nesse processo.

Por volta dos 40 anos de idade o corpo passa a diminuir a produção de alguns hormônios sexuais, é o tal do climatério. Ele segue até atingir a menopausa, que marca o fim da vida reprodutiva da mulher, a última menstruação. Continue lendo

internet, namoro virtual, paixão pela internet, chat, namoro, relacionamento virtual

Posso me apaixonar pela Internet? Claro!

1 min de leitura

Posso me apaixonar pela Internet? Foi a pergunta que me fizeram esses dias.

Claro! Foi minha primeira resposta. Como diz um grande filósofo da atualidade “o real está no virtual como uma árvore está em uma semente”. A frase dele, claro é um pouco mais complexa e profunda (de origem Aristotélica e tal, deu um livro, você pode ler mais aqui), mas essa simplificação ajuda.

Sim! Podemos nos apaixonar online: pela Internet, chat, Whatsapp, Apps, na vida, pela vida por pessoas da nossa vida e que entram nela através da telinha do computador ou smartphone. Continue lendo

somatização, dor emocional, somatizar, dor sem causa, doença sem causa

Somatização: o que é e que sintomas produz

3 min de leitura

Somatização: o corpo e a mente estão muito mais conectados do que você imagina.

Históricamente, muitas teorias psicológicas trataram corpo e mente como duas coisas distintas, que se associavam somente em alguns aspectos para garantir a existência de seres humanos conscientes de si mesmos e totalmente funcionais.

Curiosamente, observando esse enfoque, o corpo “material” só tem poder sobre a mente no aspecto de que é ele quem a retém num lugar concreto e, além do mais, é a mente que propõe objetivos, controla os movimentos do corpo e, de vez em quando, busca maneiras para transcender a “prisão da carne”. Continue lendo

Orgasmo e masturbação feminina

Masturbação feminina e orgasmo: sobre o prazer pessoal

15 min de leitura

“Queria saber como se faz a masturbação feminina”, foi essa a frase que chegou até a caixa de segredos. Não sabemos se foi um leitor ou uma leitora mas achamos tão interessante e uma pergunta de natureza tão ampla e pessoal, que passamos para mais de uma psico online responder e avançamos da masturbação para o orgasmo e para solução das principais dúvidas sobre o assunto. Confira e esperamos que seja útil. Lembrando que se tiverem outras dúvidas, só perguntar. 🙂

Masturbação

Antes de chegarmos ao clímax da pergunta falaremos um pouco sobre a masturbação para esclarecer alguns pontos. A primeira coisa que se deve saber sobre o assunto é: masturbar-se é benéfico.

Conhecer-se faz bem. Continue lendo