Sentir-se mal por sentir-se mal

2 min de leitura · 

A pressão que sofremos para estar sempre animados pode nos fazer sentir pior. Porém, o reconhecimento de nossa tristeza, a longo prazo, pode nos ser benéfico. Isso é o que concluiu um estudo realizado pela UC Berkeley.

“Encontramos que as pessoas que aceitam habitualmente suas emoções negativas, experimentam menos emoções desse tipo, o que melhora substancialmente sua saúde psicológica”, comenta Iris Mauss, professora de psicologia e pesquisadora principal desse estudo.

Esse trabalho, publicado no Journal of Personality and Social Psychology, examinou o vínculo entre aceitação emocional e saúde mental em mais de 1300 adultos.

Clique e fale com um Psicóloga Online agoraSeus resultados sugerem que as pessoas que resistem habitualmente as suas emoções mais tristes, ou se julgam duramente, podem sentir-se mais estressadas psicologicamente. Em contrapartida, aqueles que aceitam e deixam passar os sentimentos de tristeza, desilusão ou ressentimento, demonstram menos transtornos de humor que aquelas pessoas que criticam a si mesmas por senti-los.

Segundo os autores dessa pesquisa, a forma pela qual entendemos nossas próprias reações negativas, é realmente importante para o nosso bem estar geral. Quem é capaz de aceitar essas emoções sem julga-las ou sem a necessidade de muda-las, parece ser muito mais capaz de enfrentar seu estresse com êxito.

As emoções negativas surgem, em geral, em resposta a algo que não gostamos ou percebemos que pode nos causar dano. São adaptativas e, portanto, necessárias, mas costumamos nos apegar a elas e assim, nos esquecemos do motivo para o qual servem.

Esquecer os reais ganhos de um sofrimento nos torna presas fáceis das famosas “soluções mágicas”, muito mais perigosas de entender, aceitar e não julgar quando nos sentimos mal.

Quem aqui nunca tomou um remedinho pra dor de cabeça, sem nem ao menos saber a causa da dor? Isso é um tipo de solução mágica 😉

Além disso, como demonstra a pesquisa, adicionamos um desnecessário sentimento de culpa por experimentar as sensações desagradáveis da tristeza ou do sofrimento.

Interessante, né?!

Enfim, esperamos que esse texto ajude você a refletir que está tudo bem sentir-se mal, o que não pode é prolongar esse sentimento por longos períodos ou vivencia-lo sem saber muito bem o motivo, mas se isso acontecer, você pode consultar um psicólogo e ele vai te ajudar a encontrar a causa e a ferramenta pra botar as coisas nos eixos e você poderá voltar a experimentar, de maneira genuína, os bons sentimentos.

Retirado de Cámbiate Blog (traduzido e adaptado)

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média / 5. Contagem de Votos:

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Você vai gostar de ler também:

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

Participe, queremos ler o que você tem a dizer