presença no psico online

Presença: quando você não imagina o quanto importa

2 min de leitura · 

Presença é perceptível. Você pode até estar de corpo presente, mas se não estiver presente, aquele que está contigo notará.

Isso vale para todas as ocasiões. Na aula. Em casa. Com amigos, irmãos e pais.

Tem horas que é difícil manter a presença. São tantos entretenimentos.

Celular chama. TV chama. Livro chama. Música chama.

Contudo a sua presença é importante a todo instante.

Sua presença real, inteiramente, sem distrações com computadores ou pensamentos.

Em reuniões de empresa vemos muita presença-ausência: a pessoa está ali, mas com o celular e o computador digitando, balançando a cabeça, soltando uma frase perdida aqui ou acolá. Sinal ruim. Essas pessoas não estão ali.

Em casa, quando temos uma DR seja com pais, parentes ou com quem quer que seja, quando a pessoa não está atenta, o “Discutir a Relação” não discute nada, é um monólogo.

Quando um psicólogo atende, ele está presente. Chamamos isso de escuta ativa.

Treinamos muito para que no momento que nos sentamos à sua presença, só vejamos a pessoa diante de nós. O ser humano ali com os seus sofrimentos, desejos e (com perdão poético) presença de espírito.

E a ouvimos.

Essa presença pode ser levada para todos os instantes das nossas vidas. Pode compor e fazer a diferença.

Falamos aqui no blog da melhor forma de ajudar no texto: Ouvir é uma das melhores formas de ajudar mas não falamos da presença.

Presença vem de estar presente. De estar no presente. De ser presente, não obrigação.

Nos preocupamos muito com o futuro o com aquilo que está envolto nele, ficamos ansiosos com o que pode ou não acontecer. Também nos preocupamos muito com o passado, com aquilo que fizemos e que não queremos repetir, com aquilo que nos moldou dia após dia.

E nesses instantes esquecemos do presente. Quem você está sendo. Quem você é agora?

Quem é você?

A sua presença pode brilhar ou pode ser transparente. Depende de como você se coloca e do que você deseja.

Você pode estar distante, mas ainda presente e marcar a sua presença para ser recordado (gravado).

E então? Você anda no presente? Anda presente?

O quanto essa sua presença afeta o outro? Qual a diferença que faz você estar ali ou o contrário? O quanto você gosta quando uma pessoa que você confia, que você admira se faz presente e se torna importante no seu dia?

O quanto você se entristece quando essa pessoa não está presente ou não estará mais presente pois a vida mudou e a levou. Você opta por que tipo de presença?

Tudo, é uma questão de pensar e observar o quanto a sua presença importa.

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média / 5. Contagem de Votos:

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

2 thoughts to “Presença: quando você não imagina o quanto importa”

Participe, queremos ler o que você tem a dizer