violencia contra idosos, velhos, velha, idoso, terceira idade, avó, avô

Violência contra idosos

2 min de leitura · 

Hoje é o Dia mundial de conscientização da violência contra idosos e nós precisamos falar sobre isso.

Claro que não é uma daquelas datas em que a gente comemora alguma coisa, até porque os números mostram um cenário assustador no mundo, onde cerca de 5 a 10% da população idosa sofre algum tipo de violência física visível ou invisível. Fala sério, né?!

Violência contra idosos é crime!

Esse dia serve pra que a gente reflita sobre como tratamos os mais velhos, aqueles super experientes e com muitas histórias pra contar. Como você tem tratado seus avós, por exemplo? Serve pra gente pensar em políticas ou meios de ajudar e proteger a quem precisa e facilitar a vida de quem já fez tanto por nós.

Lembre-se de que o idoso precisa de cuidados e não de agressões, às vezes é difícil lidar com as limitações ou as regressões que a terceira idade traz, mas se esse for o caso, procure ajuda, pois existem cuidadores especializados em geriatria e existem terapeutas, psicólogos e psicólogas que também são especialistas em ajudar os velhinhos e em ajudar os mais novos à lidarem com a situação também.

E olha só, saiba que a violência pode ser de vários tipos e se liga aí pra ver se você não comete nenhuma delas, mesmo que “sem querer”:

  • Violência física: maus tratos, tapas, beliscões, socos, pontapés, agressões com cintos, armas brancas (facas, estiletes) ou armas de fogo;
  • Violência sexual: qualquer tipo de situação em que se use força física e/ou psicológica para a prática de experiências sexuais;
  • Violência psicológica: menosprezo, desprezo, discriminação, desrespeito verbal ou gestual que cause a humilhação, restrição ou isolamento do idoso;
  • Violência econômico-financeira: uso indevido e ilegal, sem consentimento, dos bens financeiros e patrimônios do idoso;
  • Negligência/abandono: omissão nos cuidados básicos físicos e/ou psicológicos do idoso.

Se você conhece alguém que precisa de ajuda para sair da situação de violência contra o idoso, ou algum idoso que sofra violência, pode discar 100 e denunciar, esse é o telefone da Secretaria de Direitos Humanos.

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média / 5. Contagem de Votos:

Já que você achou este post útil, compartilhe ele nas redes sociais.

Acompanhe-nos nas redes sociais

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Você vai gostar de ler também:

Psico.Online
Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.
Psico.Online on FacebookPsico.Online on GooglePsico.Online on InstagramPsico.Online on LinkedinPsico.Online on PinterestPsico.Online on TumblrPsico.Online on TwitterPsico.Online on WordpressPsico.Online on Youtube

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

Participe, queremos ler o que você tem a dizer