Arquivo da tag: #ser

what_a_long_day____by_poisonunic Ofertamos aquilo que recebemos

Nós só recebemos aquilo que ofertamos

3 min de leitura

Dar para receber ou receber aquilo que ofertamos. O mundo anda muito conturbado, cheio de violência, dor e sofrimentos diversos; é para se pensar, não é?

Todos nós temos acompanhado uma avalanche de tristes e trágicas notícias relacionadas aos diversos tipos de desgraças, as quais nos afetam diretamente e nos tornam pessoas menos complacentes, compreensivas e tolerantes.

Por este motivo, ficamos inflexíveis às diferenças e colocamos nossos interesses, problemas e vontades sempre à frente, esquecendo que compartilhamos um espaço, um mundo, nada é tão nosso nesta vida, nesta Terra e quando daqui partirmos, também nada levaremos.

Muitas vezes esquecemos que ninguém é tão auto-suficiente que não necessite do outro por algum motivo. Por isso precisamos entender que para recebermos algo de bom precisamos nos doar também.

Ofertamos ao outro aquilo que pretendemos para nós.

Continue lendo

Respeito é aquilo que nós merecemos. Mas você sabe o que é respeito?

2 min de leitura

“Respeito é bom e eu gosto” e está na boca de todo mundo. Exige-se! Mas do que é que gostamos tanto? Você já pensou alguma vez ” a respeito”?

Há poucos dias fizemos uma postagem no Instagram (@psico.online) que afirmava que “Custa R$ 0 tratar os outros com respeito” e logo embaixo fizemos uma pergunta: o que é respeito?

Esperamos algumas opiniões que sugeriram que é tratar aos outros como gostaríamos de ser tratados ou talvez não fazer aos outros aquilo que não gostaríamos que fizessem conosco. Tem um pouco de diferença nessas frases, mas vamos deixar para outro post. Mas, embora envolva o assunto, não achamos que seja essa a melhor definição para o assunto.

Continue lendo

ser ou ter, consumismo, plenitude, escolhas

Ser ou ter: eis a questão

2 min de leitura

Ser ou ter? Eis aí uma questão frequente no nosso cotidiano e que às vezes, nem percebemos.

Um estudo atrás do outro, tem demonstrado que o foco na aquisição de coisas nos faz infelizes, danifica nossas relações, aumenta os sentimentos de isolamento e insegurança, diminuem a resiliência e prejudicam nossa saúde mental.

Nada disso é uma surpresa, mas o certo é que temos vivido numa sociedade saturada de mensagens e imagens que nos empurram a pensar que uma vida valiosa é sinônimo de possuir coisas caras. Como podemos mudar isso?

Um recente artigo do psicólogo T. Kesser na Scientific American afirma que é possível. Em um dos estudos conduzidos por sua equipe, uma intervenção realizada para estimular um menor foco em metas materialistas foi testada em adolescentes, comparados com um grupo controle, aqueles que participaram do programa foram menos materialistas e melhoraram sua auto-estima durante os meses seguintes. Em outras palavras, o consumismo pode ser gerenciado, diminuido, por meio de um esforço consciente.

Continue lendo

pensando nos sonhos

Sonhos: Em busca dos seus, sabendo que empreender é difícil

4 min de leitura

A psicologia corporativa é uma área que auxilia líderes e liderados que estão em busca dos seus sonhos e muitas vezes, mesmo os psicólogos e coachings envolvidos a encontrar o caminho para seus propósitos.

Sabe o motivo disso? Sozinho ninguém é forte o suficiente e todos, quase sem exceção, buscam a completude.

Em busca dos sonhos

Continue lendo

Deu dinheiro ao Mendigo e se surpreendeu com o uso – respost de vídeo

0 min de leitura

São 100 dólares dados ao Mendigo, que depois viram duzentos. A reação deixaria qualquer um pensativo. Qual o seu julgamento?

Continue lendo

com grandes poderes vem grandes responsabilidades

Com grandes poderes vem grandes responsabilidades

3 min de leitura

Não adianta fugir da realidade ou não aceitá-la. Crescer envolve poderes e também responsabilidades incluindo as dores envolvidas no processo.

Essa frase é famosa devido ao sucesso do Homem Aranha e ao uso dela nos filmes e quadrinhos. Até na revista Super Interessante tem um post que fala a origem dessa frase:

“Conhece o Homem-Aranha? Então você já ouviu essa frase. A lição foi dada a Peter Parker por seu tio Ben, logo na primeira historia do Aranha, escrita por Stan Lee em 1962, no 15º volume da Amazing Fantasy, que Peter descobriu que vida de super-herói não é moleza. E se a gente te disser que a frase não é exatamente original? Embora essa pílula de sabedoria tenha ficado famosa por causa do Cabeça-de-Teia, ela era manjada bem antes de existir Marvel. Há quem credite as palavras ao pensador francês Voltaire. Mas uma mensagem parecida já havia aparecido até na Bíblia: “Daqueles a quem foi confiado muito, muito mais será pedido” (Lucas 12:48).

Continue lendo

Quem sou eu? I am nature (Eu sou natureza)

0 min de leitura

Eu sou a natureza.

por Alex Eslam, escrito por Die Rabauken.

Eu não sou a ligação perdida do meu chefe.
Eu não sou o número de e-mails lidos em minha caixa de entrada.
Eu não sou minha lista de tarefas pendentes.
Eu não sou do tamanho do meu perfil do Facebook.
Eu não sou o fast food na minha hora do almoço

Sou

Eu sou os fios no meu cabelo
Eu sou a grama debaixo dos meus pés
Eu sou o vento soprando através das árvores
Eu sou a água que percorre os rios
A terra em minhas mãos
Eu sou o desejo que não pode esperar
Eu sou natureza

desapegar, abrir a gaiola e soltar os pássaros Natureza

Mais sobre a Natureza.