Anúncio
Categories: Reflexões

Respeito é aquilo que nós merecemos. Mas você sabe o que é respeito?

5
(1)
2 min de leitura · 

“Respeito é bom e eu gosto” e está na boca de todo mundo. Exige-se! Mas do que é que gostamos tanto? Você já pensou alguma vez ” a respeito”?

Há poucos dias fizemos uma postagem no Instagram (@psico.online) que afirmava que “Custa R$ 0 tratar os outros com respeito” e logo embaixo fizemos uma pergunta: o que é respeito?

Esperamos algumas opiniões que sugeriram que é tratar aos outros como gostaríamos de ser tratados ou talvez não fazer aos outros aquilo que não gostaríamos que fizessem conosco. Tem um pouco de diferença nessas frases, mas vamos deixar para outro post. Mas, embora envolva o assunto, não achamos que seja essa a melhor definição para o assunto.

A nossa sugestão, nesse caso, é perguntar: onde ficaria a resiliência e a tolerância, se estamos falando do outro e de nós?

Do latim respectus, particípio passivo do verbo respiciō, da composição de re- (“novamente”) + speciō (“olhar”) respeito é algo que se é digno de olhar outras vezes. Re-Olhar. Rever. Reverenciar (?).

Como assim?

Quando respeitamos alguém, não nos referimos a nós mesmos. Nos referimos ao outro. Respeitamos aqueles que podemos olhar mais de uma vez com uma atitude positiva. Que nos envolvem e nos fazem acreditar ser possível. É isso.

Você pensar “a respeito” é pensar duas vezes sobre o determinado assunto passando por todas as possibilidades e trabalhando cada um dos conceitos que envolvem aquela dinâmica.

Quase na sequencia pusemos outra frase, que é atribuída a Walt Disney:

“O que quer que você faça, faça bem feito. Faça tão bem feito que, quando as pessoas te virem fazendo elas queiram voltar e ver você fazer de novo e queiram trazer outros para mostrar o quão bem você faz aquilo que faz”.

Essa é uma atitude de respeito àquilo que se faz bem. É respeitoso para aquele que você faz e para você por fazer do melhor jeito que pode.

Na visão de Richard Sennett, sociólogo que tem um livro com o título: envolve a mutualidade – que abrange status, prestígio, reconhecimento e honra social – e o amor próprio – que implica o estabelecimento de um padrão ideal de comportamento para si mesmo, além da preservação da integridade física e da dignidade social, assumindo uma importância fundamental para a formação do self e para a consolidação das relações sociais.

Sennett também demonstra que o respeito envolve reciprocidade e harmonia, evidenciando o quanto pode ser difícil o estabelecimento do respeito entre os indivíduos, diante das diferenças comportamentais e das desigualdades sociais.

Se você deseja respeito é essencial dar. É mútuo. Está naquele momento que você ouve alguém dizer algo que você não gosta ou concorda e ainda assim, olha novamente com o peito aberto.

Será que agora, conseguimos seguir em frente e dar mais do que receber? 😉 Pensa nisso e conta pra gente no comentário o que você achava que significava.

Vale a pena ler mais sobre Respeito:

O quanto este post foi útil para você?

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

Leave a Comment
Share
Published by
Psico.Online

Recent Posts

Vão se os anéis, ficam-se os dedos

Cá com meus botões, pensando, enquanto procuro uma entrevista de Noam Chomsky, onde ele fala…

4 dias ago

Criticar o outro, fala mais sobre você.

"Nós não vemos as coisas como elas são, nós as vemos como somos ", disse…

4 semanas ago

Quando paramos de nos preocupar com os outros…

Quando paramos de nos preocupar com os outros, a primeira vista, idealizamos que nossa vida…

3 meses ago

Infelicidade: me apeguei a ela e agora?

Infelicidade é a palavra felicidade com o prefixo de privação ou negação. Pode ser compreendida…

4 meses ago

Masturbação Infantil: não fique na mão com o assunto.

Esses dias respondi algumas perguntas sobre Masturbação Infantil para o site bebe.com.br e, como eles…

4 meses ago

E quando sobra pra gente?

"Sobra pra gente" o que sobrou pra você ou para mim? Quem nunca levou "uma"…

4 meses ago

This website uses cookies.