4 thoughts to “Depressão, psiquiatra e psicólogo, uma receita potente”

  1. É muito difícil sentir que nada poderá ser feito pra mudar. É dolorido pensar que é melhor morrer pra não ter que enfrentar as dificuldades que a vida nos traz. Já tive vergonha e medo de julgamentos por me sentir assim. Isso me prejudicou e muito.Todas as pessoas deveriam consultar um psicólogo.Ninguém é totalmente equilibrado.

  2. Vivi intensamente o mundo terrível da depressão, senti toda a dor que ela acarreta, estive dependente de quimicos para sobreviver, e hoje estou aqui para contar a história. Foram seis anos de intenso acompanhamento psicológico/psiquiatrico, e neste momento estou perfeitamente bem, e disposta a dar o meu testemunho se alguém tiver interesse nisso. Penso, que tendo passado por todas as fases de uma depressão reativa, posso ajudar aqueles que precisarem.

      1. Obrigado. Tenho uma longa experiência no que toca à luta contra a depressão, e sei claramente os caminhos que me trouxeram de volta. As pessoas que me rodeiam ficam pasmadas de como foi possível recoperar. Tenho 54 anos, e tenho a noção de todas as etapas porque passei. O mérito não foi meu mas da forma como os profissionais de saúde lidaram com o meu caso, e a esse respeito, e por trabalhar num hospital, posso dizer muita coisa se alguém estiver interessado no assunto.

Participe, queremos ler o que você tem a dizer