passado

unrecognizable person pasting photos in family album

Dá para deixar o passado para trás?
5 (3)

O passado é uma realidade imutável (passou) e quando se trata dele só existem duas escolhas: fugir negando sua existência ou aprender com ele. Quantas vezes você já deparou com situações do passado que te assombravam? Anos já se passaram e mesmo assim você as mantém em sua mente, enquanto se culpa pelo ocorrido. A …

Dá para deixar o passado para trás? Clique para ler »

tempo, relógio, o tempo cura

O tempo e a compreensão curam tudo
5 (1)

Pense numa ferida. Uma recente, que sangra e dói. Uma ferida que deve ser limpa e protegida. A medida em que o tempo passa já não doerá e nem incomodará tanto, vai cicatrizando, aos poucos. Mas restará a cicatriz. Uma recordação. A mesma coisa ocorre com algumas feridas emocionais. São cicatrizes que sempre serão parte …

O tempo e a compreensão curam tudo Clique para ler »

criança interior, criança ferida, infância, menina triste, trauma de infância

Criança ferida: a cura interior
5 (1)

Você já é bem crescida(o), tem responsabilidades, deveres e problemas de gente grande, mas ainda se comporta como uma criança ferida e magoada, o que acaba gerando dificuldades nos seus relacionamentos. Acertei? O ser humano nasce, cresce, se desenvolve, cria e conquista muitas coisas, mas devido a questões e sentimentos de sua infância que ficaram …

Criança ferida: a cura interior Clique para ler »

passado, bicicleta sem rodinhas, deixar o passado, viver no presente

Passado, presente e futuro
0 (0)

Não é necessário renunciar ao passado para entrar no futuro. Ao mudar as coisas não é necessário perdê-las. John Cage Ouvimos por todos os lados a importância de “viver no presente”, de “estar no aqui e agora”. Parecem mantras que o mundo todo repete, mas quase nada compreende e muito menos pratica. Viver no presente …

Passado, presente e futuro Clique para ler »

pessoa olhando fotos antigas

Lembranças ativadas: uma possibilidade de ressignificação
0 (0)

O correr das horas, muitas vezes, não nos permite a atentar para detalhes valiosos de nossa existência. Talvez por isso muitos me considerem um pouco ‘aluado’. Gosto de observar os feitos do Criador pela fechadura, de refletir nos detalhes que nossa rotina frenética não nos deixa aproveitar. O passado constantemente nos bate à porta das …

Lembranças ativadas: uma possibilidade de ressignificação Clique para ler »

Rolar para cima