Anúncio

Resiliência: a arte de adaptar-se

3.5
(2)
1 min de leitura · 

Afinal de contas, você sabe o que é resiliência?

Pelo dicionário o termo significa: “Elasticidade que faz com que certos corpos deformados voltem à sua forma original; Capacidade de rápida adaptação ou recuperação.”

E na Psicologia usamos o termo para designar uma pessoa que tem grande capacidade de adaptar-se às situações mais difíceis, evitando o sofrimento desnecessário e obtendo evolução pessoal.

Isabel J. Muriel (Blog GPTA) propõe alguns hábitos para que possamos treinar, dia-a-dia, nossa resiliência.

1- Dedique tempo para conhecer-se:

Quando você se propõe à isso, é capaz de identificar com mais facilidade suas necessidades e motivações, o que te impulsiona e seus medos.

Quando aumentamos nosso autoconhecimento, ficamos mais fortes frente as críticas e sabemos organizá-las e reconhecer onde podem ser usadas, para que sejamos ainda melhores, mais evoluídos.

2- Descubra seu talento:

Todos temos um talento, descubra o seu. Ao invés de se concentrar em suas carências, potencializa a suas virtudes.

Essa é uma ótima maneira de trabalhar a autoestima.

Leia também “10 dicas para melhorar sua autoestima”

3- Não se apegue ao problema. Tenta ser flexível:

Observe o obstáculo ou a situação estressante. Reflita sobre em que parte você pode agir e atue. Não permita que nada te prenda. O que não puder resolver agora, deixa para depois.

O que não der pra ser solucionado por você mesm@, por seus medos, deixe pra lá. Avance.

Aprende a ser flexível, a rigidez nos faz quebrar.

4- Você não é uma ilha. Não aja como tal:

Procure se interessar pelo que acontece ao seu redor. Comprometa-se e ajude as pessoas que te cercam. Dedique um tempo para criar sua teia emocional: amig@s, parceir@s, família.

5- Aprenda a rir de si e desenvolva um otimismo realista:

Levamos muitas coisas à sério e as vezes, é preciso relativizar. Distancie-se um pouco dos problemas, aprenda o que puder com os erros que cometer e acrescente boas doses de humor em sua vida.

Treine, dia após dia. No princípio parecerá um bocado difícil, não se desespere. Com o tempo, se houver constância, tudo se converterá em hábitos 😉

Traduzido e adaptado.

O quanto este post foi útil para você?

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

Share
Published by
Psico.Online

Recent Posts

Quando paramos de nos preocupar com os outros…

Quando paramos de nos preocupar com os outros, a primeira vista, idealizamos que nossa vida…

2 meses ago

Infelicidade: me apeguei a ela e agora?

Infelicidade é a palavra felicidade com o prefixo de privação ou negação. Pode ser compreendida…

3 meses ago

Masturbação Infantil: não fique na mão com o assunto.

Esses dias respondi algumas perguntas sobre Masturbação Infantil para o site bebe.com.br e, como eles…

3 meses ago

E quando sobra pra gente?

"Sobra pra gente" o que sobrou pra você ou para mim? Quem nunca levou "uma"…

3 meses ago

Escutar, ouvir e falar. O que você tem feito?

Ouvir ou escutar remete a ações muito parecidas. Muita gente sabe a diferença, mas no…

3 meses ago

Será que eu sou gay?

Gay, homosexual, será que meu interesse sexual é assim ou assado? Lembro da primeira vez…

3 meses ago

This website uses cookies.