Tempo de Terapia no psico.online

Tempo de terapia: demorou muito e me dei alta.

4 min de leitura · 

O tempo de terapia é uma das perguntas que mais ouço.

Claro, elas variam de afirmações para perguntas que são sobre o tempo de sessão, o tempo de consulta e o tempo do tratamento.

Entretanto, a campeã do tempo de terapia é: quanto dura a sessão? Já já falaremos disso.

Comecemos pelo tempo de terapia.

O tempo de terapia é variável de acordo com o problema.

Entra na equação da conta do tempo de terapia o método de trabalho do profissional, a sua aderência como paciente com o psico (se você fala tudo ou se você não fala nada).

Logo, é bem variável, mas você perceberá a diferença se estiver se dedicando a ela.

Já o tempo de sessão, diferente do tempo de terapia, dura em média são 50 minutos.

Não é uma hora, pois o psicólogo precisa desses 10 minutos para escrever seu relatório e ter um intervalo entre as sessões para água, checar os recados.

Ligar e desligar dos assuntos, ir ao banheiro e voltar recuperado para o próximo atendimento.

Algumas práticas têm o tempo reduzido: acontecem e não são recomendadas pelo Conselho se essa redução for relativa ao custo da sessão, mas esse já é outro assunto que não vamos falar por aqui.

Hoje, vou falar sobre o tempo percebido que você tem de terapia e o tempo que ele realmente acontece.

O tempo de terapia percebido

A última vez que falei disso foi em um almoço, com um amigo.

Ele dizia que havia feito terapia por um ano e que se deu alta pois não estava satisfeito com os resultados que demoravam muito.

“Deixa eu entender – falei – você procurou a terapia depois que o problema de alguns anos havia se agravado, note – anos – e só então, depois de conversar com amigos, parentes é que seguiu para um profissional.

Você, te conhecendo, não abriu tudo de uma vez para o seu terapeuta, fez as sessões, não esperou o resultado e se deu alta?”.

Em seguida, marcou algumas sessões, onde você e o terapeuta começaram a se conhecer.

Você, tem alguma ideia do tempo que se leva para começarem a falar mais profundamente de um determinado assunto?

Já nos conhecemos há algum tempo e ainda não sei muita coisa a seu respeito.

E aí o assunto continuou:

Considerando que você é reticente em contar detalhes pois não conhecia o seu psico muito bem.

Considerando sua ansiedade por uma resposta.

Considerando que por uma média: apresentação, alinhamento de discurso e criação de um vínculo com o psicólogo você leva em torno de 4 a 8 sessões – produtivas – para começar a entender a questão mais profundamente.

Acho que você se precipitou. Mas vamos seguir.

Façamos uma conta rápida: Sete sessões de 50 minutos onde, para facilitar a nossa conta, vou arredondar para uma hora.

Então, foram 7 horas de conversa (com pausas de uma semana entre elas) para um problema de anos, com direito a apresentações, retomada do assunto e para vocês se alinharem.

Só para constar, já estamos almoçando há 30 minutos e falando ininterruptamente.

Bem, um dia de trabalho leva 8 horas em média. Conversas longas com pessoas que você se identifica também podem durar horas, só para considerar na contagem.

Sete sessões são quase dois meses, então vamos colocar 8 sessões para arredondar, considerando que foram consultas semanais: 1 mês, 4 sessões, dois meses 8 sessões. Logo, você levou dois meses para alinhar com o psicólogo e sentir-se à vontade com o profissional para começar, então, a expor um emaranhado de sensações, sentimentos e frustrações de anos.

Claro, entendo que estamos fazendo uma conta bem superficial para explicar que um trabalho de investigação, compreensão de algo pode levar mais tempo que isso.

Considera que têm sessões que você não contou tudo… Olha. Pelo pouco que estou vendo, acho que você com sua ansiedade, aceleraram um pouco as coisas.

Imagine que o quebra-cabeças vai sendo montando peça a peça.

Que em 12 meses como vimos, não são doze exatos um ano de trabalho. Se tudo foi perfeitinho, foram 52 horas, e ainda assim com intervalos, apresentações, faltas.

Olha meu amigo, acho que você fez seis dias e meio de 8 horas de terapia em um ano e deixou o seu psicólogo em uma situação complicada esperando uma solução para um problema de anos.

Claro, lembrando que quem dá as soluções na terapia não é seu psico, é você, que se reorganiza a partir da investigação, técnicas e práticas de intervenção do profissional que está acompanhando.

ψ

Espero muito que esse caso, esclareça um pouco que o tempo percebido e o tempo de trabalho em terapia é bastante diferente do que reparamos.

Que um processo terapêutico depende de vários fatores: você se dedicar (falar o que realmente está acontecendo) e também conseguir aos poucos confiar no profissional que te acompanha.

Não se apresse, se sentir que o resultado esperando ainda não chegou. Fale com o seu psico. Essa informação pode ser bem útil para a sua sessão.

Espero que tenham gostado.


Photo by Andrey Grushnikov from Pexels

Não esqueça de votar e de compartilhar este post! <3

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média / 5. Contagem de Votos:

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Raul Oliveira

Psicólogo CRP 06/154.661 - Formado Psicologia e em Administração com ênfase em Marketing, workaholic geek que respira tecnologia, pesquisador e mestrando em tecnologias da inteligência e design digital. É um dos fundadores do Psico.Online e do MeuPsicoOnline.com.br

Participe, queremos ler o que você tem a dizer