julgamento doenças mentais, psicose, prisão, punição, medo, família

O julgamento e a morte da alma: uma reflexão sobre as doenças mentais

2 min de leitura

Levei algumas semanas até conseguir parar pra escrever esse texto. Talvez porque seja um assunto delicado pra mim, talvez porque requer uma atenção especial, talvez porque seja um assunto muito complexo para o mundo: o julgamento e as doenças mentais.

Há algum tempo eu e minha família vivemos na pele os efeitos colaterais de um julgamento desmedido, impensado, cruel. Uma situação rotineira nos noticiários, daquelas que a gente até acostuma a ver e a palpitar a respeito, acontecia dessa vez, com a gente. (mais…)

Você vai gostar de ler também:

famílias, relações familiares, changing batteries

Famílias: o valor e a importância das relações

0 min de leitura

Enquanto eu procurava materiais para poder escrever sobre famílias, eis que me surge esse vídeo e me faz refletir muito sobre a importância de mantermos boas e saudáveis relações.

É um curta de animação, dirigido por Casandra NG. Vale a pena assistir 😉 (mais…)

Você vai gostar de ler também:

natal, renas, papai noel

O natal e suas renas estressantes

2 min de leitura

Ah o Natal!

Bem vindos as festas de Natal. Essa espiral de compras (muitas sem sentido, precisamos admitir) que além de bagunçarem com as nossas economias ainda são uma fonte de estresse, o que pode provocar o ódio de muita gente pela data.

Vamos analisar o que acontece para que uma ocasião de festas e celebrações familiares se converta num período de agonia e dar algumas dicas para salvar você do sofrimento. (mais…)

Você vai gostar de ler também:

estou-grávida-e-agora

Estou grávida, sou adolescente, como conto aos meus pais?

5 min de leitura

Estou grávida!

Estou grávida?

Você já fez o teste.

Você faz o teste novamente.

Você faz uma terceira vez e senta-se em algum lugar: o mundo passando a mil na sua mente. É uma inundação de emoções. Lágrimas brotam. Sorrisos. Lágrimas de novo. Um suspiro.

O fato: você, uma adolescente e grávida.

Você não planejou isso. Você pensou que tinha tomado precauções, mas você está grávida. E agora?

Para alguns adolescentes este pode ser um momento feliz, mas para outros pode parecer como o mundo está prestes a acabar. O futuro que você pensou que estava se desenrolando antes vem gritando.

Uma multidão de emoções irá competir por atenção e, em seguida, você perceberá que há uma coisa que você precisa fazer. Um frio na espinha a envolve. As palavras param em sua garganta e você quer vomitar novamente.

“Como é que eu vou contar aos meus pais?”

(mais…)

Você vai gostar de ler também:

relacionamento familiar, família, abraço de irmãos, abraço entre irmãs, abraço, afeto

Relacionamento familiar e suas dificuldades

1 min de leitura

Relacionamento familiar que se preze passa por dificuldades, às vezes menores, às vezes gigantescas.

Esse texto vai em resposta à uma Caixa de Segredos, onde a pessoa relata ter um relacionamento não muito legal com a família.

Brigas constantes, intolerância, falta de paciência e falta de tato, uma mistura bastante indigesta, não?!

Pois a dica é: Aprenda a observar! (mais…)

Você vai gostar de ler também:

meus pais querem que eu faça faculdade, pessoa tocando violão, faculdade, violão, instrumento musical

Minha família quer que eu faça faculdade

2 min de leitura

“Minha família quer que eu faça faculdade, mas eu quero ser cantora” quem aí passa ou passou por algo parecido?

Respondendo à mais uma Caixa de Segredos, hoje vamos falar sobre as expectativas dos pais à respeito da vida dos filhos.

Quem nos escreveu quer seguir uma carreira artística, tentar a vida em outro país e buscar a realização de um sonho, mas seus pais acham perigoso, não aprovam a ideia e isso tem gerado angústias. (mais…)

Você vai gostar de ler também:

culpa, sentimento de culpa, sofrimento emocional, tristeza, perdão, perdoar, mulher triste, pessoa chorando

Culpa: um veneno para a alma

1 min de leitura

Sabia que a culpa pode se transformar em um veneno que encharca a sua alma e te impede de ser feliz? Pois é, cuidado com isso!

A culpa surge e pode nos acompanhar desde muito cedo. Ainda pequenos nos sentimos rejeitados e abandonados, o que nos gera frustração e por vezes, raiva das pessoas que mais amamos: geralmente nossos pais.

A raiva é um sentimento natural, mas geralmente muito mal compreendida e constantemente censurada e proibida. A criança, tadinha, aprende que é feio sentir raiva dos pais e daí começam os primeiros grandes conflitos da vida. Sinto isso, mas não posso. Com poucos anos de idade, como controlar? Surgiu a CULPA! (mais…)

Você vai gostar de ler também:

Ciclos da vida: vídeo The Lighthouse

2 min de leitura

Os ciclos da vida: concepção, desenvolvimento, nascimento, formação, adolescência, juventude, maturação, a melhor idade e a morte. No premiado curta metragem  The Lighthouse 2010 (O Farol) a essência e o simbolismo nos fazem refletir sobre a nossa vida e a importante integração com nossos pais.

Do diretor tailandês Po Chou Chi, o filme ganhou mais de 25 prêmios internacionais e conta a história de um pai e de um filho… veja abaixo se você ainda não viu ou não se lembra! 🙂 antes de seguirmos para o texto. (mais…)

Você vai gostar de ler também:

Expectativa e realidade: a díficil e insubstituível vida das mães e dos pais

3 min de leitura

Expectativa e realidade. Sempre imaginamos algo que na verdade se mostra bem diferente no dia a dia. Essas ilustrações mostram a diferença entre o que achamos e o que acontece com os papais recentes. E ai, você concorda com as figuras? Deixe sua opinião nos comentários! 🙂

Ah, e por favor, se souber o autor dos desenhos, nos conte no comentários para darmos os créditos. 🙂

Expectativa e realidade da foto de familia
Expectativa e realidade: Como você imagina que a foto de família irá ser e como ela é. Eles param?

Eles não param, pois as crianças são máquinas de informação. A hipersensibilidade das crianças com aquilo que elas vêem, ouvem e vivem são fundamentais para o desenvolvimento dos pequenos. É muito mais importante o contato com os pais do que o registro, já que para eles, os pais são a prioridade.

Expectativa versus realidade do tempo livre das mamães
Expectativa e realidade para o tempo livre da mamãe. Em alguns casos, nem o tempo do banheiro existe…

Temos alguns posts que falam da vida das mães. Elas realmente são insubstituíveis e infelizmente não tem tanto tempo livre. Os papais, nessas horas, precisam muito participar e estar tão presentes para que a expectativa seja realizada, pois todo mundo precisa de um pouco de tempo para si, não acham?

Confira os outros posts sobre mães:

Expectativa e realidade dos desenhos das crianças.
Expectativa e realidade dos desenhos das crianças. Para que papel se é muito mais divertido usar a parede que acabou de ser pintada não é?

Ah, a criatividade é essencial para que as funções cognitivas dos pequenos sejam desenvolvidas. Brincar, desenhar, imaginar e tantas outras pequenas coisas desenvolvem a inteligência emocional e as percepções dos nossos pequenos.

Preparativos para o passeio.
Preparativos para o passeio. Vem cá. Expectativa versus realidade. Eles são sempre super comportados, não são?

Eles são hiper ativos e isso é muito bom! As crianças querem a atenção dos pais e as roupas são meras obrigações sociais. É muito mais legal brincar de pega pega do que vestir aquela roupa que pinica. Quem nunca?

O quarto dos filhos.
O quarto dos nossos filhos. Expectativa versus realidade.

O cantinho dos nossos pequenos é imaginado e preparado com tanto carinho… mas lembre-se, aquele espaço é deles, é onde eles vão recordar dos bons momentos, onde vão se refugiar dos ruins e ali que vão passar boa parte do tempo. Eles precisam ser limpos, mas ter a identidade da criança. Nem sempre é possível mantê-los arrumados do jeito que “nós desejamos”. 🙂

Ah. A refeição matinal do bebê.
Ah. A refeição matinal do bebê. O café da manhã. expectativa versus a realidade.

Ah hora da comida é uma festa. Com tantas coisas gostosas. Com atenção. Vocês se lembram dos pratos mais deliciosos que experimentamos quando fomos crianças?

Mamãe e Papai na hora de dormir.
Mamãe e Papai na hora de dormir. Expectativa versus realidade.

Papais e mamães antes de terem que dividir a cama entre si, já brigam por espaço, cobertas e pés frios. Agora temos mais um que precisa de atenção. Papais, é muito importante que exista o corte e que os pequenos durmam em seus quartos e suas camas, esse corte é importante para delimitar espaços, aprender a conviver com frustrações e tantas outras coisas que muitas linhas da Psicologia acreditam ser importantes para formamos adultos mais estáveis e centrados. Uma vez ou outra ok, sempre, não, ok?

Tempo livre para papai e mamãe namorarem
Tempo livre para papai e mamãe namorarem. Expectativa versus realidade.

Manter o relacionamento é importante. Mamães tendem por uma série de fatores emocionais e fisiológicos se dedicarem muito aos seus pequenos. Aqui vão duas dicas: mamães, vocês sabendo disso, precisam sim “separar-se” um pouco deles e conviver com seus parceiros. Ter tempo para vocês e lidar com isso. Papais, vocês devem participar. Devem dar espaço e devem sim, se aproximar mais da sua parceira/companheira. Todos ganham com momentos como esse!

Veja também outros posts sobre expectativa e realidade:

Você vai gostar de ler também:

família de 2 pais

Família êh, família ah!

1 min de leitura

Hoje é o dia da família e nós do Psico.Online que defendemos toda e qualquer forma de amor, vamos atualizar algumas informações.

A mudança de definição de família ainda não foi aprovada no Estatuto, mas algumas pessoas já começaram a troca justa, como é o caso do dicionário Houaiss, vejamos:

“Família: Aqueles que convivem e possuem laços afetivos, independente de gênero ou estrutura, podendo ser só mãe, só pai, duas mães, dois pais ou mãe e pai”. Não é pra morrer de amor?

(mais…)

Você vai gostar de ler também:

amigos fazendo selfie

Amigos (uma família escolhida)

2 min de leitura

Sobre as amigos

Dia desses me deparei com um dado muito curioso: tenho amizades de mais de 20 anos! UOW! Engraçado que em nenhum momento pensei “estou velha”, mas sim, que maravilhoso é ver a vida correr e muita coisa acontecer, eu e meus amigos não sermos mais os mesmos e nestes anos mudarmos muitas vezes, de endereço, de religião de relacionamentos e a amizade ainda está aqui 😀amigos duas crianças de mãos dadas

Presente da vida são essas pessoas que conhecemos na rua, no trabalho, na festa , no curso, na escola, na faculdade e que nos escolhem para permanecer na vida delas.

Das Mudanças: antes você era o chefe , agora você é o subalterno e a amizade continua, ontem ela era namorada do seu colega de trabalho, eles terminaram e a amizade de vocês continua. A amizade permanece porque, apesar das condições não serem mais as mesmas, as afinidades que fizeram de vocês amigos, essas permanecem.

Conservando as amizades: Para se obter esse resultado enriquecedor na sua vida, você precisa aprender algumas regrinhas:

  • Separar:  o seu amigo terminou um relacionamento com a  sua amiga, isso não inclui você. Pense, se eles se casassem, você não seria convidado para a lua de mel, conserve uma relação saudável com os dois e para não se sentir um traidor basta jamais denegrir um para o outro;
  • Definir: definir de acordo com a relação de amizade que vocês construíram, o grau de sinceridade dessa relação, pois amigo que é amigo sabe até onde pode ser sincero sem ferir o outro;
  • Respeito é bom e gentileza também : respeite todos os participantes da sua teia de amizades, independente do seu rankeamento. Todos sabem que estão rankeados  pelo outro de alguma forma, mas você não precisa demonstrar isso sendo muito mais atencioso com um do que com outro (em rede social por exemplo, é muito desagradável se derreter com o comentário de uns e ignorar a gentileza do comentário de outros);
  • Alimentando a fraternidade: amizade, fraternidade, lealdade, são como plantinhas no jardim da sua vida, se você plantá-las, mas não regá-las e adubá-las, elas não vão durar, afinal algo tão belo como uma amizade, não pode ser tratado como mato em um terreno abandonado;

Seja amigo dos seuamigos se abraçandos amigos e dos amigos deles e dos amigos dos amigos deles, você só tem a ganhar. Aposte nos relacionamentos duradouros com seus amigos, não os perca de vista, não os perca por besteiras ou simples falta de atenção.

Amigos são a família que te escolheu e isso é algo muito precioso. Viva a amizade!

                                                                                                Todo dia deveria ser dia do amigo

Rosemeri Martins – estudante de Psicologia

Você vai gostar de ler também:

cena de amor casal sentado na cama e cantando juntos

Amor: Sobre o ele/a e suas sutilezas

2 min de leitura
prova de amor marido cobrindo a esposa que dorme
Quando a gente ama, é claro que a gente cuida. O amor é feito disso: cuidado.

Falamos bastante sobre amor neste blog, acho que porque é um dos sentimentos mais sublimes, que acalenta a alma e faz o coração querer bater. Daí hoje, decidimos ao invés de escrever ou falar sobre ele, compartilhar esses desenhos lindos e cheios de inspirações do artista Puung, um coreano que conseguiu captar a sensibilidade e detalhes que representam uma relação amorosa. Qual o seu predileto, conta pra gente nos comentários?

(mais…)

Você vai gostar de ler também:

Pais e filhas uma relação de amor

0 min de leitura

Sobre pais e filhas: Quando estamos na faculdade de Psicologia, principalmente nas aulas de Psicanálise, ouvimos tanto do relacionamento entre pais e filhos que, em dado momento, quase que respiramos essa vida mesmo não sendo pais e, de alguma maneira, passamos a “empatizar” com os nossos e entender o significado da música do Renato Russo: “são crianças como você, o que você vai ser, quando crescer”.

Percebemos que a via, antes de mão única, passa a ter tantas idas e vindas. Notamos, pela teoria, o relacionamento entre mães e filhos e pais e filhas. Estudamos casos lindos, outros um tanto quanto assustadores, mas sempre, em qualquer matéria, percebemos o quanto é importante essa convivência saudável.

A artista Soosh, representou, em aquarela, esse momento delicado. Confira:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Você vai gostar de ler também:

Um sistema complexo chamado família

1 min de leitura

Alguns estudiosos dizem que família é uma ponte que nos liga a sociedade, outros que é um sistema complexo e dinâmico, capaz de nos proporcionar ensinamentos sociais, culturais e afetivos e outros que família é simplesmente aquela que cuida, direciona. O que eu sei é que muitas  pessoas não tiveram a “sorte” da família Doriana, com uma mesa cheia de comida, compreensão, carinho e alegria, que nem mesmo tiveram pessoas que lhes ensinassem o que é o amor, mas como será que isso pode influenciar na vida adulta?

família tradicionalPessoas que não tiveram boa base familiar, provavelmente terão reflexos negativos em suas futuras relações. Pode ser que apareça um medo de se envolver, uma relação tóxica, dependente, escravizada. Pode ser que você não saiba retribuir um elogio, um carinho. Pode ser que você queira doar-se demais pra manter uma pessoa ao seu lado, pode ser que você seja absolutamente inseguro ou fantasie uma relação perfeita que nunca existirá, mas isso tudo tem cura.

Um psico pode te ajudar a resignificar as pontes afetivas, pode te ajudar a encontrar o amor próprio, sem a necessidade de existir através do olhar alheio, pode te ajudar a abrir o seu coração e conquistar a plenitude. Então, se você se identificou com alguma coisa escrita aqui, procure uma ajudinha?!

Você vai gostar de ler também:

A difícil tarefa de educar bem um filho

1 min de leitura

Quantos conselhos você já ouviu desde que descobriu que seria pai ou mãe? Quantos livros sobre infinitas técnicas de educação já te indicaram e quanto tempo você “gastou” procurando a melhor maneira de educar a sua criança?

Pois é, hoje em dia você é praticamente obrigado a aprender sobre como educar um filho, mas por vezes se esquece de amá-lo de verdade, de dentro pra fora, de ouvi-lo, de olha-lo com atenção e de simplesmente estar (de verdade) com ele. (mais…)

Você vai gostar de ler também: