Arquivo da tag: #evolução

autoconhecimento

Autoconhecimento como dever para a mudança

0 min de leitura

O autoconhecimento é a chave para todas as mudanças que a gente busca.

“a crise está dentro de nós” – Sri Prem Baba

E enquanto a gente não entender o que somos e o que precisamos melhorar em nós mesmos, não adianta reclamar do governo corrupto, da bagunça no país, do trabalho chato. É preciso conhecer-se para que a gente se relacione de maneira mais saudável, construtiva e efetiva com o externo. É preciso que haja harmonia em mim, para que eu espalhe harmonia e perceba harmonia ao meu redor.

Vale a pena assistir esse vídeo, onde o querido Sri Prem Baba diz que autoconhecimento deveria ser política pública. Nós do psico.online concordamos plenamente <3

Ps.: Se você quiser iniciar esse processo de autoconhecimento, é só enviar uma mensagem pra gente. Clica no ponto de interrogação que tá aí do seu ladinho direito 😉

meryl streep, discurso globo de ouro, evolução, diva

Meryl Streep e seu discurso arrasador

1 min de leitura

O poderoso discurso de Meryl Streep no final de semana passado, ao receber o prêmio do Globo de Ouro, nos faz admirar ainda mais sua carreira. Um discurso consagrado a valores essenciais para o ser humano, que cada vez estão mais em questão.

A arte, junto com o jornalismo, refletem a saúde mental de uma sociedade. Por isso é especialmente importante que recordemos a expressão artística em todas as suas variáveis. Que a reivindiquemos na educação e que exijamos a proteção a quem tem a responsabilidade de facilitá-la desde um âmbito público.  Continue lendo

ano novo, feliz 2017, reveillon, fogos

Feliz ano novo e que venha o próximo desafio

1 min de leitura

Hoje é o último dia útil desse que foi, para muitos, o ano mais difícil de todos os tempos. Segunda-feira acordaremos no ano novo, diante de 365 dias de oportunidades e desafios para serem encarados e se possível, vencidos.

Esse ano que em 2 dias se acaba realmente foi puxado, tivemos grandes acontecimentos, grandes desastres, grandes perdas, mas também tivemos grandes responsabilidades, grandes desafios e grandes aprendizados. E eu te proponho que ao invés de olhar para as coisas ruins que se passaram, a gente olhe para esses aprendizados todos e possa perceber o quão importantes são os desafios em nossas vidas. Continue lendo

Os 9 tipos de Inteligência Múltipla de Gardner - Psico.Online

Inteligência Múltipla – Descubra qual dos 9 tipos é predominante em você

5 min de leitura

Inteligência Múltipla é o nome dado ao estudo produzido em 1983 pela equipe do psicólogo do desenvolvimento Howard Gardner  que descreveu nove tipos de inteligência onde afirmava que o conceito de inteligência, como tradicionalmente definido em psicometria (testes de QI) não era suficiente para descrever a grande variedade de habilidades cognitivas humanas.

Esse conceito, precedia uma análise antecedente para classificação das habilidades que todo ser humano pode ter. Esses critérios eram: Continue lendo

generosidade, gentileza, alegria, palhaçada, delicadeza, ajuda, compartilhar

Generosidade: como ela pode mudar a sua vida

2 min de leitura

“Generosidade é uma virtude das pessoas, não dos governos”.
P.D. James

Se nos atentamos ao que escutamos ou lemos, nos convenceremos de que estamos rodeados por egoísmo e desconsideração.

Ninguém se preocupa com ninguém. Merecemos estar onde estamos, graças à nossa pouca capacidade de compartilhar.

Mas o certo parece ser o contrário. Sentir-se bem fazendo algo ao outro, mais do que em benefício próprio, parece ser uma resposta universal, independente de vivermos num país pobre ou rico. Ao menos é o que aponta uma pesquisa publicada pela Associação Americana de Psicologia (APA).

A autora da pesquisa, Lara Aknin, da Universidade Simon Fraser, no Canadá, sugere que “a recompensa psicológica que se experimenta ao ajudar os outros, pode estar fortemente enraizada na natureza humana, emergindo em contextos culturais e econômicos dos mais diversos tipos”.

Estes resultados proporcionam a primeira evidência empírica do efeito “warm glow”, ou seja, ter generosidade, pode ser um componente da psique humana.

Os autores encontraram uma relação positiva entre bem-estar pessoal e colaborar os outros, em 120 dos 136 países que participaram da pesquisa. Foram mais de 230 mil indivíduos participantes, com idade média de 38 anos, em todo o mundo.

A conexão entre bem-estar e colaborar com os outros, teve resultado significativo em todas as regiões estudadas e não teve os resultados afetados por fatores como apoio social, liberdade ou corrupção percebida, comentam os autores.

E se cultivássemos a generosidade?

Estes resultados foram similares aos obtidos em várias pesquisas realizadas pelo mesmo grupo de pesquisadores. Em uma das análises, compararam as respostas de indivíduos em universidades do Canadá e da Uganda. Em ambos países, quando os estudantes lembravam ter gastado dinheiro com outras pessoas se sentiam mais felizes do que quando recordavam o que haviam comprado para si.

Os autores concluem que, desde uma perspectiva evolutiva, os benefícios emocionais que as pessoas experimentam quando são generosas, atuam como um mecanismo de sobrevivência da espécie à longo prazo.

Não será essa a mensagem que estamos recebendo desses tempos tão confusos? Será que não é a hora de lembrarmos a importância da sobrevivência da espécie?

Quem sabe seja o momento de ressignificar nossos valores e considerar que, talvez, as pessoas pouco generosas (econômica, afetiva ou emocionalmente) sejam as menos indicadas para conduzir os povos ou a sociedade em momentos de mudança social.

Quem sabe a generosidade que há em nós, se cultivada, possa salvar a humanidade de si mesma. É para refletirmos 😉

Referência:
https://consumer.healthday.com/mental-health-information-25/behavior-health-news-56/warm-glow-from-spending-on-others-is-universal-study-finds-673791.html

Retirado de Cámbiate (traduzido e adaptado)

energia, dalai lama, sugador de energia, sugadores

Quem ou o que rouba a sua energia?

1 min de leitura

Quantas vezes nos sentimos sugados, sem energia, como se um trator nos atropelasse?

Pois saiba que existem algumas coisinhas que você pode fazer pra evitar isso. Vem ler 😉

A energia que nos move

Dalai Lama compartilha alguns fragmentos de sua sabedoria, que são ouro se os colocamos em prática e sem dúvida, notaremos a diferença.

Continue lendo

futebol feminino, seleção brasileira de futebol, jogadoras de futebol, futebol

Futebol feminino e o que podemos aprender

1 min de leitura

Ah o futebol feminino!

Desde que as olimpíadas começaram tenho dormido menos, ficado mais nervosa e tido explosões de emoção constantes, tudo bem que bem nesse momento se junta às olimpíadas o meu processo particular de mudança de vida, mas falemos sobre os jogos e essa parte fica pra depois.

Acompanhei todos os jogos do futebol feminino brasileiro, torci, vibrei, sofri e chorei a cada vitória, a cada pênalti perdido ou acertado.

Torcia com ainda mais força por elas, pela história, pela falta de apoio e de reconhecimento que essas mulheres tem.  Continue lendo

auto-sabotagem, pessoa amarrando o cadarço, nó no cadarço

Conselhos para evitar a auto-sabotagem

2 min de leitura

Vem ler mais sobre auto-sabotagem e aprender a como não se meter nisso!

Nada te garante que ao final de um projeto você terá os resultados esperados. Mas sem dúvidas, é mais satisfatório arriscar-se, inclusive se isso acontecer você será mais feliz por não ter permanecido numa zona de conforto que te limitava.

Vincula a aprendizagem ao esforço e ao incômodo.

Essa vinculação é bastante importante, já que quando estamos evoluindo nos sentimos incomodados, desorientados, pois estamos numa zona desconhecida. Se não criamos um objetivo mais palpável, podemos desistir pelo caminho.

Por exemplo, quando um estudante passa do ensino médio à universidade, atravessa certo incômodo emocional durante as primeiras semanas. Por tudo o que a universidade representa, uma adaptação a nova etapa, novas pessoas, novo espaço físico, maior exigência acadêmica.

Conselhos para desenvolver o seu potencial

Pra evitar a auto-sabotagem é muito recomendável que você tome decisões práticas. Por exemplo, coloque num papel um roteiro à partir da definição do seu objetivo, metas para atingí-lo.

Este plano de ação deve conter os passos que você precisará percorrer para dar um salto gradual de sua situação atual ao seu estado desejado. Assuma um compromisso real com esse plano de ação.

No caminho você encontrará dificuldades, sem dúvidas. Busca meios para dissolvê-las ao invés de alimentar queixas ou desculpas que se convertam em uma forma de não fazer nada produtivo.

Pare de se comparar com os outros, porque você tem seu próprio caminho e seu próprio ritmo. Perceba, o importante não é chegar em primeiro, mas sim, chegar. Busca meios que somem valor a sua capacidade de desenvolvimento pessoal: a formação, a leitura, uma supervisão, um processo de coaching…

Utiliza as metáforas para se inspirar na arte da vida e da perseverança. Por exemplo, visualize a imagem de uma bicicleta para compreender que a essência da vida está em seguir pedalando.

A televisão atual oferece muitos modelos de “êxito” baseados no imediatismo, em muitos casos, sem esforço. Busque lutar por uma base sólida para sua vida. Trabalhe para chegar a ser quem você realmente quer em todos os âmbitos, avance passo à passo.

Leia mais sobre auto-sabotagem aqui

Com humildade para saber que o caminho pode ser mais ou menos fácil em certos momentos e lembre-se de que tudo o que você semear em seu próprio benefício se converterá em suporte de força e resiliência.

Busca valores que sejam uma referência, uma inspiração sólida para sua trajetória. Por exemplo, um esportista de elite que, apesar de suas condições físicas, não teria chegado tão longe se não fosse por seus esforços e persistência. Mas busca também referências ao seu redor, as mais próximas possíveis.

Você tem um talento

Identifica o que te faz diferente e luta pra conseguir. Você tem um talento, só precisa se conectar com esse dom. Visualiza e tenha fé em você.

Não existem dons mais valiosos que outros, como podemos verificar por meio do desenvolvimento das múltiplas inteligências. Toma as decisões que te conectem com a sua paixão.

E por fim, evita a auto-sabotagem de viver pensando em agradar os outros se isso significar dar as costas para você mesmo.

Retirado de Psicoblog (traduzido e adaptado)

bloqueio emocional, pessoa sentada na ponte, ponte

Bloqueio emocional: o que é isso?

1 min de leitura

O que é um bloqueio emocional, você sabe?

O bloqueio emocional é uma barreira psicológica que colocamos para nós mesmos e que nos impede de perceber com clareza alguns aspectos da vida.

Descobrindo e controlando os bloqueios emocionais

Os bloqueios emocionais tem a capacidade de dificultar nosso avanço para atingir os objetivos de nossa vida. Podemos ser capazes de desenvolver nossa vida normalmente, mas pode ser que em algum momento padeceremos de um bloqueio.

Algumas pessoas, por exemplo, estão altamente capacitadas no campo profissional, mas no momento de estabelecerem relações sentimentais estáveis, se atrapalham. Continue lendo

vontade, desejo, escalada, homem escalando, conquista

Vontade, desejo e a evolução

1 min de leitura

Sabia que por meio da vontade e do desejo podemos atingir a evolução? Pois é, vem entender.

A vontade é uma força interior, que nos impulsiona a buscar aquilo que queremos. É o que nos guia rumo ao que nos propomos a fazer, na vida, no mundo, no universo e ela é a base para que consigamos evoluir nesse plano.

Todo o mundo nasce com um bocado de vontade interior, mas ao crescermos é que isso vai se tornar bom ou ruim na nossa vida. Se direcionamos essas vontades para o bem, maravilha, vamos evoluir, mas se direcionamos para o mal, hummm #%&*@#$

Por isso, tenha cuidado, a vontade precisa ser bem direcionada e definida, se você a usa e a projeta corretamente, ela tende a crescer e a ganhar ramos cada vez mais longos, então cuidado com o que você deseja e para onde deseja.

A difícil arte da ação

A vontade boa deve vir do coração e tende a transbordar e a provocar grandes mudanças em você e ao seu redor. Quanto mais pessoas e coisas ela atinge, mais forte e mais poderosa fica. Direcione esse desejo e comece a transformação!

A falta de vontade pode provocar dor, sofrimento, apatia, quem não tem vontades, principalmente vontade de viver, precisa de ajuda. Se você estiver nesse time ou conhecer alguém que esteja, busque ajuda. Um psicólogo, psicóloga, terapeuta, psico.online, pode te ajudar com isso.

Da vontade nascem as melhores coisas e as melhores pessoas.

Conta pra gente, quais tem sido as suas vontades? E o que você tem feito para realizá-las? Há algo em que podemos ajudar?

Atenção:

Em breve faremos o lançamento do site e gostaríamos muito de avisar você visitante. O site Psico.Online será uma plataforma inovadora para encontrar e falar com um psico. Preencha seus dados abaixo e continue prestigiando nossos posts! 🙂

Perdoar, eita como é difícil

1 min de leitura

Você sabia que perdoar é um fenômeno que acontece no nível da alma? Pois é!
O perdão nasce da compreensão, ou seja, se você diz que perdoou, mas o seu coração ainda não está totalmente aberto, esquece, saiba que você tá caindo numa grande armadilha.

O perdão tem etapas, você começa buscando um entendimento intelectual da situação, até que aos poucos você vai se aproximando da compreensão do fenômeno. Aí você abre mão da mágoa, dos pensamentos ruins, dos planos de vingança e como numa mágica, o seu coração se abre. Uma dica, estar indiferente a alguém NÃO significa perdão!

O perdão não precisa de palavras para acontecer, mas se você achar necessário, pode fazer um ritual, ter uma conversa, isso às vezes é uma libertação pra você e pra quem ouve, mas nem sempre o outro estará aberto a te ouvir. Então, se for o caso, você vai precisar resolver isso sozinho, aí dentro de você. Geralmente, conversar com alguém sobre isso ajuda muito, um psicólogo, por exemplo, é uma ótima pedida!

E só pra constar, o perdão ilumina a gratidão, a gratidão ilumina o amor, o amor ilumina a liberdade e a liberdade abre os portais da vida plena. Que tal perdoar hoje?

Baseado no livro “Siga o Mestre – Ed. Clarear”