Arquivo da tag: #bemestar

Respeito é aquilo que nós merecemos. Mas você sabe o que é respeito?

2 min de leitura

“Respeito é bom e eu gosto” e está na boca de todo mundo. Exige-se! Mas do que é que gostamos tanto? Você já pensou alguma vez ” a respeito”?

Há poucos dias fizemos uma postagem no Instagram (@psico.online) que afirmava que “Custa R$ 0 tratar os outros com respeito” e logo embaixo fizemos uma pergunta: o que é respeito?

Esperamos algumas opiniões que sugeriram que é tratar aos outros como gostaríamos de ser tratados ou talvez não fazer aos outros aquilo que não gostaríamos que fizessem conosco. Tem um pouco de diferença nessas frases, mas vamos deixar para outro post. Mas, embora envolva o assunto, não achamos que seja essa a melhor definição para o assunto.

Continue lendo

felicidade eudaimónica e hedónica, bem estar, criança sorrindo, criança feliz

Felicidade eudaimónica e hedónica: já ouviu falar?

1 min de leitura

Você sabia que a gente tem dois tipos de felicidade e que elas levam nomes bastante estranhos, mas carregados de significados importantíssimos? Sabia que estar feliz não é bom só porque você se sente melhor, mas porque diminui a predisposição para transtornos como a depressão e o estresse, por exemplo? Pois é, estar feliz é bom e a gente precisa entender como aproveitar isso, mas hoje vamos focar em diferenciar esses dois tipos de felicidades. Continue lendo

Eeyore e o mundo sem cores da depressão

Mundo sem cores, falando de depressão

2 min de leitura

Um mundo sem cores: um quarto escuro, uma manhã cinzenta de Domingo, um resfriado muito forte que não se sente gosto de nada que se come, dor no corpo e uma televisão com muito chiado e sem conseguir entender ou ver nada que está sendo transmitido, existem dias que é melhor nem levantar – prazer, eu sou a depressão. Continue lendo

tudo parece ir mal, borboletas no pote, liberdade

Quando tudo parece ir mal

1 min de leitura

Sabe aqueles períodos em que tudo parece ir mal? Acredito que pelo menos uma vez na vida todos nós já passamos por isso, não?!

Semana passada recebemos um texto na Caixa de Segredos, de alguém que me parece estar nesse momento, autoestima vai mal, relações familiares vão mal, relações sociais parecem estranhas, vida amorosa está muito confusa… ufa! Falando assim, parece que se instalou um caos e não tem como sair dele. Continue lendo

Professor, você é gay?

Professor, você é gay? ou Sou macho pra c****….

3 min de leitura

Professor, você é gay? Foi a pergunta que desencadeou a viralização do post do professor Vitor Fernandes no Facebook com quase 30 mil compartilhamentos e mais de 6,4 mil comentários.

O assunto já foi debatido em vários veículos de comunicação e fez muita gente pensar, questionar, apoiar e criticar a postura do professor e sua argumentação. Na grande maioria o apoio foi incondicional, dado que a resposta mostrou o quanto nossa sociedade está distante de entender o próximo.

Sua turma é composta de adolescentes, que tem a mente formada a partir do contexto social e familiar e que  embora questionem; ainda replicam muito do ambiente que os cerca, seja ele machista, feminista, hetero, homofóbico, liberal, de esquerda ou de direita.

Em todos os sentidos, dessa discussão a educação, sexual, social, com ou sem partido (isso é outro tópico para outra discussão) é a solução primária para iniciar um futuro melhor e inclusivo onde as pessoas não repliquem, mas pensem com o mínimo de pré-conceito.

Mas por que tocamos nesse assunto?

Continue lendo

Você tem a obrigação, o direito e a responsabilidade de acreditar em você

2 min de leitura

Parece muito fácil essa obrigação. Aliás, algumas pessoas no mundo nascem com a crença nelas imaculada, mas, em muitos casos é só fachada.

Entenda que obrigação, direito e responsabilidade são um tripé que precisa estar equilibrado para uma vida saudável.

Todo mundo tem dúvidas se está agindo ou não corretamente. Não há um manual que ensine ou guie nossos caminhos. Nossa vida, e a de todo mundo, é repleta de conhecimentos particulares, que acabam pautando nossas decisões.

Continue lendo

energia, dalai lama, sugador de energia, sugadores

Quem ou o que rouba a sua energia?

1 min de leitura

Quantas vezes nos sentimos sugados, sem energia, como se um trator nos atropelasse?

Pois saiba que existem algumas coisinhas que você pode fazer pra evitar isso. Vem ler 😉

A energia que nos move

Dalai Lama compartilha alguns fragmentos de sua sabedoria, que são ouro se os colocamos em prática e sem dúvida, notaremos a diferença.

Continue lendo

bloqueio emocional, pessoa sentada na ponte, ponte

Bloqueio emocional: o que é isso?

1 min de leitura

O que é um bloqueio emocional, você sabe?

O bloqueio emocional é uma barreira psicológica que colocamos para nós mesmos e que nos impede de perceber com clareza alguns aspectos da vida.

Descobrindo e controlando os bloqueios emocionais

Os bloqueios emocionais tem a capacidade de dificultar nosso avanço para atingir os objetivos de nossa vida. Podemos ser capazes de desenvolver nossa vida normalmente, mas pode ser que em algum momento padeceremos de um bloqueio.

Algumas pessoas, por exemplo, estão altamente capacitadas no campo profissional, mas no momento de estabelecerem relações sentimentais estáveis, se atrapalham. Continue lendo

plenitude pessoa completa feliz conectada

Plenitude ou sobre estar conectado

1 min de leitura

Buscamos a plenitude o tempo todo, seja no trabalho, na família, na sociedade, mas nem sempre nos damos conta de que facilmente nos perdemos e desconectamos de nós mesmos.

Estar presente, viver cada segundo, aproveitar as circunstâncias e perceber os sinais fará com que você se sinta mais feliz e com certeza, mais saudável.

A plenitude pode ser conquistada facilmente, desde que você esteja sempre atento

Um bom começo para conectar-se consigo é perguntar: quem sou eu? Certamente as primeiras respostas serão sobre o que você gostaria de ser, acredita que é, mas no fundo nem chega perto. Nos enganamos à respeito de nós mesmos, lançamos ao mundo uma máscara, um personagem e vivemos cansados por ter que dar vida à algo que esconde o nosso verdadeiro eu o tempo todo.

Agora aquiete sua mente, observe a si e perceba o quão afastado da realidade se encontra, avalie seus pensamentos, seus medos, seus sentimentos, suas emoções. Vá aos poucos tirando as camadas de lama que encobrem o seu coração e a sua verdadeira essência. Aproxime-se da verdade, contemple o seu mais puro eu interior e quando começar a compreender e tiver firmeza no que está sentindo, terá realmente chegado ao núcleo, à sua essência mais plena, verdadeira e conectada com o Universo.

Vamos dar mais uma ajuda e compartilhar um link que mostra alguns sinais de que nos desconectamos de nós mesmos, coisas simples, mas que fazem muito sentido, como por exemplo, trocar de humor o tempo todo, brigar sem motivo, sentir-se acelerado, desmotivado e ficar doente com mais facilidade.

E ainda, se você acredita estar longe da plenitude e precisa de ajuda, um psicólogo terá muito prazer em ajudá-lo e nós do psico.online podemos te indicar ótimos profissionais 😉

Em breve teremos novidades sobre atendimentos que facilitarão o seu encontro e a sua conexão consigo, fique atento!