aprovação, busca por aprovação, pintinhos diferentes

A constante (e angustiante) busca por aprovação

4 min de leitura

Semana passada parece que caiu na minha cabeça uma tempestade de situações que me fizeram repensar a tal da busca por aprovação. Começou na segunda e foi terminar só na sexta, depois de um exaustivo dia, que culminou numa enxaqueca daquelas dignas de medicação na veia.

Vou compartilhar algumas lições dessa semana com você 😉

Minha semana seria bastante cansativa porque além de pacientes, casa e estudos pra dar conta, havia um simpósio logo ali, no final da semana, onde eu apresentaria meu primeiro trabalho em outra língua e como não bastasse, eu carregava um sentimento de precisar fazer tudo ser impecável, de não poder falhar, de ser a melhor (sinto isso constantemente e acho que as vezes é bom, mas as vezes a gente perde a mão).

Passei a semana dormindo no máximo 5 horas por noite, afinal era muita coisa pra fazer e eu precisava dar conta, com 100% de eficácia comprovada. (mais…)

Você vai gostar de ler também:

psicoonline autoajuda auto ajuda auto-ajuda

E a autoajuda, será que funciona?

3 min de leitura

A autoajuda realmente ajuda? Você já se sentiu encurralado em alguma situação e buscou um livro ou material para ajudar? Diante de tantas ofertas teve dúvidas na hora de escolher este material?

Hoje em dia encontramos uma grande quantidade de opções dos denominados “Autoajuda”, as ofertas são muitas e são vários os canais que disponibilizam estas informações. Não estão apenas nos livros, podem ser apresentadas para o público de diversas formas, tais como: internet (sites e blogs), vídeos, revistas, áudios, artigos, livros e incluo também materiais de apoio entregues em alguns workshops, palestras e vivências. Os temas costumam ser separados por público alvo (de acordo com a idade, sexo, profissão, grau de escolaridade, interesses etc.) ou temas ou mais generalistas.

Funciona ou não funciona a autoajuda afinal?

(mais…)

Você vai gostar de ler também:

autocrítica no psicoonline

3 dicas para lidar com a autocrítica ou quando o vilão somos nós

4 min de leitura

Autocrítica: Lembra daqueles desenhos onde havia um anjinho e um diabinho nos ombros de uma pessoa, que ficavam opinando sobre o que ela deveria fazer? Pois é mais ou menos o que acontece em nossa cabeça quando nos auto avaliamos: o anjinho pode ser encarado como uma avaliação construtiva que nos impulsiona à mudança, já o diabinho é aquela avaliação destrutiva, que te diminui e não dá espaço para mudanças, quando damos atenção a esse diabinho ele domina o espaço e podemos ter sérios problemas!

3 dicas para lidar com a autocrítica

Você já se pegou lembrando alguma atitude e analisando-a se perguntou: será que foi o certo a ser feito? Depois de pensar e repensar questionou: será que foi boa ou ruim e, se deveria repeti-las ou não.

Esse processo chama-se autocrítica e é de extrema importância para nossas vidas, afinal é ela, que nos ajuda a conviver melhor em sociedade, alcançar nossas metas e aprimorar nossas competências.

Embora esse processo tão importante possa se tornar um problema e nos paralisar, isso só acontece quando passamos a nos julgar com crueldade e nos sentimos culpados pelos erros cometidos (que nem sempre são graves) como se fossem imperdoáveis.

Essa atitude, excessivamente autocrítica, costuma nos desestimular a concluir algum desejo ou sonho, ao mesmo tempo que nos cobra de alcançá-lo, o que aumenta ainda mais a angústia desse processo.

Não percebemos que estamos exagerando e continuamos nesse ciclo, achando sempre que podíamos ter sido melhores ou ter feito diferente, aumentando dia-após-dia nossa cobrança e sofrimento, por isso é muito importante identificar esse problema.

Conhecendo o que a autocrítica pode fazer, podemos mudar isso, fazendo com que ela se torne algo saudável, vamos conferir?

(mais…)

Você vai gostar de ler também:

homenagem, selfie, amor próprio, coração, autoestima

Uma homenagem a alguém muito especial: eu

2 min de leitura

A minha felicidade consiste em que sei apreciar o que tenho e não desejo demasiado o que não tenho – Leon Tolstoi

É chegado o momento do ano em que nos colocamos à fazer planos. É como se esse fosse o momento das mudanças por excelência. Queremos deixar para trás algumas coisas e adentrar o ano com projetos novos. Ainda que, em muitas ocasiões, isso nos leve a uma lista interminável e impossível de ser realizada, o que geralmente nos causa certas frustrações. (mais…)

Você vai gostar de ler também:

autoestima, menina feliz, menina pulando,

Autoestima: 10 dicas para melhorar a sua

2 min de leitura

Como aumentar a minha autoestima?

Muitas pessoas se perguntam se existe alguma maneira de melhorar a própria autoestima. Obviamente não existe uma poção mágica, mas se tomamos consciência de que podemos melhorar, com dedicação e constância, seguindo alguns conselhos, sim é possível. (mais…)

Você vai gostar de ler também:

autoestima, amor próprio

Autoestima, mas afinal o que é isso?

2 min de leitura

A baixa autoestima é um dos problemas mais frequentes dentro do consultório. Ela faz com que a pessoa tenha uma percepção negativa de si e é um fator que pode limitar muito a vida diária. O certo é que em muitas ocasiões, os pacientes não sabem identificar que sofrem de autoestima baixa. Por quê?

Porque a baixa autoestima leva à um outro problema, que supostamente é a causa pela qual alguém procura a ajuda do psicólogo. Sintomas de ansiedade, de depressão, problemas de conduta, estresse, vícios, etc.

É fácil aumentar a autoestima, você só precisa de um pouco de empenho.

(mais…)

Você vai gostar de ler também:

Você tem a obrigação, o direito e a responsabilidade de acreditar em você

2 min de leitura

Parece muito fácil essa obrigação. Aliás, algumas pessoas no mundo nascem com a crença nelas imaculada, mas, em muitos casos é só fachada.

Entenda que obrigação, direito e responsabilidade são um tripé que precisa estar equilibrado para uma vida saudável.

Todo mundo tem dúvidas se está agindo ou não corretamente. Não há um manual que ensine ou guie nossos caminhos. Nossa vida, e a de todo mundo, é repleta de conhecimentos particulares, que acabam pautando nossas decisões.

(mais…)

Você vai gostar de ler também:

amor próprio, auto respeito, valorizar, amor, amar-se

Amor próprio ou quando me amei de verdade

1 min de leitura

Vamos falar um pouquinho sobre amor próprio? Vem com a gente!

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar correto e no momento exato. E, então, pude relaxar. Hoje sei que isso tem um nome, AUTOESTIMA.

Quando me amei de verdade pude perceber que minha angústia e meu sofrimento emocional não passam de sinais de que estou indo contra minhas próprias verdades. Hoje sei que isso é, AUTENTICIDADE. (mais…)

Você vai gostar de ler também:

verdade, mentira, água agitada, agitar a água

Verdade, mentira e o agitar de águas

3 min de leitura

Verdade, mentira, pequenos e grandes detalhes…

Existem coisas que você gosta de ouvir e outras que não. As mentiras se estiverem bem vestidas, gostamos de ouvir, as verdades nuas nos custam mais, é como se agitassem a nossa água.

Por exemplo, uma mulher diz à outra: “O que você faz para ter essa beleza? Você está tão conservada, tão bonita e teus olhos estão tão cheios de brilho.”

Esta frase não parece dolorosa, ainda que a beleza de tal mulher poderia, seguramente, ser discutida.  (mais…)

Você vai gostar de ler também:

autoestima, mulher negra, mulher feliz, mulher sorrindo, sorriso

Autoestima

2 min de leitura

O papel da autoestima

Provavelmente o juízo de valor mais importante e que afeta diretamente o desenvolvimento emocional de alguém, é o juízo que uma pessoa faz de si mesma e por isso é tão importante que haja um equilíbrio nessa questão

A deterioração da autoestima, sem dúvidas, não acontece da noite para o dia, por um evento traumático, como uma separação, mas sim, vai acontecendo por uma série de pensamentos e crenças irracionais ao longo da vida e que não estão em sintonia com o que a pessoa é na realidade. (mais…)

Você vai gostar de ler também: