frustrated black woman sitting in room

O que fazer quando algo me incomoda? 4 dicas.

Tem hora que a gente começa a revisar um monte de coisas na nossa vida, não é mesmo? Revisamos aquilo que não fizemos, aquilo que fizemos e não ficou tão bom, aquilo que fizemos e queremos manter igual, mas o que fazer quando algo me incomoda tanto e não sei explicar?

Várias coisas podem ser incômodas: pessoas, hábitos, circunstâncias, lugares.

O primeiro passo é fazer uma avaliação daquilo que parece não estar bom, pode ser que surja mais de uma coisa, não tem problema, se for preciso faça uma lista.

Pode até colocar em ordem de desconforto.

Uma vez pronta essa revisão, reflita um pouco sobre os motivos que te levam a não gostar disso ou daquilo, motivos que te dão insatisfação, desconforto. Nem sempre conseguimos encontrar esses motivos sem a ajuda de um psicólogo ou psicóloga, mas tente.

Encontrados os motivos é hora de pensar sobre como agir para melhorar a situação e aqui vão algumas dicas:

Para hábitos que possam parecer errados, procure mudar, aos poucos.

Nesse momento precisamos explicar, o que são hábitos? Bem, os hábitos são aqueles comportamentos que vestimos e achamos que são naturais.

Não são necessariamente assim, eles podem ter várias origens e nessa hora, a lista pode facilitar na identificação. Se você nota por exemplo, que tem o hábito de acordar tarde e que por isso o seu dia não rende, é importante buscar, o que te faz acordar tarde? O que está sob esse hábito?

Proponha-se a mudar um pouquinho por dia, assim você não desanima.

Já para pessoas que te incomodam, se você encontrou o motivo, veja se consegue lidar com ele, mas duas opções costumam ajudar bastante a melhorar relações desagradáveis.

Uma delas é conversar com a pessoa, a comunicação ajuda muito, e as vezes ela nem sabe que te incomoda e uma conversa pode resolver tudo.

A outra opção é um pouco mais drástica, costuma ser usada quando percebemos relações bastante tóxicas e que não valem muito a pena o esforço de uma conversa, afaste-se.

Por vezes nos mantemos ao lado de pessoas que não nos fazem bem e que nem ao menos nos acrescentam algo, não vale a pena esse esforço.

Esteja ao lado de pessoas que somam, que retribuem gentilezas.

Para circunstâncias desagradáveis, bem, valem as dicas anteriores.

Se durante o processo de verificação, de quando algo que me incomoda, percebemos, por exemplo, que são as circunstâncias, podemos adaptar as dicas anteriores.

Podemos pegar esse algo que me incomoda e tentar transformá-lo de maneira diferente ou cuidar disso “pelas beiradas”.

Vamos ao exemplo: a própria pandemia, é uma circunstância desagradavel, que não temos como mudá-la diretamente pois não está diretamente ligada as nossas ações, mas isso não quer dizer que não podemos fazer coisas para torná-la menos desagradável e efetuar mudanças de longo prazo.

Usar mascara para minimizar contágio. Lavar as mãos. Seguir os protocolos de saúde. Organizar a nossa rotina de acordo com todas as orientações que são dadas. Essa adaptação a situação é algo do ser humano, é como chamamos a resiliência.

Conversar com quem esteja envolvido, falar o que você pensa, repensar sua participação, sua ajuda e seu envolvimento.

Precisamos aprender a falar, a expressar nossas angústias e a nos defender de situações negativas e que nos fazem tão mal.

Outra dica: lembre-se sempre de que, quando a boca não fala, o corpo adoece.

Que comecemos a faxina e possamos ter novidades nas descobertas de algo que nos incomoda.

Algo me incomoda

Post original: 26/12/2016 – Revisado em 07 de agosto de 2021

Clique para votar
[Total: 2 Average: 5]

CRP 6/101759 - Graduada pela Universidade São Francisco, mestre em Ciências da Saúde pela Coordenadoria de Controle de Doenças do Estado de São Paulo. Psicóloga clínica desde 2010, busca constante aprimoramento na abordagem analítica. Estudou Cinesiologia no Instituto Sedes Sapientiae, frequentou grupos de estudo e supervisão teórica na Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica de São Paulo e ainda, integrou o grupo de Neurociências do Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Atualmente é doutoranda em Psicologia Social, pela Universidad Complutense de Madrid.

4 comentários em “O que fazer quando algo me incomoda? 4 dicas.”

  1. Olá! Com relação a alguém que vc tanto ama , porque devemos falar algo que te incomoda nele , se devemos aceitar eles do jeito que são? Como suas atitudes , a maneira de como lida com os outros relacionamentos. Se eles sabem o que te deixa feliz . E outra coisa , só quero que quem eu amo seja feliz do jeito que ela souber melhor , afinal ela sabe o que faz, não? E se algo que faz feliz a ela me incomoda , porque eu iria estragar isso dela , se o que eu quero é a felicidade dela apesar da situação? Ou seja, eu tenho que me acostumar com a situação? Ignorar quando ela falar com alguém que eu n gosto? Tentar n ficar estranho quando isso acontecer? Obrigadoo !! 🙂

    1. Italo, não se trata de tentar mudar alguém, mas de falar o que nos incomoda e deixar que o outro reflita a respeito. Uma relação, qualquer que seja ela, deve ser baseada na sinceridade, na compreensão e na “melhoria contínua” de ambas as partes;)

Gostaríamos de escutar o que você tem a dizer.

Rolar para cima