Anúncio

A Psicoterapia gerando transformações

5
(2)
2 min de leitura · 
A psicoterapia tem, cada vez mais, deixado de ser estigmatizada como uma terapia voltada para os “loucos”. Fazer psicoterapia trata-se muito mais de um ato de coragem rumo ao autoconhecimento.
É o autoconhecimento que nos ajuda a lidar com as emoções e pode nos auxiliar no gerenciamento delas. Ou seja, nos seus efeitos sobre nós mesmos e sobre os outros.
Quem nunca se sentiu angustiado, ansioso, confuso, culpado ou perdido?
Nossa vida é repleta de desafios, situações estressantes e problemas que recaem sobre nossos ombros. Tudo isso, gera muita ansiedade, compulsões e desorganiza nosso equilíbrio pessoal.
E, nestas situações, o efeito dominó pode acontecer! Fazendo com que tomemos decisões erradas que nos levam a sofrer e consumir nossa energia ainda mais.
No dia a dia ocorrem muitos conflitos nos relacionamentos, frustrações com a vida profissional, familiar e até mesmo grandes perdas.
Trabalhar tantas emoções sozinho, sem apoio profissional pode se tonar um desafio intransponível, repleto de prejuízos em nossa saúde e bem-estar, com possíveis alterações de sono, problemas de pele e gástricos.
Muitas vezes, deixamos de lado ou até mesmo ignoramos a necessidade de terapia. Mas para lidar com tantas emoções e decisões, precisamos ter muito claro nosso propósito entender nosso modo de funcionamento e como nos relacionamos com o mundo.
Ao sentir que nossa vida está estagnada, sem prazer em realizar nossas tarefas ou sentindo que as coisas não fazem mais sentido. Podemos estar entrando num quadro depressivo, que exige cuidados antes que se agrave.

A importância dos sentimentos

Não podemos menosprezar os sentimentos e como eles nos afetam. Nossa mente é complexa e requer sempre reflexão e análise, quebrando desta forma os ciclos de autossabotagem e barreiras impostas por nós mesmos.
É durante a psicoterapia, que o psicólogo vai te auxiliar e conduzir você a um processo de autoconhecimento.
Como você funciona, como se relaciona com o mundo, quais emoções são destrutivas, como você mesmo gera determinadas situações e como mudar tudo isso… de dentro para fora.
O psicólogo é um profissional isento, neutro e fora do seu contexto de convivência. Está apoiado por uma formação técnica e científica que estuda o funcionamento do ser humano para te ajudar nesse processo, que é longo e gratificante.
A psicoterapia é um processo que tem ajudado, não apenas pessoas individualmente, mas também casais, alunos, professores, empresas e até mesmo times de futebol a se superarem.
Fazer psicoterapia tratá-se de um investimento capaz de transformar as pessoas para a vida toda, superando-as nos mais diversos desafios.
E você, está pronto para a transformação?

O quanto este post foi útil para você?

Andre Chalegre

Formado em Psicologia desde 2009 pela Universidade São Judas Tadeu (USJT), pós-graduado em Gestão de Pessoas pela FGV, especializado em Educação Corporativa pelo SENAC e certificado em Coaching Integrado e Mentoring pelo Instituto Holos, reconhecido internacionalmente pelo ICF – International Coach Federation, no programa CCE – Continuing Coaching Education. Atuei na Intermédica com orientação preventiva de doenças crônicas com comorbidades, trabalhei também em escolas públicas voltadas ao ensino de alunos surdos (Libras). Meu propósito de vida é ajudar pessoas a se superarem, fiz disso minha profissão e meu desafio pessoal. Meu trabalho é customizado, ou seja, cada caso é um caso e cada indivíduo é tratado de forma única e singular. Adoto a terapia cognitivo comportamental como base, que é uma das abordagens psicológicas com alto grau de eficácia e reconhecimento científico.

Leave a Comment
Share
Published by
Andre Chalegre

Recent Posts

Informação e imaginação na nossa ansiedade

Informação e imaginação tem ações concretas na nossa ansiedade? O quanto nossas informações e o…

1 mês ago

Vão se os anéis, ficam-se os dedos

Cá com meus botões, pensando, enquanto procuro uma entrevista de Noam Chomsky, onde ele fala…

2 meses ago

Criticar o outro, fala mais sobre você.

"Nós não vemos as coisas como elas são, nós as vemos como somos ", disse…

3 meses ago

Quando paramos de nos preocupar com os outros…

Quando paramos de nos preocupar com os outros, a primeira vista, idealizamos que nossa vida…

5 meses ago

Infelicidade: me apeguei a ela e agora?

Infelicidade é a palavra felicidade com o prefixo de privação ou negação. Pode ser compreendida…

6 meses ago

Masturbação Infantil: não fique na mão com o assunto.

Esses dias respondi algumas perguntas sobre Masturbação Infantil para o site bebe.com.br e, como eles…

6 meses ago

This website uses cookies.