paralympics Psico.Online Acesse agora.

Como chamar um deficiente? 1 ou 2 dicas importantes para incluir no seu dia a dia
5 (2)

Deficiente ou os deficientes, como chamar uma pessoa que tem deficiência? Pelo nome. Parece pegadinha, mas não é. Isso é tão importante que esperamos que você leia e divulgue essa post para o maior número de pessoas pois é assim que acabaremos com um preconceito que só precisa de informação para ser resolvido. Arthur tem uma ou … Continue lendo Como chamar um deficiente? 1 ou 2 dicas importantes para incluir no seu dia a dia

temperamento - os tipos de temperamentos

Temperamento: conheça os 4 principais tipos
4.4 (8)

Temperamento e caráter são conceitos que muitas vezes são confundidos por causa de sua estreita relação, no entanto, são coisas diferentes. Neste texto você descobrirá o que é o temperamento, a definição de temperamento de acordo com uma das linhas da psicologia, e os tipos de temperamento que existem além, é claro, de como é … Continue lendo Temperamento: conheça os 4 principais tipos

black woman in pain on sofa

Dói demais: um texto sobre dor
5 (2)

Dói demais. É uma frase comum ouvida na clínica. Ela representa, em duas palavras, uma série de contextos, histórias, sentimentos e emoções. Dói demais representa, para aquele que a pronuncia, uma expressão resumida de eventos catastróficos combinada com uma descarga indescritível e confusa de tudo o que está no seu interior. Dói demais, representa para … Continue lendo Dói demais: um texto sobre dor

Terapia em grupo

Terapia em grupo, 2 perguntas e suas respostas: como funciona e o que se fala.
5 (2)

Terapia em grupo é um jeito de trabalhar que une pessoas com o mesmo objetivo (finalidade). Sob o olhar de um ou mais interlocutores, o grupo trabalha em busca desse objetivo, que no caso da terapia em grupo, é a terapia. Trabalhamos em grupo o tempo todo. Afinal, somo seres sociais e gregários e a … Continue lendo Terapia em grupo, 2 perguntas e suas respostas: como funciona e o que se fala.

arteterapia no psico.online - mulher segurando o pincel

3 maneiras para usar a arteterapia e lidar com os desafios que a vida impõe
5 (3)

Você já ouviu falar de arteterapia? Você nasceu para fazer artee isso pode ajudar com suas dificuldades emocionais. Um encontro de saberes entre a psicologia, a arte e a filosofia dentro da fenomenologia existencial e da arteterapia.  Você é uma pessoa que sempre disse que não nasceu para fazer arte? Que só sabe desenhar bonequinhos de … Continue lendo 3 maneiras para usar a arteterapia e lidar com os desafios que a vida impõe

como a psicologia pode ajudar

Como a psicologia pode ajudar? 5 dicas rápidas.
5 (2)

Como a psicologia pode ajudar, afinal? A resposta é simples: em muitas coisas, pois o trabalho dos psicólogos e psicólogas está ligado diretamente ao ser, humano. E neste caso o "ser, humano", quer dizer, naquilo que nos transformamos todos os dias. É o equilíbrio entre o que buscamos ser e naquilo que estamos. Contudo, para … Continue lendo Como a psicologia pode ajudar? 5 dicas rápidas.

Distúrbio

Distúrbios: ter dois ao mesmo tempo, como é possível?
0 (0)

Distúrbios, vamos falar sobre eles: uma das nossas leitoras nos deixou a dúvida. “Gostaria de saber o que acontece quando se tem os dois distúrbios. Inclusive já tive diagnóstico dos dois no meu último psiquiatra. [moderado pelo editor para preservar o sigilo] na maior parte das minhas crises tinha um ou outro, mas pareço estar … Continue lendo Distúrbios: ter dois ao mesmo tempo, como é possível?

Inteligência Artificial na Psicologia e Psiquiatria Psico.Online

Inteligência Artificial na Saúde: psicologia e psiquiatria. A nova web 2.0.
0 (0)

Inteligência Artificial é a nova web 2.0 (feliz ou infelizmente!) e vem ganhando visibilidade. Contudo ainda são poucas as iniciativas que observam os princípios fundamentais dessa área que agregada muito em ambientes complexos e transdisciplinares. Este texto, foi originalmente publicado no Ensina.AI. Um Medium que reune vários profissionais da área com posts sobre Inteligência Artificial, … Continue lendo Inteligência Artificial na Saúde: psicologia e psiquiatria. A nova web 2.0.