procrastinar - 7 dicas para parar agora

7 dicas para parar de procrastinar: pare agora e leia este texto

Procrastinar é um verbo que segundo o dicionário de Oxford, tem como significado: transferir para outro dia ou deixar para depois; adiar, delongar, postergar, protrair e neste post, falaremos um pouco sobre essa atitude, bastante comum nos dias de hoje, sem postergar ainda mais.

O ato de adiar uma tarefa pode ser ou não benéfico, afinal muitas vezes precisamos concretizar algo mas não nos damos a oportunidade para entender de fato como fazer isso.

Planejamento é essencial para realizar uma tarefa com êxito, mas não combina com querer terminar múltiplos afazeres ou criar novas tarefas em cima das que já teríamos que resolver e por isso procrastinar se torna uma “solução”, não tão desejada.

Muito se fala em desenvolver estratégias que se encaixem melhor em sua rotina e dinâmica para efetuar, com calma e sucesso, suas tarefas pendentes, mas afinal, como fazer isso? Como parar de procrastinar?

Não é necessário arquitetar planos muito elaborados – e perder mais tempo com a estruturação da tarefa do que com a realização delas.

Pensemos que a primeira conquista, para superar a procrastinação constante, estaria na simplicidade da estruturação desse processo.

A conduta de estabelecer uma meta, planejar, começar e não finalizar pode estar atrelada a um mecanismo de repetição, tanto consciente como inconsciente, que quando identificado pode gerar uma mudança de postura diante da fonte que te estimula a continuar, ou não, determinada tarefa.

procrastinar - 7 dicas para parar agora direto do psico.online
Photo by cottonbro on Pexels.com

Algumas orientações sobre o planejar e o executar que te ajudarão evitar procrastinar mais

Por mais que a gente queira eliminar as tarefas pendentes temos que nos conscientizar que fazer com calma e com zelo é melhor que rápido e ter que corrigir o que foi feito depois, apenas pela sensação de dever cumprido.

1. Aceite que você vai fazer tudo mas no tempo que você conseguir realmente dispor para a concretização da atividade.

Para não acumular afazeres estabeleça metas de curto e médio prazo. Estabeleça datas, horários considerando todo o seu dia.

2. Pare e pense em como funciona seu dia

O que consegue fazer naquele momento presente e no futuro próximo – organize as tarefas e estabeleça categorias para entender a urgência das atividades que tem que fazer, como por exemplo o que é urgente, o que dá mais trabalho, o que você se sente mais aflito para fazer e demais categorias que você consegue montar.

Definir as prioridades ajuda você a eliminar coisas que podem ser feitas em outros momentos. Existe inclusive técnicas de priorização, mas que tal começar com pesos? 1 para urgente e 5 para “não tão urgente”?

3. Não se apegue à ideia concreta de controle

Prender-se ou querer controlar o incontrolável gera ansiedade, medo e outros sentimentos. Não se apegar a ideia concreta de controle para evitar procrastinar ajudará você se sentir menos preso ou presa para concluir o que te aflige e assim você parará de repetir o seu estado de estagnação ou de gerar um novo sofrimento.

Se dê a liberdade para criar seu desempenho e assim mudar o seu cronograma para então, assim ter a satisfação de estabelecer suas metas.

4. Pode parecer estranho mas pense no prazer

Afinal, o que lhe é realmente satisfatório? Retardar a conclusão de algo ou o concluí-lo?

5. Não ceda a determinadas pressões.

Prazos devem ser respeitados e metas cumpridas sim, mas procure me manter estável e focado naquela tarefa escolhida específica.

No começo pode ser uma luta, pois você, seu cérebro querem diminuir esforço e economizar energia, mas trabalhar, nesse planejamento considerando essas dicas, podem realmente ajudar a tornar as coisas mais simples e a te ajudar a parar de procrastinar.

6. Quando existe o entendimento das finalidades dos seus afazeres provavelmente você assimilará a influência daquilo em sua tomada de decisão.

Assim talvez fique mais clara a compreensão do porquê determinadas tarefas podem trazer certa sensação de mal-estar e outras não.

7. Respeite seus horários.

Com a implementação da definição de hora para comer, descansar, produzir, praticar algum lazer e outros, não poderíamos atropelar a concretização da jornada de atividades.

Quando alocamos e respeitamos cada tarefa em um momento específico podemos evitar de nos sentir culpados.

Realizar aquela tarefa em seu horário é valorizar sua tomada de decisão e se habituar com a valorização de suas metas.

Contudo, mais do que colocar em prática tais dicas temos que confiar que nosso juízo de valor e como ele está em conexão com nossa capacidade de reflexão, atenção e percepção sobre as múltiplas demandas que nos são exigidas – seja em termos de contexto profissional ou não.

Lembremos que o êxito se concretiza não unicamente com a realização de algo, mas o quanto aquilo que foi trabalhado nos traz satisfação conosco e orgulho do que aprendemos ao longo do processo para conseguir a realização daquilo que foi proposto.

E claro, uma dica extra, caso perceba que o ciclo se repete e que você precisa de ajuda, procure um profissional psicólogo ou psicóloga – pode ser aqui no psico.online mesmo – que juntos, poderemos definir a melhor estratégia de enfrentamento dessa dificuldade.

Além disso, programas e sites de organização de tarefas, podem ajudar, que tal conferir também este post.

E aí? Curtiu as dicas? Acha que é possível implementar no seu dia a dia? Comente e não deixe de avaliar ou enviar para aquela amiga ou aquele amigo que costuma procrastinar.

Nos vemos no próximo texto! 😉

Clique para votar
[Total: 2 Average: 5]
Psicóloga em Psico.Online

Psicóloga CRP 06/170571 pós-graduanda em abordagem psicanalítica. Adoro escrever, palestrar e me relacionar com os mais diversos assuntos da psicologia e das pessoas. Espero contar com vocês para nos conhecermos mais. Alguns temas que já trabalhei: Psicologia Aplicada a Imigração, Psicologia Investigativa, Saúde Mental no Ambiente de Trabalho, Saúde Mental no Ambiente de Trabalho e Feminicídio e A Importância do Apoio Psicológico para Pessoas com Câncer de Mama. Agora, me diga você: qual paixão move sua vida?
Agende comigo

4 comentários em “7 dicas para parar de procrastinar: pare agora e leia este texto”

  1. Pingback: Procrastinação é Preguiça? Atividades E A Relação Com Sua Motivação. • Psico.Online | MeuPsicoOnline.com.br

  2. Pingback: Síndrome Do Impostor: O Que é E 6 Itens Que Caracterizam O Fenômeno. E Também O Que Fazer... • Psico.Online | MeuPsicoOnline.com.br

Gostaríamos de escutar o que você tem a dizer.

Rolar para cima