novo rumo profissional

Novo rumo profissional: será que chegou a hora de mudar?

6 min de leitura · 

Um novo rumo profissional requer ponderação.

Você já parou para pensar na sua trajetória profissional?

Está pensando em fazer uma transição de carreira, mas não sabe o momento certo?

Vejamos se você se identifica com o que falaremos hoje.

A definição de transição é simples, conforme o dicionário Michaelis, está no próprio conjunto de palavras: Transacionar, mudar, ir de um lugar para o outro, deixar o que é conhecido de lado para desbravar algo novo.

Então, vamos iniciar nossa reflexão fazendo alguns questionamentos:

Responda cada pergunta, olhando para sua trajetória profissional e fazendo uma auto análise sincera de todo o seu percurso, ok?.

Então vamos lá…

Perguntas:

Você está infeliz no seu trabalho, se reconhece inseguro, se sente fracassado, insatisfeito, improdutivo, desanimado, tem enxaquecas constantes, está esgotado, está sempre atrasado, desorganizado, fica procrastinando nas suas atividades, sua energia está baixa, não está tendo qualidade de vida, está cansado mentalmente, não sente mais orgulho do que faz, a sua carreira profissional realmente não te representa mais?

Se você respondeu que sim para maioria dessas perguntas, esses são alguns sinais de que pode estar chegando a hora de você fazer uma transição de carreira.

Seguir apenas uma percurso durante a vida está se tornando cada vez mais raro, visto que a primeira escolha profissional costuma ser baseada nas influências das pessoas que amamos muito, como: pais, professores ou mentores.

Como iniciamos a carreira cada vez mais cedo é perceptível que ocorra muitas opções e influências externas, sem nenhum autoconhecimento, por isso pensar em uma transição de carreira hoje é cada vez mais comum.

Às vezes você vai encontrar sentido e prosperidade em um caminho bem próximo, um ramo dentro da sua área, e muitas vezes irá para uma direção completamente oposta da inicial.

Independente de como aconteça a transição, logo, não será do dia para a noite, pois se trata de um processo que você precisa criar. Desenvolver  um plano de ação, organizar-se, para então colocá-lo em prática.

Vamos elencar algumas dicas para aumentar as chances da sua transição de carreira e algumas sugestões que favoreçam essa mudança, de forma objetiva, para que você tenha o sucesso esperado e para que ela seja bem-sucedida:

Autoconhecimento

Você precisa entender que o autoconhecimento é um processo eterno, pela dinâmica e pelo nosso processo de evolução constante. Se conhecer é algo essencial e fundamental para você fazer escolhas assertivas.

Essa competência é fundamental, para que você reflita sobre os sonhos que ficaram no passado.

Vai que pode ser a hora de resgatá-los.

Você precisa reconhecer seus talentos, seus pontos fortes, seus pontos fracos e os que você precisa desenvolver ou aprimorar.

Com o autoconhecimento muitas pessoas conseguem fazer do hobby sua profissão, ou seja, sua capacidade de se auto avaliar é indispensável.

Para exemplificar vejamos o case do Youtuber Zangado, um dos maiores “Youtubers” do Brasil, com mais de 4 milhões de seguidores.  

Seu nome é Tiago, natural de Cuiabá Mato Grosso, formado em Engenharia civil, iniciou seu canal no YouTube, quando estava na faculdade e depois, passou a trabalhar na empresa da família.

Para não misturar as coisas, optou por esconder a identidade em seus vídeos de games e continua assim até hoje.

Seu canal é bem informativo e organizado, focado em vídeos de gameplay.

Conseguiu fazer sucesso e ao mesmo tempo trabalhar com sua paixão.

O que mais é preciso para o novo rumo profissional?

Avalie o Mercado

Ao planejar uma mudança de carreira, para o novo rumo profissional, o caminho com mais chances de sucesso é entender o mercado.

Buscar compreender suas tendências, suas tecnologias, a cultura envolvida em cada segmento.

Dessa forma você entenderá sua situação profissional, percebendo suas possibilidades de atuação e visando futuramente outra área de performance profissional.

Se Capacite

Você precisa ter conhecimento sobre o assunto que decidiu atuar, é o que chamamos de “saber fazer”.

Um dado momento destinado para capacitação profissional ou aprimoramento de habilidades.

Para exemplificar, podemos usar o curso de Excel avançado, requisito solicitado com frequência nos processos seletivos.

Atualmente, algumas empresas buscam pessoas que não possuem experiência prática, porém a parte teórica, você precisará ter.

Experimente

Hoje muitas organizações favorecem essa vivência na profissão.

Degustar a profissão desejada é se aproximar do sonho e obter contornos reais do sentimento de mudança.

Esse é o ponto final do caminho até a certeza da transformação.

A nova experiência tem o potencial para impulsionar a decisão de colocar em prática algo já estudado, planejado e tão sonhado que é a “ nova carreira profissional”.

Seja Flexível

Entenda o que procura para sua vida laboral.

Isso é algo determinante: “saber para qual direção que seguir”.

Esse olhar é uma construção que requer tempo e autoconhecimento. Lembra do primeiro item?

Logo, ser flexível com nossas exigências pessoais e profissionais é essencial para o seu crescimento pessoal e também para o profissional.

Mesmo que seja uma área oposta do que você faz atualmente você não precisa começar do zero.

Utilize seu conhecimento e sua experiência já adquiridos durante sua evolução pessoal e profissional até esse momento para facilitar essa transição.

Networking Qualificado ao novo rumo profissional

Essa é uma ferramenta e comunicação com um potencial de eficácia primordial para sua evolução pessoal e profissional.

Novos campos de desempenho, exigem valores e normas culturas adequadas, com regras próprias, que levam um tempo para ser aprendido.

Como exemplo dessa sugestão, podemos evidenciar cursos, palestras, congressos, network e até mesmo uma roda de conversa, são ótimas fontes de informações.

Ah, e claro, que eu não poderia deixar de te dizer que talvez a sua primeira tentativa não dê certo e que você pode fracassar.

Isso pode acontecer até mais que uma vez, você pode tentar algo e reconhecer que “aquilo ali” ainda não é o seu sonho realizado.

E está tudo bem o que não podemos é parar ou desistir.

Veja Thomas Edison, inventor da luz elétrica e do filme, que teve 1.093 patentes de produtos registrados, porém muitos desses não deram certo como por exemplo: a caneta elétrica e na máquina fantasma.

Em seu livro datado em 1915 ele conta que seu jovem assistente comentou ser uma pena trabalhar horas a fio sem conseguir resultados.

No entanto ele respondeu: Resultados? Sem resultado? Puxa homem eu tenho muitos resultados, pois sei milhares de coisas que não funcionam, ou seja, todas as tentativas são válidas pois todas nos permitem algum tipo de aprendizado, nem que seja o que não fazer.

Tem uma frase que eu gosto muito de  Bert Hellinger que diz

“A vida te acorda, te poda, te quebra, te desaponta….mas creia, isso é para que seu melhor se manifeste”.

Se você está se preparando para a transição de carreira, desejo que descubra uma carreira que te dê prazer e que você faça o seu melhor para conquistá-la.

Ah e não se permita ser menos do que o máximo daquilo que tem capacidade de ser.

Sucesso! Coragem!

Referências:

MICHAELIS: moderno dicionário da língua portuguesa. São Paulo: Companhia Melhoramentos, 1998-(Dicionários Michaelis). 2259p.

https://jogos.uol.com.br/ultimas-noticias/2016/08/30/tudo-tem-seu-tempo-zangado-fala-em-aposentadoria-ao-lancar-biografia.htm?cmpid=copiaecola

Morin,Amy. 13 Coisas Que As Pessoas Mentalmente Fortes Não Fazem. Rio de Janiero. Sextante, 2015.

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média / 5. Contagem de Votos:

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Rubiane Pilati Medeiros

Psicóloga Graduada pela Universidade do Sul de Santa Catarina (UNISUL) 2001, Tubarão SC. Especialista em Administração Empresarial e Financeira pelo ESAP (2005) Formação em Avaliação Psicológica pela Qualità Psi Curitiba PR (2010). Orientadora Profissional e de Carreira pelo Portal Vocacional Curitiba PR (2015) Atua na área de Gestão de Pessoas a 15 anos possui experiência com Desenvolvimento Organizacional; Gestão de Recursos Humanos; Recrutamento e Seleção; Treinamento e Desenvolvimento; Pesquisa de clima organizacional; Aplicação e correção de Testes Psicológicos; Elaboração de Laudos e Pareceres; Entrevista e Análise de Avaliação de Desempenho; Adequação de Plano de Cargos e Salários e Política de Benefícios; Diagnóstico Organizacional; Programas Motivacionais e Projetos de Qualidade de Vida.

Participe, queremos ler o que você tem a dizer