a mulher caçadora ou a hunter gilr no psico.online

Mulher caçadora: será que sou uma?

4 min de leitura · 

Mulher caçadora. Qual a sua opinião a respeito? Escreva nos comentários antes de seguir com este texto. 😉 seria muito legal conhecer o que vocês pensam e depois compartilhar o que nossos psicos.online responderam.

Chegou à nossa Caixa de Segredos uma pergunta simples e direta: o que é uma mulher caçadora?

Essa questão ficou muito tempo parada enquanto pensávamos no que responderíamos, então la vai, para nós a mulher caçadora é a Leoa e portanto, uma caçadora natural.

Isso mesmo, é a melhor representação ilustrativa que imaginei. Ela que está no controle do bando. É ela que vai atrás da presa. Ela quem define o que precisa, como e quando entrar em ação.

A mulher caçadora é aquela que tem convicção das suas atitudes e arca com as responsabilidades e consequências do seu poder.

Quais as consequências? Várias mulheres que já conversei relataram que alguns homens sentem-se inseguros perto delas. Esses são as presas fáceis ou sequer as interessa.

Mas não é uma questão de gênero ou sexualidade para a mulher caçadora ou leoa, é uma questão de poder.

De ter em suas mãos o máximo de controle que a vida permite. De mirar, apontar e atirar para atingir sua presa e seguir em frente, para a próxima caça.

O que as psicólogas e psicólogos do Psico.Online têm a dizer:

Psico.Online Thais Tamara
Psico.Online Thais Tamara

Já a Psico.online Thais, psicóloga e palestrante sobre temas de saúde mental e emocional e co-fundadora do Projeto Re-Criar  acredita que a mulher caçadora é uma mulher que encontra grande satisfação no ato da conquista.

Para ela o maior prazer está na “caçada”, ou seja, no processo de obter atenção de um homem (ou outra mulher se for homossexual), e sentir que este se interessou por ela.

Mulheres caçadoras geralmente se desinteressam pela pessoa “alvo” assim que percebem que o outro se apaixonou por ela, logo, que conseguiu “capturar” o desejo da pessoa para si.

Normalmente as caçadoras conquistam compulsivamente, às vezes sem se dar conta da frequência com que fazem isso.

Jogam seu charme sempre que vem uma oportunidade.

Psico.Online Cristiane Cruz
Psico.Online Cristiane Cruz

A Psicopedagoga, terapeuta clínica, facilitadora em Constelação Familiar e palestrante Cristiane Cruz acredita que a mulher caçadora é a mulher que sabe o que quer, que vai atrás dos seus objetivos e desejos.

É a mulher de atitude, que pega sua presa com dentes e garras no encantamento.

Essa mulher caçadora é pura sedução; cheia de mistério e diplomacia, não usa força, esbanja inteligência. É um mulherão da p***a 😉

Ela também pode ser a mulher sangue nos olhos, que não mede esforços na arte da sedução, que passa por cima de quem for para saciar seus desejos onde a sua única regra é ser fiel a si mesma.

Psico.Online Amanda Regiane Annibale
Psico.Online Amanda Regiane Annibale

Já a psicóloga Amanda Reggiani Annibale, especializada em Mitologia Criativa, Contos de Fadas e Psicologia Analítica, lembra que na psicologia Analítica (aquela do Jung) a mulher caçadora se refere ao arquétipo da mulher selvagem.

Quem vem do sagrado feminino.

Para se ter uma ideia é umas das Deusas Gregas, representada por Ártemis irmã de Apolo, que é a representação do arquétipo

Dentro do inconsciente coletivo essa mulher é símbolo da independência, autonomia, que atende seus desejos ativamente, é uma mulher que corre sozinha para satisfazer seus desejos e metas, mulher que tem atitude, representante do feminino na sociedade.

Vemos isso nos movimentos feministas, por exemplo. Essa é uma leitura simbólica.

Já em uma das atualizações arquetípicas da mulher caçadora, hoje em dia bem conhecida é a Mulher Maravilha da DC Comics.

A Deusa Diana,  romana, amazona.

Umas das imagens representadas no cinema.

Hoje, emergem muitas mulheres com o arquétipo guerreira: lutando para trazer um equilíbrio a psique coletiva patriarcal.

Nas relações, ela pode ser uma mulher que participa ativamente das decisões do casal (de maneira saudável).

Tomando a frente quando necessário para resolver conflitos e as demandas da relação de forma equilibrada com o parceiro.

Mas atenção: em um esquema disfuncional, ela domina e decide o rumo de ambos não dando espaço para o companheiro.

Acho que esse é um bom resumo da relação do símbolo da mulher caçadora.

E aí, gostaram? E você?

Tem outra opinião do que é uma mulher caçadora?

Já havia escrito a sua opinião, foi semelhante a que foram colocadas? Deixe para gente nos comentários.

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média / 5. Contagem de Votos:

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Thais Tamara

Psicóloga graduada pela Universidade Paulista, e especialista em Psicologia Hospitalar pela Faculdade de Medicina da USP.

Atuo como psicoterapeuta clínica desde 2014 em São Paulo nos bairros Vila Madalena (ZO) e Jardim São Paulo (ZN) com adultos e adolescentes, sou palestrante sobre temas de saúde mental e emocional e co-fundadora do Projeto Re-Criar, que visa a aproximação e discussão de temas psicológicos do universo feminino. Na minha prática utilizo a abordagem psicodinâmica, que aborda os conflitos inconscientes e busca, a partir do vínculo e comunicação entre paciente e terapeuta, a superação de conflitos e o amadurecimento emocional da pessoa, para que se viva da melhor maneira possível. 06/11.843-0 Contato: (11) 9.6797.3939

Participe, queremos ler o que você tem a dizer