4 min de leitura · 

Para falar do sentimento de solidão, precisamos também falar de vários outros sentimento relacionados. Responder à afirmação me sinto sozinha, requer avaliar e compreender (entender talvez) onde dói, investigar individualmente quando bate a sensação de vazio interior e suas relações.

Até mesmo porque há, nessa experiência, movimentos psicológicos que envolvem você individualmente e o meio que te cerca.

Quando alguém diz, me sinto sozinha, não podemos de modo algum descartar o mal-estar emocional na pessoa que o sofre, e em um texto, dentro de um site de psicologia online, desenvolvido por psicólogos e psicólogas, a primeira informação que podemos sugerir é: inicie um processo terapêutico para investigar, no seu caso mais específico, o que está acontecendo. Aqui você agenda com nossos profissionais.

Ainda assim, neste texto, tentaremos falar das relações da angústia ligada ao “me sinto sozinha” ou “me sinto triste” e então avançar com algumas dicas genéricas que podem fazer a diferença para o seu dia.

Me sinto sozinha – identificação

A primeira coisa para ser feita nesse instante é entender a origem desse sentimento.

É perceber no ambiente e também em você, com algumas perguntas, o que está envolvido nisso.

Nesse sentido, entender os sentimentos relacionados, pois se falarmos apenas da solidão poderemos ter momentos muito bons, onde, estando bem conosco, esses momentos se transformarão em sentimentos positivos.

Qualquer busca pelo tema em outros sites, você vai encontrar as diferenças entre solitude e solidão.

O que isso quer dizer: quando você diz, por exemplo, me sinto sozinha, você está sendo literal?

Está mesmo sozinha, em um ambiente com pouco contato com outras pessoas? O que está envolvido nisso? Um sentimento de abandono, por exemplo? Ou está cercada de pessoas e não tem interação com elas?

Ao dizer me sinto sozinha, começamos a ampliar essas relações: você tentou contato com outras pessoas? O que aconteceu? Quando você tenta fazer essas relações (presenciais ou a distância, hoje em dia, com tanta possibilidade de contato) o que tem acontecido?

Nem sempre são perguntas fáceis para serem respondidas, e um psicólogo ou psicóloga, poderá auxiliar com questionamentos, exercícios para identificar e exercícios para ressignificar.

Aqui mesmo no site, temos um texto que há pouco trabalhamos nele, sugerindo modelos de como fazer amizade nos dias de hoje.

No livro em busca de um sentido, do psicólogo Viktor Frankel, por exemplo, diz:

“As tradições, que seriam de apoio para comportamentos, atualmente vêm diminuindo com grande rapidez. Nenhum instinto diz às pessoas o que fazer e não há tradição que lhe diga o que se deveria fazer; às vezes, a pessoa não sabe sequer o que desejar fazer. Em vez disso, deseja fazer o que os outros fazem (conformismo), ou a pessoa passa a fazer o que as pessoas querem que ela faça (totalitarismo)”. Ainda continua: “O vácuo existêncial se manifesta principalmente num estado de tédio” e retoma para o modelo de extremos, entre a angústia e o tédio, trazido por filósofos.

Será que é disso que se trata quando você vem até aqui e pensando me sinto sozinha?

Outros motivos que podem levar a esse estado de solidão e a essa frase dolorida: me sinto sozinha.

Crise da idade.

A crise dos 40, por exemplo, é acompanhada de reflexões que podem levar a contradições. O conflito do que foram os seus sonhos dos 20 anos e todas as metas que ficaram pendentes. Por sua vez, uma crise de meia idade também depende da tomada de conhecimento da passagem do tempo, com tudo o que ela implica. Já falamos desse assunto neste, neste e também neste texto.

Um relacionamento infeliz.

O sentimento de solidão também pode ter as suas raízes no afastamento afetivo que não esteja em um bom momento ou que tem um alto nível de incompatibilidade. Podemos falar de um relacionamento saudável neste texto ou de um relacionamento tóxico, neste daqui.

Frustração no trabalho

É comum que uma pessoa se sinta sozinha e triste quando está estagnada no plano profissional ou pessoal, quando sente que os seus dias passam dentro de uma rotina na qual não pode desenvolver todo o seu potencial, provocando assim apatia ou um principio de burnout.

Vive para os outros.

Algumas pessoas assumem o papel de cuidadoras; antepõem de forma constante as necessidades dos outros – até chegando a uma dependência emocional. Gente que se sente só, e diz, me sinto sozinha porque não escuta a suas próprias necessidades, acabando entrando nesse modelo complicado que é o de não olhar para si.

Muitas relações superficiais.

Se tem muitos vínculos, mas nenhum profundo e verdadeiro para falar da sua intimidade, a solidão pode ser a consequência deste fato, pois você necessita se expressar e se comunicar.

Falecimento ou luto

Quando perde-se um ente muito próximo, podemos experimentar a angústia do desenraizamento como etapa do luto. Esta sensação de vazio é mais frequente quando se trata do falecimento ascendente, por exemplo, do pai ou da mãe. Neste texto falamos um pouco mais sobre o luto.

Vício de trabalho.

Se a sua vida gira em torno do trabalho, você corre o risco de se sentir numa rotina que não deixa espaço para nada mais. Uma das consequências é a perda de relações pessoais e a falta de improvisação para desfrutar do lazer e até mesmo da preguiça. Neste texto sobre relações falamos um pouco sobre isso.

Mas afinal, o que posso fazer para resolver isso?

solteira, sozinha urso chorando, me sinto sozinha

Demos muitas dicas de leitura, aqui no Psico.Online mesmo, mas ainda faltou falar um pouco da angústia, digite na busca o termo, que há vários outros textos falando sobre “me sinto sozinha”, falando um pouco mais sobre esse sentimento além, é claro, deste que indicamos no link da palavra. Também seria importante ler um pouco sobre a melancolia para fechar um pouco mais a investigação do seu processo de solidão.

Contudo, sem mais demora, vamos às dicas:

  1. Agende sua sessão de terapia para falar sobre esse “me sinto sozinha”
  2. Tente escrever um diário emocional
  3. Perceba-se no seu amor próprio
  4. Acolha, não lute com o seu sentimento
  5. Escreva uma lista de ações que podem acabar com sua sua solidão
  6. Exercite o auto cuidado (mesmo sem vontade)
  7. Respeite o seu tempo
  8. Concentre-se no agora e nas pequenas ações
  9. Ajude alguém
  10. Crie uma agenda de metas
  11. Busque conhecer coisas novas
  12. É batido, mas tente fazer exercícios físicos
  13. Adote um pet
  14. Exercite a sua criatividade
  15. Inclua, na sua rotina, uma interação social

Esperamos que estas sugestões possam dar uma pista do que fazer. E recomendamos muito, mas muito mesmo, a primeira dica pois na terapia, você e o profissional do psico.online, por exemplo, poderão traçar um plano e investigar, inclusive, se estamos falando ou não de um processo de depressão. ok?

Não esqueça de avaliar este texto nas estrelinhas e de compartilhar com os amigos. Comente. Seus comentários nos ajudam a escrever mais textos como este. Até a próxima.

Você pode comprar os livros indicados neste texto, Me sinto sozinha:

Clique para votar
[Total: 3 Average: 5]

Sobre os Autores do Post:

Website | + posts

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

Gostaríamos de escutar o que você tem a dizer.