espelho espelho meu no psico.online blog sobre aquilo que não gosto de ver no espelho

Espelho, quando odeio aquilo que vejo

5
(2)
4 min de leitura · 

O espelho reflete a imagem invertida de nós, mas é incapaz de refletir a luz que existe em cada um.

Chegou uma Caixa de Segredos de alguém que não gosta daquilo que vê no espelho, e assim, o relato trazido é doloroso buscando inclusive na depressão uma razão para ser notada.

Isso já vale um alerta no espelho: depressão não é solução ou remédio, é uma doença, NUNCA esqueça disso.

Também há um problema de autoestima e de uma busca por seu lugar no mundo.

Primeiramente, sobre a autoestima, há diversos posts: Diferenciando a Autoestima Verdadeira da Autoestima FalsaCompreendendo a Autoestima e tantos outros.

A leitora não se identificou, não disse sua idade, mas seu relato apresentava uma dor que espelhava em sua “melhor amiga” e na necessidade de sua mãe conseguir vê-la, buscando no youtube e na internet uma resposta para sua dor.

A Internet no espelho

Espelho espelho meu, existe alguém mais feliz que eu? (5 minutos depois)… então: como faz para desligar o espelho e fazer ele parar de falar nomes? A fonte dele era a internet; principalmente, as redes sociais.

Um mundo de fakes seria o nome deste subtítulo e, que fique claro, todo mundo tem sua dor de barriga e não mostra isso na Internet. Assistamos ao seguinte vídeo:

Percebeu? O quanto a Internet mostra o que não está acontecendo?

Quando você percebe que a Internet exibe o que as pessoas desejam, então você passa a se preocupar e notar um pouco mais a sua vida. Do que adiantaria suas escolhas, se elas não permitisse que você mudasse?

Nesse caso, leitora, há pesquisas que indicam que a depressão e a ansiedade podem ser iniciados naqueles que acompanham diversas redes sociais e que não conseguem têm a “felicidade online”.

E isso tem um motivo: essa felicidade esplendorosa, o tempo todo, não existe.

Na Internet é preciso observar e portanto distinguir o que é real do que é trabalhado para parecer real. Há a necessidade de questionar cada fonte, cada elemento, cada certeza. Não é porque está na internet que é verdade, e olha, que é um site chamado psico.online que está dizendo isso para você.

É o marketing, é a estratégia de psicologia para vender mais. Um conjunto de fatores que fará com que você pense que a sua vida precisa de mais, quando na verdade, ela precisa é de equilíbrio.

Leia também:

Voltando para a leitora da Caixa de Segredos: a vida não florescerá para você caso você esteja apenas na Internet. A internet é uma parte da sua vida que pode ser utilizada como alavanca para a vida real.

Para as coisas mudarem será necessário que você encare o mundo. Que você saia, que diga a sua amiga que ela não é uma amiga. Que você encontre pessoas em outros momentos e outros jeitos. Certo?

Nossos pais refletidos no nosso espelho

Há uma linha na psicologia (a psicanálise) que trabalha bastante com o conceito dos pais.

Um autor especialmente, fala sobre a mãe suficientemente boa, que recebe em seu seio os anseios da sua criança.

Há uma continente envolto em proteção que construiria nosso personalidade e infelizmente essa linha não é o meu forte.

Quando nossa leitora traz que “eu quero ter depressão (…) se eu tivesse a minha mãe iria ligar para mim de alguma forma”… há ai uma busca por esse continente, por essa proteção, por esse caminho que hoje não está claro para a sua mãe.

Nesses casos é importante que você e sua mãe interajam com um psicólogo infanto juvenil para trabalhar essa relação, mostrar que o papel de mãe é mais do que prover algo, mas precisa também conter, receber em seu peito a dor da sua filha.

Amigos no espelho

Três outros texto que falam do mesmo tema, a amizade tanto pelo olhar positivo quanto pelo olhar negativo. Pois amizade é relacionamento e em um relacionamento as duas parte precisam colaborar.

Sua amiga, precisa ser amiga para receber esse título, e isso implica uma diferenciação da palavra colega, companheira, conhecida… Pergunte-se o que um amigo é de verdade, o que você espera dele ou dela. E então reveja, com o psicólogo se essa relação que você tem estabelecida te faz mais bem ou mais mal.

Finalizando

Espero que este texto tenha ao menos dado um caminho para que você leitora ou leitor que tem esse tipo de problema, perceba que muito pode ser feito por você em sua relação com a sua vida.

O que isso quer dizer: quer dizer que na Internet, você verá de tudo e que é importante que você não construa seu alicerce nela, sua vida depende de você.

Quer dizer que se sua mãe não está notando, é importante que alguém a avise para notar. Seja você ou um psicólogo, portanto, leve o assunto para escola, para um parece, amigo ou alguém de confiança e converse com sua mãe.

Quer dizer que uma amiga que não é amiga, não pode receber esse título e nem fazer com que você sofra.

Quer dizer que a autoestima requer uma pequena mudança no seu estilo de ver as coisas.

Quer dizer que muito pode ser feito ainda, mas que seria muito importante que você procurasse um profissional com a sua mãe.

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média 5 / 5. Contagem de Votos: 2

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

Participe, queremos ler o que você tem a dizer