Anúncio
1 min de leitura · 

O que significa ser mãe? É uma resposta complexa… Mas acredito que ser Mãe é bem mais que carregar um ser em seu ventre, ser mãe é carregar um filho na alma.   E porque onde se tem tantas dores e incertezas, existe também tanto amor? Um amor muitas vezes cego e incondicional.

Como tudo que você carrega, às vezes, ou quase sempre, é pesado e doloroso, e ainda traz conseqüências permanentes em sua vida.

Mães vêem em seus filhos a oportunidade de um futuro excepcional, de fazer algo melhor, de um recomeço. E como o futuro é algo incerto, isso gera angústia e muitas vezes, desespero. Ser mãe é lidar com a oportunidade do novo, mas ao mesmo tempo saber que nem tudo depende de você, por mais que você insista em acreditar nisso.

Por isso mãe, aquela que carrega o filho na alma, ama e sofre tanto.

Elas amam o futuro, sua nova vida que esta ali diante de você, para ser cuidada e diferente do que elas já viveram, mas sofrem ao perceber que nem tudo esta ao seu alcance, e que aquele “futuro” se trata de uma pessoa com suas próprias escolhas.

Portanto, de nada adianta falar, ou escrever… Mães que tem seu ser carimbado pelos filhos são seres complexos, que transcendem as explicações, podemos até imaginar ou divagar, mas nunca de fato explicar esse amor, afinal o que está para vir, ainda não tem explicação…

Homenagem ao dia das mães
https://www.facebook.com/MultiplanOficial/videos/999591023428195/

O quanto este post foi útil para você?

Bárbara Hoffmann

Psicóloga CRP 04/30145 formada em 2008 pela PUC Minas. Pós Graduada em Gestão de Recursos Humanos. Vasta experiência em Psicoterapia Analítica e Psicologia Educacional, atuando em Clínicas e Escolas. Contato: (35) 99987 3869

View Comments

  • Lindo texto!
    Gostei muito desta definição: "Como tudo que você carrega, às vezes, ou quase sempre, é pesado e doloroso, e ainda traz consequências permanentes em sua vida."
    E quando a consequência é um filho, a carga pesada e dolorosa é revestida de prazer, alegria, amor. Então a mãe, o pai, a mãe-pai, o pai-mãe, descobre o significado de consequência permanente.
    Abraço Bárbara!

Share
Published by
Bárbara Hoffmann

Recent Posts

Quando paramos de nos preocupar com os outros…

Quando paramos de nos preocupar com os outros, a primeira vista, idealizamos que nossa vida melhoraria. Olha, preciso dizer, isso…

2 semanas ago

Infelicidade: me apeguei a ela e agora?

Infelicidade é a palavra felicidade com o prefixo de privação ou negação. Pode ser compreendida como o oposto da felicidade.…

1 mês ago

Masturbação Infantil: não fique na mão com o assunto.

Esses dias respondi algumas perguntas sobre Masturbação Infantil para o site bebe.com.br e, como eles não utilizaram todo o conteúdo,…

2 meses ago

E quando sobra pra gente?

"Sobra pra gente" o que sobrou pra você ou para mim? Quem nunca levou "uma" sem nem ao menos estar…

2 meses ago

Escutar, ouvir e falar. O que você tem feito?

Ouvir ou escutar remete a ações muito parecidas. Muita gente sabe a diferença, mas no dia a dia — pelo…

2 meses ago

Será que eu sou gay?

Gay, homosexual, será que meu interesse sexual é assim ou assado? Lembro da primeira vez que vi essa pergunta por…

2 meses ago

This website uses cookies.