Anúncio

Falar com seu filho sobre… quando é a hora?

2 min de leitura · 

Agora. Falar com seu filho ou falar com sua filha sobre qualquer assunto, agora é a hora.

Desculpe a interrupção ou a grosseria, se acreditar que foi uma grosseria esse corte de raciocínio, mas agora é a hora de falar com seu filho ou filha sobre qualquer assunto.

Vocês têm que dialogar. Sempre.

Mamãe ou papai que está lendo o texto, me acompanhe no raciocínio: você está sentindo que é a hora de tratar desse assunto com seu filho ou filha há algum tempo e está insegura ou inseguro sobre isso.

Seu pequeno ou pequena não está.

Ele ou ela é um receptor ansioso para conversar e receber energia, conteúdo, afeto, explicações e, sobre qualquer coisa: está sempre pronto para receber sua total atenção.

Tenho atendido muitas crianças e elas são apaixonantes.

Cada brilho no olho e cada mudança perceptível faz meu coração encher de orgulho.

Da mais “barra pesada” a mais fofa, eles são seres humanos dotados da resiliência que deveríamos ter e também da atenção ao momento que deveríamos dar.

Explicando: eles são rápidos e pequenos o que os faz ágeis e não incompetentes ou burros.

Eles percebem, podem até não ter a experiência a seu favor e usar a imaginação para compensar, mas eles fazem relações mais rápido que você aí,toda insegura ou inseguro.

Antes que eu fuja do assunto, vamos focar: agora é a hora de você falar sobre qualquer assunto por que você é a mãe ou o pai e é você quem decide isso e quem tem a responsabilidade de fazer isso.

Seu filho ou filha não têm esse histórico de experiência e você não é amigo ou amiga dela primeiro. Você acima de tudo é responsável (ou deveria ser) e por isso, precisa decidir por ele ou por ela.

Se a decisão está certa ou errada é outra discussão, mas pai e mãe conversarem com seus filhos é, e sempre será, melhor que qualquer outra coisa e hiper, ultra necessário.

Se você sente que precisa falar sobre isso, fale.

Mas fale de verdade.

Reserve um espaço de tempo para vocês não serem interrompidos. Sentem e conversem olho no olho.

A vida precisa dessas pausas e seus filhos precisam dessa sua atitude e tempo.

O quanto este post foi útil para você?

Psico.Online @sitepsicoonline

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

Share
Published by
Psico.Online @sitepsicoonline

Recent Posts

Quando paramos de nos preocupar com os outros…

Quando paramos de nos preocupar com os outros, a primeira vista, idealizamos que nossa vida melhoraria. Olha, preciso dizer, isso…

2 semanas ago

Infelicidade: me apeguei a ela e agora?

Infelicidade é a palavra felicidade com o prefixo de privação ou negação. Pode ser compreendida como o oposto da felicidade.…

2 meses ago

Masturbação Infantil: não fique na mão com o assunto.

Esses dias respondi algumas perguntas sobre Masturbação Infantil para o site bebe.com.br e, como eles não utilizaram todo o conteúdo,…

2 meses ago

E quando sobra pra gente?

"Sobra pra gente" o que sobrou pra você ou para mim? Quem nunca levou "uma" sem nem ao menos estar…

2 meses ago

Escutar, ouvir e falar. O que você tem feito?

Ouvir ou escutar remete a ações muito parecidas. Muita gente sabe a diferença, mas no dia a dia — pelo…

2 meses ago

Será que eu sou gay?

Gay, homosexual, será que meu interesse sexual é assim ou assado? Lembro da primeira vez que vi essa pergunta por…

2 meses ago

This website uses cookies.