Anúncio
Categories: MedosReflexões

E quando não sei o que fazer?

0
(0)
1 min de leitura · 

Não sei o que fazer. As vezes parece que estamos bloqueados. Não sabemos o que fazer, como seguir, quem chamar…

Ao longo de nossa existência nos veremos envolvidos em diferentes situações conflitivas, que exigirão uma série de decisões de nossa parte. Essas decisões podem implicar temas como conflitos de relacionamento, de trabalho, decisões profissionais ou acadêmicas, etc.

Muitas vezes, nossas decisões não somente afetam a nós mesmos, mas também podem afetar a outras pessoas e por isso é necessário uma reflexão mais profunda, capacidade de diálogo e comunicação e uma dose de bom senso antes da palavra final.

E é nesse momento, quando começaremos um novo ano, que nos perturbam as dúvidas sobre os rumos que daremos às nossas vidas. É o momento certo de mudar de trabalho? Meu relacionamento não vai tão bem, que devo fazer? Será que me caso ou compro uma bicicleta?

As soluções nem sempre contentarão as pessoas que estão ao nosso redor e sempre exigirão de nossa parte, sair da zona de conforto.

“A vida não é um problema para ser resolvido, é um mistério para ser vivido” – anônimo

O que podemos fazer?

1. Relaxe. Alguma vez você já praticou técnicas de relaxamento? Quando estamos mais tranquilos é mais fácil tomar decisões, mesmo as mais difíceis.

2. É possível que você precise olhar a situação por outras perspectivas. Tente se afastar e tomar um tempo para refletir, sem que hajam “ruídos”, sem a pressão nem o estresse do cotidiano.

3. Pegue papel e caneta: analise o que realmente está te preocupando e te mantem bloqueado/a. Coloca isso no papel. Agora reflita sobre o que você realmente está querendo.

4. Escreva as possíveis soluções que te ocorrem para poder solucionar os conflitos. Parece bobo quando pensamos, mas colocar as coisas no papel tem um poder transformador.

5. Desenvolva um plano de ação e analise o que deveria fazer para levá-lo adiante.

6. Lembre-se: não tenha medo, pensa sobre o que seria o pior que te poderia acontecer.

“Em qualquer momento de decisão o melhor é fazer o correto, depois o incorreto, e o pior é não fazer nada” -Theodore Roosevelt –

Retirado de Don psico Blog (traduzido e adaptado)

O quanto este post foi útil para você?

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

Leave a Comment
Share
Published by
Psico.Online

Recent Posts

Informação e imaginação na nossa ansiedade

Informação e imaginação tem ações concretas na nossa ansiedade? O quanto nossas informações e o…

1 mês ago

Vão se os anéis, ficam-se os dedos

Cá com meus botões, pensando, enquanto procuro uma entrevista de Noam Chomsky, onde ele fala…

2 meses ago

Criticar o outro, fala mais sobre você.

"Nós não vemos as coisas como elas são, nós as vemos como somos ", disse…

3 meses ago

Quando paramos de nos preocupar com os outros…

Quando paramos de nos preocupar com os outros, a primeira vista, idealizamos que nossa vida…

5 meses ago

Infelicidade: me apeguei a ela e agora?

Infelicidade é a palavra felicidade com o prefixo de privação ou negação. Pode ser compreendida…

6 meses ago

Masturbação Infantil: não fique na mão com o assunto.

Esses dias respondi algumas perguntas sobre Masturbação Infantil para o site bebe.com.br e, como eles…

6 meses ago

This website uses cookies.