Anúncio
Categories: Bem-estarPsicanálise

Cefaléia, dor de cabeça, enxaqueca, você sofre disso?

0
(0)
1 min de leitura · 

Cefaléia, dor de cabeça, enxaqueca, às vezes leves, as vezes monstruosas, essa danadas podem tirar a nossa paz, mas você sabia que a psicologia pode te ajudar a se livrar disso? Vem com a gente.

Hoje é o Dia Nacional de Combate à Cefaléia e nós viemos aqui pra dizer que uma boa dose de terapia, psicoterapia ou análise pode te ajudar a ficar livre dessa dor.

A dor de cabeça muitas vezes é causada por tensões, estresse, falta de habilidade em lidar com alguns problemas. Como na maioria dos casos ela vai de leve a moderada, não nos preocupamos em buscar ajuda e partimos para a auto-medicação, o que pode gerar muitos outros problemas, como dores no estômago por excesso de remédios, por exemplo.

Além do mais, os analgésicos acabam mascarando o “problema” e não damos a devida atenção ao que pode estar nos maltratando e aí é que entra a psicologia, pois ela te ajudará a encarar os problemas que causam a tensão, o estresse, as dores!

Por que fazer terapia?

Outras técnicas bastante utilizadas no combate às dores são a acupuntura, a ioga, a meditação. É interessante você ter conhecimento de coisas que te acalmam e relaxam e quando estiver sob pressão, colocá-las em prática, para que o alívio possa gradativamente chegar até você.

Levar uma vida mais tranquila, conhecer-se, reconhecer e saber lidar com os problemas que te afligem, alimentar-se de maneira saudável, praticar atividade física, manter bons relacionamentos são coisas que juntas, também garantem mais qualidade de vida e menos dores de cabeça 😉 #ficaadica

Outra coisa importante, para algumas correntes da psicologia, as dores são capazes de tirar nossa atenção de algum foco principal, pois enquanto a cabeça lateja somos impossibilitados de pensar e às vezes, até de agir.

Eu me lembro de ter lido num livro do Sacks, que as enxaquecas são a expressão de necessidades emocionais reprimidas e que por vezes, isso se torna uma doença crônica. Então, pare de sofrer à toa e procura logo ajuda

pra curar cefaléia, dor de cabeça, enxaqueca ou qualquer coisa que seu corpo insista em doer e que no fundo, não passa de um grande buraco emocional.

O quanto este post foi útil para você?

Raquel Ferreira

CRP 6/101759 - Graduada pela Universidade São Francisco, mestre em Ciências da Saúde pela Coordenadoria de Controle de Doenças do Estado de São Paulo. Psicóloga clínica desde 2010, busca constante aprimoramento na abordagem analítica. Estudou Cinesiologia no Instituto Sedes Sapientiae, frequentou grupos de estudo e supervisão teórica na Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica de São Paulo e ainda, integrou o grupo de Neurociências do Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Atualmente é doutoranda em Psicologia Social, pela Universidad Complutense de Madrid.

Leave a Comment

View Comments

Share
Published by
Raquel Ferreira

Recent Posts

Informação e imaginação na nossa ansiedade

Informação e imaginação tem ações concretas na nossa ansiedade? O quanto nossas informações e o…

1 mês ago

Vão se os anéis, ficam-se os dedos

Cá com meus botões, pensando, enquanto procuro uma entrevista de Noam Chomsky, onde ele fala…

2 meses ago

Criticar o outro, fala mais sobre você.

"Nós não vemos as coisas como elas são, nós as vemos como somos ", disse…

3 meses ago

Quando paramos de nos preocupar com os outros…

Quando paramos de nos preocupar com os outros, a primeira vista, idealizamos que nossa vida…

5 meses ago

Infelicidade: me apeguei a ela e agora?

Infelicidade é a palavra felicidade com o prefixo de privação ou negação. Pode ser compreendida…

6 meses ago

Masturbação Infantil: não fique na mão com o assunto.

Esses dias respondi algumas perguntas sobre Masturbação Infantil para o site bebe.com.br e, como eles…

6 meses ago

This website uses cookies.