Arquivo da categoria: Ansiedade

Ataque de pânico

Ataque de Pânico: 34 dicas para quem tem e sofre com isso

3 min de leitura

Ataque de Pânico: vamos lá, lembrando que as dicas são paliativas, ou seja, não funcionam para todos ou podem funcionar bem para uns e nem surtir efeito para outros.

Os ataques de pânico precisam ser acompanhados por um Psico (seu psicólogo ou sua psicóloga) e um Psiquiatra, ok? Se os ataques de pânico são recorrentes, fica ligado para entender com seu Psico se é ou não uma Síndrome.

Se você está lendo este post, partiremos do pressuposto de que você já sabe o que é um Ataque de Pânico e a Síndrome do Pânico ou Ansiedade, se não sabe, melhor consultar os links abaixo ou dar uma pesquisada aqui no blog em outros textos.

www.sindromedopanico.net
www.sindromedopanico.com.br

Quais os sintomas de um ataque de pânico?

  • Falta de ar e sensação de sufocamento (medo, pressão no peito…);
  • Tonteira, vertigem e sensação de desmaio;
  • Suor excessivo, calafrios e vermelhidão do rosto (tá tudo abafado, desesperador);
  • Aumento da frequência cardíaca e palpitações (coração acelerado, parece que vai explodir);
  • Náuseas, enjoos, dor de estômago ou diarreia;
  • Sensação de estranheza em relação ao mundo e ao ambiente;
  • Dor no peito;
  • Medo de morrer ou sensação de morte iminente.

Entendidos? Vamos as dicas do que fazer para ajudar no seu ataque de pânico

Continue lendo

A persistência da violeta

Persistência é a planta que deve ser regada

2 min de leitura

Persistência, essa é a palavra deste texto. Sabe qual o motivo? Por persistência. Precisamos regá-la como tudo que é difícil de “pegar”.

Na minha terra, tem plantas que pegam fácil.
“Planta isso que vai pegar” diz a fulana na rodinha de conversa.
Faz isso ou faz aquilo.
Umas opiniões são boas e outras nem tanto.

“Ah, essa não vai pegar…” mas, tem outras plantas que não “pegam” nem com santa benzedeira. A persistência é uma dessas, que pegam, mas que você tem que trabalhar muito a terra para provar para fulana que ela estava errada.

Na verdade, persistência. Provar para si.

Continue lendo

insônia, contando carneirinhos, sono, noite em claro

Insônia: será o mal da humanidade?

2 min de leitura

Há alguns anos a insônia era minha companheira fiel, noite após noite estava ela ali na minha cama, acariciando minha cabeça num ritmo frenético que eu jamais conseguiria gostar. Os meses passavam e ela não me abandonava. Exercícios de respiração, meditação, chás dos mais variados sabores, escuridão total, nada adiantava. O desespero de quando a gente não dorme é tão intenso que mais cedo ou mais tarde, acabamos cedendo aos remédios e comigo não foi diferente.

Tenta um, perde a hora, tenta outro, ganha uma dor de cabeça de brinde, o terceiro e a gente acorda como se estivesse bêbada. Ok, vamos parar um pouquinho e pensar em algum outro plano, deve existir algum método infalível que eu ainda não tive conhecimento, não é possível! Continue lendo

desemprego, trabalho, carteiraassinada, trabalhador, fila do desemprego, salário

Desemprego: como superar a angústia deste momento

2 min de leitura

Desemprego: esse tem sido um dos maiores medos universais atualmente. Vivemos o paradoxo de que muitos trabalhadores são pobres em qualidade de vida porque as vezes, durante o inverno, por exemplo, ter um salário significa ter que escolher entre a cesta básica e o aquecedor. E, sem dúvida, ainda que o salário seja baixo, ele é tão importante que perdê-lo produz angústia.

Perder o emprego e passar pela dificuldade de conseguir outra chance, seja lá em qual setor ou viver com a angústia de ser demitido, faz com que você se amargue. Viver com um medo permanente faz com que tua capacidade e potencial se limitem, porque esse medo bloqueia a sua concentração. Continue lendo

mindfulness, depressão, ansiedade, descentramento, terapia alternativa

Mindfulness no tratamento da depressão e da ansiedade

4 min de leitura

# mindfulness, depressão ansiedade, descentramento

A sintomatologia depressiva e ansiosa tem importantes implicações no funcionamento das atividades de vida diárias e na qualidade de vida das pessoas. Os sintomas depressivos se caracterizam por um estado de ânimo depressivo, agitação ou letargia, fadiga, insônia ou hipersonia, sentimentos de inutilidade ou culpa excessivos, diminuição da capacidade para concentra-se, desesperança e pensamentos recorrentes de morte.

Os sintomas ansiosos por sua vez se caracterizam por um estado de antecipação à uma ameaça futura e seus sintomas são a incapacidade para baixar o estado de alerta, cansaço, dificuldade para pegar no sono ou para mantê-lo, tensão muscular, irritabilidade e dificuldade para controlar a preocupação que atua como ameaça (APA, 2013). Continue lendo

adversidades, pérola, resiliência, reagir

Como enfrentar as adversidades

1 min de leitura

“Com os contratempos pode nos ocorrer como às ostras: que a partir de um grão de areia irritante, reagem… e com o tempo criam a pérola ao seu redor.”

Enrique Echeburúa
(catedrático de psicologia clínica, especialista em trauma luto).

Quando vivemos uma adversidade, geralmente pensamos que o que nos passa é catastrófico, impossível de superar e que somos os únicos seres que sofrem coisas desagradáveis ou injustas.

Diante desse tipo de incidentes, podemos passar por um período de ansiedade e tristeza: pode se tratar de um luto ou de um período de estresse pós traumático, por exemplo, os quais não tem motivos para tornarem-se crônicos, nem desencadear uma depressão se forem bem manejados mentalmente. Continue lendo

vestibular, vestibulando, provas, universidade, faculdade, estudante, profissão

Vestibular, provas, cobranças, resultados e frustrações

2 min de leitura

O Enem costuma abrir o calendário de provas para o vestibular e não demora muito, já podemos ver rostinhos tristonhos e decepcionados por aí.

Se você faz parte dos milhares de vestibulandos no Brasil esse texto é pra você, para que não deixe de cuidar da sua saúde física e mental, nesse momento tão delicado e decisivo de sua vida.

Sabemos que a preparação para o vestibular vai além dos estudos, das aulas intermináveis, dos exercícios, dos simulados.

Continue lendo

insônia, sono, falta de sono, dormir, dormir mal, noite em claro

Insônia: uma poderosa vilã da noite

2 min de leitura

Algumas pessoas tem insônias esporádicas, geralmente quando estão mais ansiosas ou preocupadas, mas para outras a insônia é uma velha amiga, que faz visitas diárias.

Existem várias causas para a insônia, dentre elas aparece o histórico familiar, a idade avançada, doenças orgânicas, uso de drogas e alguns distúrbios psiquiátricos como depressão ou ansiedade. Continue lendo

entrevista, processo seletivo, trabalho, emprego, roendo as unhas, roendo dedos, angústia, medo, insegurança, nervosismo

Tenho uma entrevista e agora?

1 min de leitura

A palavra entrevista parece que carrega consigo uma atmosfera assustadora.

Raramente vejo pessoas tranquilas e relaxadas antes de um processo seletivo, mas por que isso acontece e o que podemos fazer pra mudar essa situação?

Podemos e devemos fazer muitas coisas, uma delas é preparar-se com antecedência. Continue lendo

20 dicas psicológicas para nervoso, frustração, ansiedade, pânico, desantenção e outras…

2 min de leitura

Dicas psicológicas são meios de você mudar a sintonia quando encontra alguma dificuldade que precisa lidar. No repost abaixo (não sabemos se foi feito pelo site moleton ou pelo artista moletom) há uma série de informações que podem ajudar quando:

Você está nervoso, frustrado ou cansado

Continue lendo

trauma, tragédia, atentado, 11 de setembro, catástrofe, transtorno de estresse pós traumático

Por que o trauma do 11 de setembro ainda vive?

2 min de leitura

A tragédia de 11 de Setembro aconteceu há 15 anos, mas se você já era nascido nessa época, certamente vai se lembrar onde estava, o que fazia e o trauma que foi ver a cena das torres sendo atacadas e centenas de pessoas perdendo a vida.

O 11 de Setembro ainda está vivo em nossa memória. Agora imagine na memória e vida de quem passou isso na pele. Muitas dessas pessoas que sobreviveram à tragédia, carregam consigo o trauma, a dor física, psíquica e emocional de uma situação caótica, violenta e ameaçadora.

Mas por que não conseguimos esquecer uma situação traumática?

Continue lendo

somatização, dor emocional, somatizar, dor sem causa, doença sem causa

Somatização: o que é e que sintomas produz

3 min de leitura

Somatização: o corpo e a mente estão muito mais conectados do que você imagina.

Históricamente, muitas teorias psicológicas trataram corpo e mente como duas coisas distintas, que se associavam somente em alguns aspectos para garantir a existência de seres humanos conscientes de si mesmos e totalmente funcionais.

Curiosamente, observando esse enfoque, o corpo “material” só tem poder sobre a mente no aspecto de que é ele quem a retém num lugar concreto e, além do mais, é a mente que propõe objetivos, controla os movimentos do corpo e, de vez em quando, busca maneiras para transcender a “prisão da carne”. Continue lendo

ansiedade, transtorno de ansiedade, fobia social, crise de pânico

Ansiedade, quem é essa tal?

1 min de leitura

Há quem sofra de ansiedade num nível inimaginável, gente que passa mal, não come, não dorme, é constantemente irritada.

Esse post vai pra mais uma resposta à Caixa de segredos.

A ansiedade é uma sensação ou um sentimento decorrente de excessiva excitação do Sistema Nervoso Central.

Ela pode variar desde pequena agitação emocional e/ou física, até o desencadeamentos de crises de pânico, com sintomas físicos bastante exacerbados.

Podemos estar ansiosos com a viagem que está chegando, com a apresentação do trabalho, com o casamento, teremos taquicardia, sudorese, insônia, perda ou aumento de apetite, tudo normal de acontecer.

O problema está quando esses sintomas são exagerados e nos impedem de executar determinadas tarefas, quando acabamos nos excluindo ou escondendo por medo da exposição.

A ansiedade em excesso acaba nos limitando e nos impedindo de seguir com a vida normal.

A boa notícia é que existem diversas possibilidades de tratamento, desde as mais alternativas, como yoga ou meditação, passando pela terapia, análise, psicoterapia, até as mais “intensas”, como o uso de medicamentos ansiolíticos, por exemplo.

Se você sofre com os sintomas da sua ansiedade, não deixe de procurar ajuda. Com os tratamentos adequados você poderá ter infinitas chances de mais qualidade de vida, de autocontrole e até de crescimento pessoal 😉

aproveitar a vida rapaz sentado olhando pro horizonte

Vida: não precisa esperar para aproveitar

0 min de leitura

Sobre aproveitar a vida: Hoje vamos compartilhar um pequeno vídeo que reflete a realidade de tanta gente nesse mundo.
Nossa mania de viver sempre querendo o futuro, por vezes, nos faz esquecer de viver e aproveitar o momento presente e quando percebemos, aquilo que era pra ser vivido passou e a gente nem se deu conta. A dica aqui é não perder tempo e começar a sentir o aqui e agora, curtir cada momento, cada fase, como se não voltassem, porque na real, não voltam mesmo 😉

Sai do sofá e vai aproveitar a vida.