2 min de leitura · 

Você, que acompanha conteúdo sobre psicologia, já andou vendo sobre como a autoestima é importante para a harmonia interior.

Mas como ela nasce? Ela pode ser construída? Vou responder essas questões aqui. 

Como a autoestima nasce?

A nossa autoestima é construída na medida que nos relacionamos com as pessoas. Desde a nossa infância. Então, ela começa com pais/irmãos na nossa família, depois amigos, professores e por aí vai.

Todas as pessoas que passam na nossa vida contribuem um pouco para a formação da nossa autoestima. Elas vão influenciar a percepção que temos de nós mesmos.

A forma com que recebemos as mensagens das primeiras pessoas com quem temos contato, ficam gravadas em nós. 

Dentro da gente tem um enorme organizador, responsável por separar e guardar tudo o que aprendemos no nosso dia a dia. Esse organizador também é chamado de memória.

E toda vez que precisamos nos comportar diante de uma situação, recorremos a esses dados que estão guardados para interagir da melhor forma possível com os outros e com a gente mesmo.

A autoestima não vem de um lugar específico, ela é formada por meio das relações que temos ao longo da vida.

Desde que somos bebês já nos relacionamos, nessa fase principalmente com a mãe. Essa relação inicial é uma base para as outras que estão por vir. 

Com as relações dos primeiros anos de vida aprendemos sobre segurança, conforto, carinho  e outras emoções. Essas emoções nos ensinam o que pode ser confortável e o que pode ser  angustiante.

Com essa grande base de dados e as mensagens transmitidas nas nossas relações, vamos  criando uma visão de nós mesmos. O que a gente faz é legal e trás conforto e o contrário também. 

Sendo assim, se durante as primeiras relações da nossa vida recebemos mensagens inadequadas, podemos desenvolver uma imagem negativa de nós mesmos.

E como são ou como se parecem essas mensagens inadequadas? Posso falar “não” para as crianças sem medo? 

Ao contrário do que pensamos, às vezes, não é dizendo o quanto uma criança é linda e maravilhosa que vamos ajudá- la no desenvolvimento de uma boa autoestima.

light man people internet autoestima no psico.online
Photo by Ron Lach on Pexels.com

Trabalhar limites e ensinar disciplina e autocontrole, são elementos chave para o bom desenvolvimento da autoestima.

Mensagens inadequadas estão mais para disciplina inconstante, incoerente, agressões físicas e excessos de liberdade.

Quer saber como é uma baixa autoestima?  Dá uma olhada neste texto aqui.

Mas afinal, a  autoestima pode ser construída?

Ela é construída. E a boa notícia é que mesmo que ela já tenha sido construída com uma imagem negativa de si mesmo, ela pode ser reconstruída.

A autoestima é um conjunto de fatores, que quando estão em equilíbrio, trazem a harmonia interior. E basta um desses elementos não estarem bem que a autoestima fica instável.

Vou citar aqui os 4 principais pilares que juntos, em equilíbrio, te trazem bem estar.

Autoconceito: que é como você pensa que você é. 

Para uma boa autoestima é importante que seu o conceito seja o do seu “eu real”, ou seja, que considere suas qualidades, pontos a desenvolver e seus defeitos. Só assim você pode realmente crescer como pessoa.

Autoimagem: que é como você se vê. 

Sua opinião sobre sua imagem, seu corpo e  seu rosto. O que é bonito é o que a gente aprende nas nossas experiências sociais. Não existe uma beleza universal. Tem outro texto muito legal sobre isso aqui, na parte que fala que os padrões de beleza são inatingíveis.

Auto Reforço: que é o seu reconhecimento do seu esforço. 

Que envolve enxergar quando você deu tudo de si em relação a algo e não se cobrar se o efeito não foi o desejado. 

Autoeficácia: que é o quanto você acredita que é capaz de algo.  

Alcançar metas, prazos ou realizar uma tarefa. É a autoeficácia quem dá aquela sensação de otimismo quando vamos realizar uma tarefa. 

E então gostou de aprender mais sobre autoestima? Continua acompanhando a gente aqui e nas outras redes, que sempre tem informações novas! Até mais!

Bibliografia sobre Autoestima recomendada

Quer escutar um pouco mais sobre autoestima? Fizemos uma live no Instagram sobre o tema, confira.

Clique para votar
[Total: 2 Average: 5]

Sobre os Autores do Post:

Psicóloga at | Website | + posts

Psicóloga CRP 06/132.080 graduada em 2015 com ênfase em psicologia clínica possui curso de hipnose clínica e atua no atendimento, de forma online com questões de autoestima, relacionamentos e desenvolvimento pessoal. Utiliza a Terapia Cognitivo Comportamental e técnicas da hipnose clínica Ericksoniana, para auxiliar pacientes jovens, adultos e idosos. Atuante em consultoria para psicólogos com treinamentos e técnicas para a prática clínica, desenvolvimento profissional, posicionamento de mercado e supervisão. Agende comigo

Gostaríamos de escutar o que você tem a dizer.