auto-sabotagem

Auto-sabotagem, um ciclo

2 min de leitura · 

Duvido você nunca ter feito uma auto-sabotagem. Quem nunca, que atire a primeira pedra!

Por vezes nem percebemos e estamos lá, no maior e mais cruel ciclo de auto-sabotagem, nos impedindo de ser melhor, maior e mais feliz, mas por que isso acontece? De onde brota essa erva daninha? como interromper esse ciclo?

Calma, primeiro vamos entender de onde ela brota.

A auto-sabotagem brota do conflito entre uma crença e um desejo. Crescemos ouvindo coisas nas quais nos baseamos para viver ou tomar decisões, frases do tipo “não fale com estranhos” ou “dinheiro não traz felicidade”, parecem inofensivas, mas imagine crescer acreditando nessa verdade?!

Como acontece na prática: Você passou a vida ouvindo que o dinheiro não traz felicidade, daídinheiro traz felicidade? você cresce, arruma um trabalho incrível, com um ótimo salário e puts, vive no vermelho. Você sabe que para sair do vermelho precisa gastar menos e guardar mais, mas te disseram a vida toda que o dinheiro não trazia felicidade. Parte do seu cérebro quer você economizando, saindo do cheque-especial, mas tem uma outra parte, bem lá no fundo do baú do inconsciente, que acredita que se você for rico, tiver dinheiro guardado, não tiver dívidas, você não terá amigos, as pessoas vão ter inveja de você, você será sozinho e infeliz :/

Então você sabe como agir, mas não age porque tem medo! Tem medo daquele fantasma que fala o tempo todo, “cuidado, você pode se arrepender”. Malditos fantasmas!

O primeiro passo para sair do ciclo de auto-sabotagem é identificar as crenças limitadoras e cruéis.

romper amarrasUm psicólogo é uma ótima pessoa pra te ajudar nessa descoberta, ele foi treinado para observar tudo o que está dentro de você e te faz travar diante da vida. Uma vez identificados os pontos, o próximo passo requer AÇÃO, sim, não tem outro jeito, você vai precisar ter coragem e enfrentar esses medos, incertezas, desconhecidos, preguiças, com uma postura diferente diante da circunstância, uma postura mais firme e racional. Vai perceber que se mudar a sua atitude as coisas também mudam e a vida pode ser muito melhor 😉

Para saber mais
Como deixar a preguiça de lado e parar com a auto-sabotagem
A armadilha da auto-sabotagem

Atenção:

Em breve faremos o lançamento do site e gostaríamos muito de avisar você visitante. O site Psico.Online será uma plataforma inovadora para encontrar e falar com um psico. Preencha seus dados abaixo e continue prestigiando nossos posts! 🙂

 

 

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média / 5. Contagem de Votos:

Nenhum voto ainda. Que tal você começar?

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Raquel Ferreira

CRP 6/101759 - Graduada pela Universidade São Francisco, mestre em Ciências da Saúde pela Coordenadoria de Controle de Doenças do Estado de São Paulo. Psicóloga clínica desde 2010, busca constante aprimoramento na abordagem analítica. Estudou Cinesiologia no Instituto Sedes Sapientiae, frequentou grupos de estudo e supervisão teórica na Sociedade Brasileira de Psicologia Analítica de São Paulo e ainda, integrou o grupo de Neurociências do Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Atualmente é doutoranda em Psicologia Social, pela Universidad Complutense de Madrid.

2 thoughts to “Auto-sabotagem, um ciclo”

Participe, queremos ler o que você tem a dizer