Vamos falar de sexualidade e Interesses sexuais Psico.Online

Descobri um novo interesse sexual e tenho dúvidas…

19 min de leitura

Descobertas e interesse sexual são assuntos que despertam muitos questionamentos e diversas dúvidas, principalmente hoje em dia, quando tudo muda tão rápido e todos têm uma opinião a dar sobre algo, seja no campo pessoal, público ou privado.

Decidir sobre algo envolve ganhos e perdas, isso é fato.

Buscar o equilíbrio entre extremos e ideologias é, talvez, tão importante quanto o fator de descoberta e, diante disso, trataremos desse assunto que envolve muita coisa, com um texto relativamente longo àqueles que você costuma encontrar aqui no Psico.Online. Vai ser algo ao estilo do post sobre Masturbação Feminina, Orgasmo e o prazer pessoal.

Vem com a gente entender um pouco mais sobre o interesse sexual?

Uma pergunta anônima chegou ao nosso ask do Tumblr e gerou essa discussão, olha só:

“Acabei ficando afim de um amigo do trabalho. Não sabia que eu tinha interesse em outros homens. Como lidar com a situação”?

Pouco tempo depois, uma chamada internacional, trazia a seguinte dúvida: “I’m 15 years old but I Don’t love myself. I want be a girl” – “Eu tenho 15 anos e não me amo, quero ser uma garota” (tradução livre).

Outro dia, mais um adolescente procurava informações, pois acreditava ser homosexual e queria entender o interesse sexual e suas relações. (mais…)

Você vai gostar de ler também:

autocrítica no psicoonline

3 dicas para lidar com a autocrítica ou quando o vilão somos nós

4 min de leitura

Autocrítica: Lembra daqueles desenhos onde havia um anjinho e um diabinho nos ombros de uma pessoa, que ficavam opinando sobre o que ela deveria fazer? Pois é mais ou menos o que acontece em nossa cabeça quando nos auto avaliamos: o anjinho pode ser encarado como uma avaliação construtiva que nos impulsiona à mudança, já o diabinho é aquela avaliação destrutiva, que te diminui e não dá espaço para mudanças, quando damos atenção a esse diabinho ele domina o espaço e podemos ter sérios problemas!

3 dicas para lidar com a autocrítica

Você já se pegou lembrando alguma atitude e analisando-a se perguntou: será que foi o certo a ser feito? Depois de pensar e repensar questionou: será que foi boa ou ruim e, se deveria repeti-las ou não.

Esse processo chama-se autocrítica e é de extrema importância para nossas vidas, afinal é ela, que nos ajuda a conviver melhor em sociedade, alcançar nossas metas e aprimorar nossas competências.

Embora esse processo tão importante possa se tornar um problema e nos paralisar, isso só acontece quando passamos a nos julgar com crueldade e nos sentimos culpados pelos erros cometidos (que nem sempre são graves) como se fossem imperdoáveis.

Essa atitude, excessivamente autocrítica, costuma nos desestimular a concluir algum desejo ou sonho, ao mesmo tempo que nos cobra de alcançá-lo, o que aumenta ainda mais a angústia desse processo.

Não percebemos que estamos exagerando e continuamos nesse ciclo, achando sempre que podíamos ter sido melhores ou ter feito diferente, aumentando dia-após-dia nossa cobrança e sofrimento, por isso é muito importante identificar esse problema.

Conhecendo o que a autocrítica pode fazer, podemos mudar isso, fazendo com que ela se torne algo saudável, vamos conferir?

(mais…)

Você vai gostar de ler também:

Orgasmo e masturbação feminina

Masturbação feminina e orgasmo: sobre o prazer pessoal

15 min de leitura

“Queria saber como se faz a masturbação feminina”, foi essa a frase que chegou até a caixa de segredos. Não sabemos se foi um leitor ou uma leitora mas achamos tão interessante e uma pergunta de natureza tão ampla e pessoal, que passamos para mais de uma psico online responder e avançamos da masturbação para o orgasmo e para solução das principais dúvidas sobre o assunto. Confira e esperamos que seja útil. Lembrando que se tiverem outras dúvidas, só perguntar. 🙂

Masturbação

Antes de chegarmos ao clímax da pergunta falaremos um pouco sobre a masturbação para esclarecer alguns pontos. A primeira coisa que se deve saber sobre o assunto é: masturbar-se é benéfico.

Conhecer-se faz bem. (mais…)

Você vai gostar de ler também:

Um abraço dos super amigos

Abraço apertado para você que já abraçou alguém. Abraçar, o poder dos abraços.

7 min de leitura

Muito se comenta sobre o poder do abraço e, algumas vezes, vemos por aí alguém com um cartaz escrito: “abraço ou abraços grátis”  (free hug lá na terrinha do tio Sam); sabendo disso, antes de começar o assunto do post gostaria de saber: Sabia que amanhã é o dia do Abraço? Você já abraçou ou se deixou abraçar hoje?

Pois é, no dia 22 de maio de todos os anos é comemorado o dia do abraço. Pensando nisso, nós aqui do site Psico.Online, resolvemos investigar, com nossos contatos de psicólogos e psicólogas, a relação do abraço com a Psicologia e outras áreas terapêuticas e o que cada um pensa à respeito dele.

Iniciamos pela pergunta: Será que existe um estudo e, é verdade que esse tal de poder do abraço existe ou é excesso de carência de pessoas que querem tirar uma casquinha?

A resposta é: um abraço contém poder, poder de toque, de acolhimento, de conforto e energia e isso faz com que pessoas criem artimanhas (mesmo que inconscientes) para conquistar (ou reconquistar) aquilo que elas mais desejam ou buscam e foram preparadas desde muito cedo para ter.

(mais…)

Você vai gostar de ler também: