Anúncio

Amor próprio ou quando me amei de verdade

0
(0)
1 min de leitura · 

Vamos falar um pouquinho sobre amor próprio? Vem com a gente!

Quando me amei de verdade, compreendi que em qualquer circunstância, eu estava no lugar correto e no momento exato. E, então, pude relaxar. Hoje sei que isso tem um nome, AUTOESTIMA.

Quando me amei de verdade pude perceber que minha angústia e meu sofrimento emocional não passam de sinais de que estou indo contra minhas próprias verdades. Hoje sei que isso é, AUTENTICIDADE.

Quando me amei de verdade, deixei de desejar que minha vida fosse diferente e comecei a perceber que tudo o que me acontece contribui para o meu crescimento. Hoje sei que isso se chama, MATURIDADE.

Quando me amei de verdade comecei a compreender porque é uma ofensa forçar uma situação ou uma pessoa, só para alcançar aquilo que eu desejo, mesmo sabendo que não é o momento ou que a pessoa (talvez eu mesmo) não esteja preparada. Hoje sei que o nome disso é, RESPEITO.

Leia mais sobre respeito aqui

Quando me amei de verdade, comecei a me livrar de tudo o que não era saudável: pessoas e situações, toda e qualquer coisa que me empurrasse para baixo. À princípio, minha razão chamou isso de egoísmo.

Hoje sei que se chama AMOR PRÓPRIO.

Quando me amei de verdade, deixei de me preocupar por não ter tempo livre e desisti de fazer granes planos. Abandonei os mega projetos de futuro. Hoje faço o que acredito ser correto, o que me dá prazer, quando quero e no meu próprio ritmo. Hoje sei, que isso é a SIMPLICIDADE.

Quando me amei de verdade, desisti de querer ter sempre razão e com isso, errei muito menos. Assim, pude descobrir a HUMILDADE.

Quando me amei de verdade, desisti de ficar revivendo o passado e de ficar me preocupando com o futuro. Agora, me mantenho no presente, que é exatamente onde a vida acontece. Hoje vivo um dia de cada vez e isso se chama PLENITUDE e já falamos sobre isso aqui.

Quando me amei de verdade compreendi que minha mente pode me atormentar e decepcionar, mas quando eu a coloco à serviço do meu coração, é uma valiosa aliada. E isso é SABER VIVER!

Retirado de Cámbiate (traduzido e adaptado)

O quanto este post foi útil para você?

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

Share
Published by
Psico.Online

Recent Posts

Quando paramos de nos preocupar com os outros…

Quando paramos de nos preocupar com os outros, a primeira vista, idealizamos que nossa vida…

2 meses ago

Infelicidade: me apeguei a ela e agora?

Infelicidade é a palavra felicidade com o prefixo de privação ou negação. Pode ser compreendida…

3 meses ago

Masturbação Infantil: não fique na mão com o assunto.

Esses dias respondi algumas perguntas sobre Masturbação Infantil para o site bebe.com.br e, como eles…

3 meses ago

E quando sobra pra gente?

"Sobra pra gente" o que sobrou pra você ou para mim? Quem nunca levou "uma"…

3 meses ago

Escutar, ouvir e falar. O que você tem feito?

Ouvir ou escutar remete a ações muito parecidas. Muita gente sabe a diferença, mas no…

3 meses ago

Será que eu sou gay?

Gay, homosexual, será que meu interesse sexual é assim ou assado? Lembro da primeira vez…

3 meses ago

This website uses cookies.