Conhecer pessoas

Novas pessoas: 10 dicas que funcionam para conhecê-las

9 min de leitura · 

Se você tivesse que conhecer novas pessoas, agora, com o objetivo de fazer novas amizades, como você faria?

Quais as estratégias que você usaria para manter esse relacionamento ao longo do tempo?

Talvez por estas perguntas você perceba que você está condicionado e que não tem habilidades para conhecer pessoas novas, ou mesmo estabelecer novas relações e, acima de tudo, mantê-las.

Independentemente do seu caso, não se preocupe, ao longo deste artigo contaremos estratégias para que você possa fazer novos amigos.

A maioria das amizades são conseguidas na infância, adolescência e início da idade adulta, principalmente na escola, no bairro e na faculdade, mas saiba que você também pode encontrar amigos em outros locais como no trabalho ou atividades de lazer.

Onde fazer novos amigos?

Primeiro explicaremos 5 lugares e atividades em que você pode conhecer pessoas. Depois disso, faremos algumas sugestões de como agir ao fazer amigos. Mas lembre-se, que acima de tudo, você deve conseguir descobrir o seu jeito, pois é através dele que as novas estratégias, passadas neste artigo, poderão auxiliar de alguma maneira.

Há muitas formas de conseguir novos amigos, como por exemplo:

Internet

Tenho certeza de que você usa a internet todos os dias, como a maioria da população, seja para trabalhar, para se entreter ou para comprar; e, a partir de agora, você também a usará para conhecer novas pessoas.

Na internet há uma grande variedade de sites onde você pode conhecer pessoas muito interessantes.

Não me refiro às páginas de links que são anunciadas tanto na mídia, mas a outros tipos de páginas que visam organizar planos de lazer para que pessoas desconhecidas se conheçam, como por exemplo, o Vamos ver um filme juntos?

Desta forma, você pode ir ao cinema, teatro, museus, excursões ou fazer qualquer outro tipo de atividade com pessoas que estão procurando o mesmo que você: novas amizades.

Outra opção são as esquecidas salas de bate papo. No começo da internet era muito comum aqui no Brasil, as pessoas organizarem encontros, para sair do virtual e ir para o real. Os bate-papos ainda existem, os grupos de facebook, e se você não encontrar, que tal criar uma grupo desses e compartilhar com a gente nos comentários?

A Internet é uma ferramenta muito útil para entrar em contato e conhecer pessoas com os mesmos interesses ou que estão na mesma situação. Anime-se!

Atividades coletivas

Fazer algum tipo de atividade em grupo ou aula coletiva, como ir à academia, dar aulas de dança, fazer um curso de culinária ou participar de um grupo de caminhada, é uma boa oportunidade para conhecer novas pessoas e criar amizades.

Será mais fácil para você se relacionar com outras pessoas, e você se sentirá mais confortável, se você fizer uma atividade que realmente lhe interesse, então se você sempre quis realizar algum tipo de atividades, mas ainda não o fez, agora é a hora!

Depois de conhecer seus colegas, você pode propor-lhes que participem de alguma coisa no final da aula, organize uma atividade em grupo relacionada aos seus interesses, um jantar de Natal ou um amigo secreto. Qualquer desculpa é boa para se relacionar.

Voluntários

O mais provável é que na sua área existam várias organizações que realizem algum tipo de voluntariado com o qual você pode colaborar, seja em um banco de alimentos, uma associação de bairro ou uma atividade similar.

Uma sugestão para quem é de São Paulo é a página do Centro de Voluntariado de São Paulo, que sempre traz oportunidades para quem quer participar.

Descubra todas as formas possíveis de colaborar como voluntário e animar-se, é uma boa maneira de conhecer novas pessoas enquanto faz uma ação social favorável para sua comunidade.

Eu mesmo já participei do Projeto Velho Amigo e do História Viva.

Animais de estimação

O fato de ter um animal de estimação pode ajudar muito quando se trata de gerar novas amizades.

Por exemplo, levar o seu cão pela área ou parque onde seus vizinhos também vão.

Isso fará com que você estabeleça conversas mais facilmente com eles. Aproveite-se da vantagem de que vocês já têm um tema em comum: seus animais de estimação.

Tire proveito deste tópico para começar uma conversa: qual é o nome do seu bichinho, que idade tem, qual é a raça?, onde você o adotou…

Chegará um momento em que, se você levar seu animal de estimação todos os dias ao mesmo tempo e na mesma área, sempre encontrará as mesmas pessoas com as quais terá a oportunidade de estabelecer uma amizade.

Amigos de seus amigos

Certamente seus amigos, conhecidos ou parentes o convidam de tempos em tempos para jantares, festas e passeios com outros grupos de pessoas que você não conhece, com amigos de seus amigos.

Esses tipos de oportunidades são perfeitos para cumprir sua meta de se relacionar com novas pessoas.

Não os deixe passar pela vergonha que você pode ter, pela preguiça que você deixa ou por qualquer outro tipo de desculpa semelhante. Vá ao evento, relaxe e aproveite.

Como agir para conhecer novas pessoas?

Há um fator essencial ao fazer novos amigos: atitude.

A atitude é crucial quando você se relaciona com os outros, independentemente da situação em que vocês se encontram.

Por isso, para ter sucesso ao fazer novos amigos, tenha uma atitude feliz, positiva e aberta.

Através dessa atitude, você transmite ao outro que você é uma pessoa natural, sociável e predisposta, e que confia em si mesmo e em suas habilidades.

E, como você pode deduzir, quando você se relaciona, essa atitude é mais favorável do que se você se mostrar retraído, tímido, vergonhoso ou nervoso.

Então, deixe de lado a vergonha, a timidez e o medo de ser rejeitado, e confie em você e em suas habilidades.

Essa é a única maneira de alcançar seus objetivos.

Além da atitude que você tem, existem outros fatores que ajudarão você a conhecer novas pessoas. Esses fatores são:

Escolha o lugar certo e a hora

Ao iniciar uma conversa com um estranho, você deve saber como escolher o local e a hora certa para fazê-lo.

Ao entrar uma conversa, é muito importante que as duas pessoas tenham algum tempo para falar, desta forma, as possibilidades de desenvolver a amizade aumenta.

A apresentação

Este passo pode parecer muito básico e irrelevante, mas é muito necessário em um primeiro contato.

Em muitas ocasiões, você pode falar com um estranho perguntando diretamente sobre um tópico, sem ter feito uma apresentação prévia, o que pode fazer com que a pessoa o considere rude e intrusivo.

Para evitar esse tipo de mal-entendido, que tende a dificultar a conversa subsequente, é melhor ser apresentado de uma maneira educada dizendo seu nome e pedindo ao outro para dizer o dele.

Esta primeira abordagem é um passo facilitador para continuar falando sobre o lugar onde você está, a atividade que você vai fazer e assim por diante.

Comece uma conversa

Depois de fazer a apresentação, é necessário que você inicie uma conversa, evitando assim permanecer em silêncio depois de saber o nome da outra pessoa.

Para tonar esta etapa mais fácil, você pode começar perguntando ao outro sobre algo que vocês têm em comum, isto é, sobre a situação em que se encontram ou na atividade que estão indo executar. Foque nos pontos conhecidos que têm e desenvolva.

Por exemplo, se você está fazendo algum tipo de trabalho voluntário você pode perguntar para a outra pessoa quanto tempo ele tem estado a trabalhar, como ele conheceu a organização, se você tem trabalhado em outro voluntariado, se você mora na região e assim por diante.

Quando se trata de diálogo é muito importante que as perguntas que você faz não estejam fechadas, ou seja, que a pessoa não tenha que responder sim ou não, mas que estejam abertas para que o outro tenha que dar uma resposta mais elaborada e continue com a conversa.

Manutenção de conversa

Talvez a sua dificuldade não seja iniciar uma conversa ou perguntar ao outro o que o une, mas manter esse diálogo no tempo.

Para que o primeiro contato continue, você deve ouvir atentamente e mostrar interesse pelo que a outra pessoa está lhe dizendo para que ela se sinta ouvida e confortável conversando com você.

De fato, no começo é preferível que você ouça mais do que fale. Ouvindo a outra pessoa, você encontrará informações para aprofundar, novos tópicos para falar, coisas que você tem em comum, coisas que as diferenciem.

Se a qualquer momento você ficar preso ou não souber como continuar a conversa faça o seguinte:

  • Aprofunde-se em algum tópico que você já falou superficialmente.
  • Dê sua opinião sobre algo que você falou há algum tempo, gerando um novo diálogo.
  • Ou obtenha um novo tópico de conversa.

Quanto mais você estiver relacionado àquilo que o une, mais fácil será para a pessoa conversar.

Terminar a conversa

Se você perceber que a conversa que está tendo vai acabar, seja porque a aula que você assistiu acabou, a reunião social em que você está ou porque alguém tem que sair, diga tchau.

Tente não deixar o lugar sem se despedir das pessoas com quem está falando, já que a despedida é tão importante quanto a apresentação inicial.

Se você quiser rever a pessoa pergunte se ela vai voltar na próxima aula ou se você pode adicioná-la no whats ou  em uma rede social.

Existe a possibilidade de a pessoa dizer não, porque nem todos estão dispostos a fazer novos amigos.

Não se preocupe, não tenha vergonha ou medo de rejeição e tente.

Caso a pessoa diga não, continue tentando conhecer novas pessoas em outros ambientes, lugares, reuniões … não desista!

O que você sugere para conhecer novas pessoas e amigos? Deixe no comentário!

Gostou do texto? Tem alguma sugestão. Comente! 😉 Adoramos ouvir você.

Referências

  1. Asher, SR Gottman, JM (1981). O desenvolvimento das amizades infantis. Cambridge University Press: Nova Iorque.
  2. Gabor, D. (2011). Como iniciar uma conversa e fazer amigos . Simon & Schuster: Nova York.
  3. Rubin, KH Bukowski, WM Laursen, B. (2011). Manual de Interações entre Pares, Relacionamentos e Grupos. A Guilford Press: Nova York.
  4. http://lauracarmonapsicologia.com/ – Traduzido e adaptado do texto de Laura Carmona Esteban – Psicóloga clínica.
  5. Imagem Designed by rawpixel.com / Freepik

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média / 5. Contagem de Votos:

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

Participe, queremos ler o que você tem a dizer