depressão infantil, criança triste, tristeza, criança deprimida

Depressão infantil

3 min de leitura · 

Depressão não é só coisa de adulto. A depressão infantil também é uma realidade e faz muitas crianças sofrerem. Na infância a depressão vem acompanhada além da tristeza, de uma série de sintomas, como mudanças bruscas de humor, birras por qualquer motivo, alto nível de ansiedade e outras coisas mais.

Diferença entre depressão infantil e tristeza

A depressão infantil é uma desordem caracterizada por uma alteração no estado de ânimo, alterações identificadas na escola, em casa e na comunidade, mas é preciso saber identificar quando há uma depressão e quando a criança está somente triste, porque muitas vezes podem estar tristes, como os adultos e isso não significa que estejam deprimidas.

Para afirmar que está verdadeiramente deprimida, essa criança precisará passar por um médico, que a identifique corretamente. A criança deverá estar muito triste, apresentar uma série de alterações que se notam no colégio, entre os amigos, com os pais e em todo lugar, por um período relativamente longo. Uma criança deprimida passa o dia todo triste, deixa de fazer suas atividades, perde o apetite, fica apática…

A depressão poderá se apresentar em 3 níveis, de acordo com o tempo e os sintomas: leve, moderada ou grave. E é preciso saber também, que os sintomas variam de acordo com a idade.

Em que idade as crianças podem apresentar sintomas depressivos?

Não existem dados exatos à respeito de prevalência de depressão em crianças, mas podemos identificar algo como entre 1 e 3% entre a primeira infância. É verdade que podemos ver muitas crianças tristes, mas não necessariamente deprimidas e é exatamente aí que se precisa ter cuidado. Já entre os pré-adolescentes a taxa aumenta um pouco e varia entre 3 e 9%, visto que estão passando pela puberdade e por algumas mudanças bastante significativas.

Principais sintomas da depressão infantil

A depressão infantil apresenta as mesmas características que a dos adultos, mas com algumas diferenças quanto a expressão.

  • A duração deve ser de no mínimo duas semanas e não pode estar associada ao uso de nenhuma substância.
    • Humor deprimido: as crianças e os adolescentes, podem apresentar um estado de ânimo deprimido ou irritado. Os menores geralmente não são capazes de descrever como se sentem e então queixam-se de sintomas físicos imprecisos, tem uma triste expressão facial, escassa comunicação visual. A irritação pode se manifestar em condutas agressivas ou ações que demonstrem hostilidade ou raiva. Nos adolescentes os transtornos de ânimo são mais parecidos com os dos adultos.
    • Perda de interesse no ambiente, incapacidade para desfrutar de atividades rotineiras, na escola, com os amigos ou em casa.
    • Falta de energia: não brinca, não quer ir à escola, em casa está sempre desanimado, não fala…
    • Perda de confiança e autostima, sentimentos de inferioridade.
    • Auto-desvalorização: nas crianças podemos perceber sentimentos de culpa excessiva ou inapropriada.
    • Ideias autodestrutivas: tanto nas crianças como nos adolescentes se podem observar sinais não verbais de condutas suicidas, como realizar ações em que corre riscos, as vezes, como se fosse um jogo, ou adotar comportamentos auto-lesivos, como cortar-se, bater-se ou arranhar-se.
    • Incapacidade para concentrar-se ou tomar decisões, que no caso das crianças se traduz em problemas de conduta ou baixo rendimento escolar.
    • Atividade psicomotora agitada o inibida.
    • Alterações de sono.
    • Variações de peso (nas crianças geralmente ocorre aumento).
    • Queixas somáticas (dor de cabeça, barriga, pernas…). Este critério é bastante frequente nas crianças menores.

Ao menor sinal de depressão infantil, procure ajuda, vá ao psicólogo, psiquiatra e ajude a criança a reencontrar o bem-estar 😉

Referências
Depresión Infantil
La depresión infantil

O quanto este post foi útil para você?

Clique nos corações para votar!

Média / 5. Contagem de Votos:

Já que você achou este post útil, compartilhe ele nas redes sociais.

Acompanhe-nos nas redes sociais

Sentimos muito por este post não ter sido útil para você.

Nos diga como melhorar as postagens

Você vai gostar de ler também:

Psico.Online
Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.
Psico.Online on FacebookPsico.Online on GooglePsico.Online on InstagramPsico.Online on LinkedinPsico.Online on PinterestPsico.Online on TumblrPsico.Online on TwitterPsico.Online on WordpressPsico.Online on Youtube

Psico.Online

Psico Online - Psicólogas e Psicólogos 24 horas rápido, fácil e descomplicado. Psicologia Online para acolhimento psicológico. Somos uma plataforma de acolhimento psicológico 24 horas, ligando clientes e psicos, de maneira fácil e descomplicada. Reunimos profissionais da Psicologia, psicólogas e psicólogos, que oferecem orientação psicológica a fim de facilitar o acesso de pessoas que buscam auxílio profissional psicológico, em questões emocionais, de relacionamento, profissionais, autoconhecimento e saúde mental, de forma simples e rápida.

Participe, queremos ler o que você tem a dizer